Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Serviços > Como aumentar as suas Poupanças

Como aumentar as suas Poupanças

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Serviços
Visitas: 4
Comentários: 5
Como aumentar as suas Poupanças

A actual conjuntura obriga a que as pessoas pensem um pouco mais no seu futuro e dos seus descendentes. Deste modo o ideal é economizar todos os meses um pequeno montante e rentabilizá-lo da melhor forma.

Repartir os investimentos por mercados exteriores ao euro, aumenta as possibilidades de obter ganhos.
Mesmo em quantias modestas, o pequeno investidor pode beneficiar de todas as vantagens da bolsa de valores. O importante é apostar num fundo de investimento rentável.

Apesar dos riscos. o potencial de ganhos a longo prazo é superior ao das aplicações tradicionais, tal como os depósitos a prazo.
Por outro lado têm uma relativa facilidade de subscrição e resgate, montantes reduzidos e elevado grau de diversificação.
A subscrição a longo prazo, multiplica as suas poupanças e limita os riscos inerentes.




Para eleger os melhores fundos, é necessário antes de mais um aconselhamento dos mercados junto da instituição financeira. E, ainda quais os reúnem melhor relação entre rendimento e risco.
A sua escolha tem por base os níveis de cotação, o risco, as perspectivas de crescimento económico e as taxas de juro e de câmbio.
De entre as melhores acções destacam-se as acções do Reino Unido, EUA, obrigações suecas e fundos da França, Alemanha e Suiça.

Neste momento os mercados de maior preferência são o americano, o sueco, britânico, canadiano e suíço. Depois é só encontrar dentro da categoria os fundos com maior desempenho.

A taxa de rentabilidade de acções e fundos, depende da evolução dos mercados e e da conjuntura. Para minimizar os riscos o melhor é a diversificação por vários. A escolha deve também recair nas obrigações dos países referidos anteriormente.
Para quem não gosta de investir a longo prazo, o ideal são os depósitos a prazo, que não têm riscos associados.

As taxas de juro oferecidas pelos bancos variam muito, o que permite uma maior liberdade de escolha e de rendimentos. Pode optar-se por fazer uma simulação de cada produto e só depois aplicar.

O ideal é aplicar nos depósitos dez por cento do ordenado ou dos rendimentos. Como o custo de vida subiu ultimamente há uma maior dificuldade em poupar esse valor, no entanto cabe a cada um arranjar a melhor solução,poupando na luz, água, transportes ou roupa. Há várias tarifas e preços à escolha para minimizar as contas e deixar algum de lado.

Optar por electrodomésticos que reduzem a energia, tal como as máquinas de lavar roupa, loiça e secar, aspirador e tipo de energia e respectiva tarifa, ajuda a poupar bastante.

Para quem quer investir a longo prazo, deve apostar no mínimo cinco anos, estratégia que permite evitar os riscos. estes são mais típicos dos investimentos de curto prazo.
Ao subscrever-se um conjunto de produtos recomendados, reduz-se o perigo sem limitar a rentabilidade dos mesmos. Nunca se deve aplicar mais de vinte por cento do dinheiro que possivelmente se tenha.

O lema de diversificar para sobreviver é hoje em dia muito importante,mesmo que seja pouco.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Como aumentar as suas Poupanças

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 4

623 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 5 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    26-08-2014 às 00:42:16

    Não se pode gastar tudo que ganha. É preciso guardar uma parte do seu rendimento, para então usá-la quando necessitar ou quando comprar algo queira ou fazer a tão sonhada viagem. Acredito positivamente que isso é possível: aumentar as poupanças!

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    29-05-2014 às 23:44:52

    Antigamente, não pensava o quão vantajoso é poupar o dinheiro trazendo grandes benefícios à vida. Só fato de poupar todo mês já demonstra que a pessoa tem um propósito para o futuro e visão de crescimento, além de trabalhar a disciplina!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAlmeida

    15-05-2012 às 14:28:12

    Qual o mercado que já lhe rendeu mais dinheiro?

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoJosé

    14-05-2012 às 11:22:34

    Boas ideias e sugestões

    ¬ Responder
  • Teresa Maria Batista GilTeresa Maria Baptista gil

    14-05-2012 às 13:47:17

    Do pouco se faz muito José

    ¬ Responder

Comentários - Como aumentar as suas Poupanças

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Arrendamento Jovem: Porta 65

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Imóveis Arrendamento
Arrendamento Jovem: Porta 65\"Rua
Ouvia-se há uns tempos atrás – Quem casa, quer casa! Tão correcta e tão certa, esta frase mantém-se para tudo e para todos. Mas, como dizia outro alguém, os tempos e as vontades também mudaram, e hoje em dia não é só quem casa que quer casa.

Cada vez mais somos independentes e cada vez mais cedo. Sair de casa e ser independente, gerir a sua vida financeira e emocional está nos planos de muitos jovens. Sós ou acompanhados, partem então para a aventura de viver sozinhos, mesmo que seja na mesma rua onde moram os pais – sempre se janta ao cimo da rua, certo?

Com as oscilações das taxas de juro nos últimos anos, o mercado da casa própria por empréstimo bancário caiu, dando lugar ao mercado do arrendamento de imóveis. Alugam-se mais casas e aquelas que estavam desocupadas há muitos anos, ganharam vida com novos inquilinos e roupa estendida nos estendais.

Entre arrendamentos e jovens, a distância não é muita, mas entre jovens e grande poder de compra a distância é abismal. Mas então como podem os nossos jovens arrendar casa se ganham pouco e saem tarde? A resposta pode vir mesmo de cima e não é do céu.

Há uns anos o Governo Português resolveu criar um sistema que ajuda a apoia ao arrendamento jovem de forma a incentivar á independência, ao arrendamento e ao incentivo aos jovens. Chama-se a Porta 65.

Um dos objectivos é trazer vida a muitas zonas necessitadas de gente jovem e em progresso.

Após a candidatura, o Governo oferece aos jovens habilitados, uma percentagem da renda da casa o que lhes permite um desafogo muito grande.

Mas nem toda a gente se pode candidatar. Para ter direito a este subsídio, não pode candidatar-se a mais nenhum relativamente a arrendamento. Não pode ser proprietário de outro imóvel, nem ter mais nenhum contrato de arrendamento. Tem de ter mais de 18 anos e pode usufruir até aos 30. Acima de tudo é obrigado a ter um contrato de arrendamento legal, com imposto de selo da Repartição de Finanças pago e o imóvel não pode ser de nenhum familiar directo.

Estes são apenas alguns requisitos (existem mais uns quantos) exigidos aquando a candidatura. Os documentos podem ser apresentados via internet e depois é esperar pela resposta.

Apesar deste apoio ser importante e fundamental para muitos jovens, a verdade é que é muitas vezes complicado. Arrende sem contar com isto, mas nunca deixe de se candidatar.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:Arrendamento Jovem: Porta 65

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    05-05-2014 às 21:37:31

    Que bom saber desa forma de incentivo aos jovens em morar sós. Essa porta 65 parece ser bem interessante, a Rua Direita agradece pelas informações. Acredita-se que muita gente não sabe.

    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios