Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                       
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Imóveis Arrendamento > Vizinhos Barulhentos - Como agir

Vizinhos Barulhentos - Como agir

Visitas: 55.480
Comentários: 242
Vizinhos Barulhentos - Como agir

Houve quem inventasse a célebre frase: “Não há nada melhor do que a vida no campo!” Se para uns o entendimento desta frase passa pela ideia de que a vida do campo são sopas e descanso, para outros o entendimento pode ser bem diferente.

Por norma, no campo, os vizinhos estão bem afastados, e se existem muitos para quem os prédios cheios de gente e os condomínios com vizinhança próxima são o ideal, para muitos, esta vida de sociedade em prédios citadinos é um verdadeiro pesadelo.

Muitos mais do que se imagina são os que vivem verdadeiros pesadelos dentro da sua própria casa, causados pelos vizinhos. Estes podem ser por vezes, barulhentos, mal-educados, pouco cívicos e com uma falta de bom senso inacreditável, assombram quem quer descansar e dormir. Se tem vizinhos destes, este texto é para si.

Uma das situações mais frequentes são os saltos altos da vizinha de cima. Um toc-toc-toc que nunca mais acaba, quer a dita senhora entre em casa de dia de noite ou de madrugada.

O arrojar de cadeiras e bancos também é frequente, se forem feitos durante o dia não há problema, mas durante a noite pode-se tornar realmente incomodativo.
As crianças também fazem parte do leque de barulhos, mas convenhamos, são crianças e se um bom crescimento obriga a deitar cedo, a partir das 10 horas da noite, a correria acaba.

As festas, são o mais escandaloso na luta contra o descanso dos outros. Podemos apanhar um daqueles vizinhos solteirões dados a conquistas e que adora oferecer festas? Ou então aqueles casais que gostam muito de receber outras pessoas em casa sem um aviso prévio aos restantes moradores ou que o fazem durante a semana, em vez de tentar fazer jantares longos ao fim-de-semana. Aí é que a luta pelo sue merecido descanso, poderá vir a ser uma guerra civil.

Como lutar contra isto? Aqui vão pequenas dicas:



Antes de mais, o mais importante, e não caso se depare com uma situação destas, convém que tenha uma boa relação com os seus vizinhos, desde o início. Tente sempre, ser o mais civilizado possível com o seu vizinho, caso uma situação desta surge.

Dirija-se a ele e fale-lhe acerco do quê é que o anda a incomodar. Não se faça nem de coitado, nem de ofendido. Fale com ele sem problemas. Explique-lhe que os seus filhos precisam deitar-se mais cedo que os dele, pois entram mais cedo na escola. Com simpatia à partida a coisa fica resolvida.

Se o seu vizinho for teimoso e insistir no barulho, vá mesmo em pijama tocar-lhe à campainha e peça-lhe que coloque a música um pouco mais baixa por que necessita dormir. Com um ar menos simpático e ele irá perceber imediatamente que tem estado a abusar.

Se mesmo assim, a coisa não fica resolvida e até tem a sensação que ele faz de propósito, e antes de usar a polícia como ultimo recurso fale da questão aos seus responsáveis de condomínio. Se mesmo assim, a falta de respeito se mantiver, recorra à polícia. Existe uma Lei (Lei do Ruído) em Portugal que nos obriga a respeitar o descanso dos outros. Atos que provoquem a destabilização da Paz e descanso dos outros são puníveis por lei.


Carla Horta

Título: Vizinhos Barulhentos - Como agir

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 55.480

327 

a carregar

Imagem por: TheNickster

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 242 )    recentes

  • jose luiz

    16-03-2014 às 09:38:44

    Tenho um vizinho de nome Felipe, o miserável é evangelizo e em virtude disso adora cantar os seus hinos até ai tudo bem , porém ele o faz como se estivesse no coral ou na sua igreja ou seja bem alto, e que se dane o mundo por ser o caçula e 'nervosinho' os pais saem para o trabalho ao lado e deixam o 'bonitinho reinar à vontade,muitas vezes coloco tampões nos ouvidos mais sinceramente tenho vontade de estrangular o miserável.

    ¬ Responder
  • Eliane

    12-02-2014 às 06:29:50

    São 4:05 da manhã e minha vizinha não nos deixa dormir...Faz pouco mais de um ano que nos mudamos pra cá,a dona da casa não comentou que a vizinha da frente era esclerosada...ela briga e fala sozinha o dia e a noite inteira...briga com o cachorro que faz sujeira no pátio e então ela amarra ele no portão sem água e sem comida pra ele não fazer mais...coisa de gente maluca mesmo...grita dizendo que tem ratos dentro de casa e bate nos móveis com a vassoura,puxa fogão pra fora de casa de madrugada porque diz ter ratos...fala que tem uma pessoa que tenta envenenar ela e a deixar doente,que mexe nas coisas dela e tira do lugar que ela deixou...e assim segue,todas as noites...nenhum vizinho faz nada,acham tudo normal...como uma pessoa assim pode morar sozinha?Não ter nenhum tipo de tratamento?Tenho pena dela,mas sinceramente,está ficando insuportável...Já entrei na casa dela e na parte superior é um lixo...uma casa linda,mas cheia de pó...ela tem medo de subir,porque diz ter gente que quer fazer mal a ela lá em cima...não dorme na cama,dorme na escada,sentada,porque diz não conseguir mais levantar por causa da coluna...passa o dia sentada em uma cadeira na porta,cuidando de quem passa,nada escapa dela...de noite a mesma coisa,canta na porta,conversa sozinha,briga e muitas vezes quebra coisas dentro de casa...nos assustamos nas primeiras vezes até entender que não tinha ninguém mais dentro da casa além dela e do cachorro "monte de merda" como ela chama ele quando xinga porque ele faz cocô ou xixi...Sinceramente não sei que atitude tomar sem prejudicar ela...ou será que estarei ajudando se denunciar a situação...acho que os filhos dela não sabem que isso acontece rotineiramente...muito triste,entendo a situação dela,mas sofremos com a falta de paz e de silêncio...

    ¬ Responder
  • Sabina maia de lima e silva

    30-01-2014 às 22:01:40

    Moro do lado de um residencial,crianças jogam brita por cima do muro(2,50m de altura)entra pela janela cai por todo lugar dentro de casa,do prédio ao lado jogam sacola com lixo em cima de nosso telhado,o sindico deles não nos atende para que possamo conversar não sei como agir nessa situação.Teve um dia que entrou uma brita pela janela e acertou a cabeça da minha filha que veio me visitar.Se puder me orientar agradeço

    ¬ Responder
  • E

    09-03-2014 às 22:47:01

    moro em casa de telha e meus vizinhos jogão de tudo em cima do meu telhado, construirão um muro no lugar de uma parede então roupas, sapatos, latinhas, restos de comida, embalagens, tudo cai no telhado e quando é algo que os interesse eles ainda tem a cara de pau de mexer no telhado para pegar.
    o que devo fazer?

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoajtaoital

    06-01-2014 às 23:34:46

    Sou bobo não, falar com a polícia , nem pensar depois o maluco vem vem e me passa o rodo. Prefiro ir pro or
    Orelhao e denunciar o miaeravel. Não vale a pena dialogar , ele já ta mostrando o que é, o pau que nasce torto, não tem jeito.




    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoindiguinado

    01-01-2014 às 07:55:57

    Moro próximo a favela Alba e os maloqueiros ouvem funk no último volume como se fosse a coisa mais normal do mundo. Não se importam com bebês que precisam dormir, com idosos ou simplesmente com qualquer pessoa que tem direito a descansar. Parece que eles fazem justamente para provocar. Quer conhecer a ignorância de perto? Vá morar perto da favela. É inacreditável como tem gente ignorante mesmo. Maloqueiros ignorantes!!!

    ¬ Responder
  • roberta souza

    16-12-2013 às 01:12:52

    Estou sofrendo com os vizinhos do meu novo apto, mudei há 03 meses, e desde então, não tive mais sossego. Começou com a vizinha de cima andando com maldito salto alto (ela faz limpeza de pataforma), de manha, tarde e noite, reclamei umas 04 vezes. Apos passaram a jogar coisas pelo chão sempre após ás 24:00hrs, reclamaei tb 3 vezes, e para completar a infeliz juntou com 02 outros trastes do predinho de 04 andares e qdo passam pelo meu apto que é no terreo ficam socando a minha parede. E mais não posso nemabrir a boca para falar pois ficam a imitar a minha voz,dão risadas,me xingam,to sendo muito humilhada to quase enlouquecendo. Gente mal educada, educada, egoista, arrogantes, olha so DEUS pra me ajudar

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoJuliano

    24-11-2013 às 04:49:54

    Vieram morar ao lado da minha casa uns peões de obra que vieram para a construção de uma fábrica. Eles tem sotaque cantado, tipo nordestino, baiano, sei lá. Bem, tava tudo tranquilo mas de 2 semanas pra cá eles inventaram de ligar uma caixa amplificada ao lado de fora da casa no último volume. Começam dez da manhã, meio dia, de tarde, e só param meia noite e meia, uma hora. Hoje eles estão extrapolando, são quase 3 da manhã e tá lá o som, embora um pouco mais baixo. Pra piorar hoje começaram falar com um microfone, só idiotices. É funk, forró, sertanejo, brega, rap... ufa, só lixo. O pior é que é direto, não param nem um minuto, bebendo e gritando. Moro com meus pais, eles tem quase setenta, estamos esgotados. Liguei pra polícia, semana passada passaram só por frente da casa, hoje nem vieram. O outro vizinho disse que a empreiteira vai dispensar eles em dezembro, deve ser isso que eles tão chutando o balde. Que Deus me de força para aguentar o baque e que leve eles embora mesmo.

    ¬ Responder
  • BArulho em pises do terceiro mundo

    22-11-2013 às 19:32:52

    EM PAISES DO TERCEIRTO MUNDO E ATRASADOS É ASSIM.

    NOS PAISES DESENVOLVIDOS, HA A LEI, A POLICIA VAI LÁ FORA DE HORAS SE OUVIR RUIDOS AVISA, SE FOR LA A SEGUNDA VEZ, E OUVIR RUIDOS, É MULTA DIRETA.

    VIZINHOS DE DEPOIS DAS 8 DA NOITE ATE 8 DA MANHA DIA SEGUINTE, NAO PODEM ANDAR A ARRASTAR CADEIRAS , É MULTA DIRECTA, É ASSIM QUE SE RESOLVE O PROBLEMA.

    PRO9BLEMA RESOLVIDO.

    ¬ Responder
  • Sdram

    12-03-2014 às 14:37:28

    É por isso que estou me mudando para o topo de uma montanha onde não há malditos vizinhos com seus fedelhos gritalhões e caninos latões, graças a Deus conquistei minha paz, me mudo para um condominio de chacaras onde o fdp mais proximo mora a 200m de mim.

    ¬ Responder
  • Sdram

    12-03-2014 às 14:31:33

    Terceiro mundo é onde vc vive, portuga idiota, mora no cu da Europa e se acha o maioral, vai te lascar idiota

    ¬ Responder
  • Alexandre

    15-11-2013 às 00:53:59

    O meu problema é um bar com videoke onde ficam pessoas cantando até as 02:00 da manha. Já reclamei com eles pedi para abaixar o som e não adianta pq depois aumentam novamente e isso veem se repetindo a meses e ja não suporto mais. Ligo para o semasa que é responsável pela fiscalização e falam que esta ok, depois em outra reclamação que não esta e que já enviaram uma estimação e fica nesta enrolação onde nada se resolve. Ligo para policia e fala que o semasa e responsável e não aguento mais. Acordo para trabalha as 04:00 h da manhã, não durmo direito a meses, da vontade de por fogo explodir tudo. Matar todos lá oh meus Deus não aguento mais.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoJosé

    10-11-2013 às 13:23:49

    Já fiz inúmeras solicitações no sac da prefeitura de São Paulo. Há um lava rápido próximo a minha casa, que é de zoneamento exclusivo de residências, ou seja, não poderia haver nenhum comércio. Trata-se da Rua Professor Celso Quirino dos Santos, Jardim São Francisco, São Paulo/SP.
    Eles fazem barulho constante de lavadora de pressão Wap, apirador de pó, som alto, algazarra e falação todos os dias, sem dar nem o domingo de sossego para quem trabalhou a semanan inteira. Além disso tudo, ainda temos que suportar os churrascos e festas à noite com bagunça e falação que vão madrugada a dentro. Ainda estou aguardando providências por parte da prefeitura de São Paulo. É um ABSURDO termos um aumento abusivo do IPTU sem vermos a prefeitura trabalhando por nós!!!!

    ¬ Responder

Comentários - Vizinhos Barulhentos - Como agir

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.