Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Receitas > Cuscuz marroquino, delícia das Arábias.

Cuscuz marroquino, delícia das Arábias.

Categoria: Receitas
Visitas: 4
Cuscuz marroquino, delícia das Arábias.

Cuscuz Marroquino

Você já comeu ou ouviu falar no cuscuz marroquino? Tenho certeza que sim.
O cuscuz marroquino é uma comida típica da Região do Magrebe, Norte da África, onde fica localizado o Marrocos.
Posso afirmar para vocês que o cuscuz marroquino é uma das receitas de comida árabe mais conhecida no mundo, junto com o kibe e a esfiha.
Feito à base de sêmola de trigo, também conhecida como semolina, substitui facilmente o arroz, ou as massas.
Existem várias receitas do cuscuz marroquino, hoje vamos ensinar a receita tradicional.

Ingredientes

1 kg de sêmola de trigo (semolina)
150 g de grão-de-bico (deixe de molho um dia antes)
100 g de uvas passas sem caroço (deixe de molho um dia antes)
100 g de amêndoas sem casca
8 Sobrecoxas de frango (pode ser substituído por 1 frango inteiro ou pedaços de peito)
4 cebolas médias (cortadas em pétalas, coloque a cebola em pé e corte de cima para baixo ao meio depois ao meio novamente, depois separe as pétalas)
1 cebola picada
1½ colher de sopa de curry
1 colher de chá de pimenta-da-Jamaica
1 colher de chá de zimbro
480 ml de água com sal (2 xícaras de chá)
2,5 l de água
250 g de manteiga
4 cardamomos
1 pitada açafrão
1 vidro de molho de pimenta

Modo de preparo

Na parte de baixo da cuscuzeira, doure em aproximadamente 150 g de manteiga, primeiramente a cebola picada e depois acrescente o frango.
Quando estiverem bem dourados acrescente o grão-de-bico, as uvas passas, os demais temperos, a água e as cebolas cortadas em pétalas.
Deixar cozinhar.
Separadamente, molhe a sêmola com a água com sal. Faça isso aos poucos.
Depois disso, coloque a sêmola na parte de cima da cuscuzeira para que ela cozinhe ao vapor do cozimento do frango. Deixe por aproximadamente 1 hora.
Verifique se o encaixe da cuscuzeira está bem vedado.
Próximo passo é colocar a sêmola cozida em uma vasilha grande. Misture aproximadamente 50 g da manteiga e arrume em forma de um anel.
Doure as amêndoas na manteiga restante.
Espalhe o molho de frango com os temperos por cima.
Decore com as amêndoas douradas.
Na hora de servir, leve o molho de pimenta para que cada um se sirva ao seu gosto.

Espero que tenham gostado. Iremos publicar outros tipos de cuscuz marroquino para vocês.


Pedro Ganem

Título: Cuscuz marroquino, delícia das Arábias.

Autor: Pedro Ganem (todos os textos)

Visitas: 4

0 

Comentários - Cuscuz marroquino, delícia das Arábias.

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

10 motivos para você fazer um cruzeiro

Ler próximo texto...

Tema: Viagens
10 motivos para você fazer um cruzeiro\"Rua
Vai chegando o final do ano e começa a bater aquela vontade de viajar, de ir descansar longe da correria do dia-a-dia, sem se estressar, a dica é que não há nada mais prático e relaxante do que fazer um cruzeiro, sabe por quê?

1. Você pode contratar o serviço parcelado, em muitas agências de viagem; assim começa a pagar agora e provavelmente já estará mais da metade pago na ocasião da viagem;

2. Relaxar em lugar calmo, com todas as comodidades à bordo, garçons, camareiro, equipe de animação, entre outros;

3. Geralmente o pacote já vem com comida e bebida liberados, o que quer dizer que você se delicia e não se preocupa com quanto vai gastar e onde vai comer.

4. Como o navio atraca em vários portos, dá um tempinho para conhecer vários lugares bacanas e tirar muitas fotos nos pontos turísticos. Dependendo da parada, você até consegue alugar um kit de mergulho e dar uma olhada no fundo do mar.

5. A diversidade cultural costuma ser muita e você acaba conhecendo pessoas e costumes de outros países;

6. Para não ir achando que as horas à bordo do navio são entediantes, vale ressaltar que há inúmeras atividades fornecidas pela tripulação responsável, o que inclui brincadeiras, atividades físicas em grupo, dança, sorteios e muita música.

7. Para aqueles que apreciam jogos de azar, o navio tem um cassino que é um encanto mesmo para quem não joga.
8. Outra atração impressionante é a danceteria, aberta todas as noites, com músicas de variados estilos, e bebidas liberadas com o bar no mesmo ambiente;

9. Já se preferir lagartear ao sol dentro do navio costuma ter espaço para o banho de sol e com piscinas grandes e também jacúzis para você se sentir em um verdadeiro spa.

10. Não menos importante, os navios contam com um teatro que costuma impressionar os passageiros, com um elenco digno de grandes palcos, e histórias incríveis.


Então, se você ainda não teve essa incrível experiência, vale a pena se programar aí com a família, e aventurar no mar, colecionar um misto de emoções, lembrancinhas e milhares de fotos. Com certeza será uma experiência inesquecível e você vai acabar querendo fazer mais vezes!

Pesquisar mais textos:

Clarissa Reinoco Machado

Título:10 motivos para você fazer um cruzeiro

Autor:Clarissa Reinoco Machado(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios