Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Serviços > Personal shopper

Personal shopper

Categoria: Serviços
Visitas: 16
Comentários: 5
Personal shopper

Para quem não dispõe de tempo para fazer suas compras, ficar horas enfrentando filas, ou mesmo não gosta de andar de loja em loja para escolher o que quer e deseja, não precisa mais se esforçar para passar por isso. O personal shopper realiza todas essas tarefas de forma personalizada, seus serviços oferecidos vão além de fazer compras, o que certamente já seria uma vantagem, pois o contratante fica com mais tempo livre diante do pouco que tem.

O personal shopper, não se limita apenas em fazer as compras, claro que para ir às compras para uma pessoa, o profissional precisa fazer uma análise, conhecer o perfil do cliente, seus gostos e preferências, fazer um estudo do estilo pessoal para que então possa personalizar e comprar como se fosse a própria pessoa e mais, com visão atualizada para melhor orientar o cliente dando dicas que auxiliem no que melhor comprar para compor um visual que acompanhe a moda, que inclui roupas, calçados, acessórios de jóias e bijuterias.

Muitos profissionais dessa área, dentre os serviços que oferecem, também acompanham o cliente ou quem o clienete determinar, na ida ao médico, na arrumação do guarda-roupas e muitos oferecem serviços de leitura.

Para quem estiver animado em ser um personal shopper, é bom não ter a ilusão de que é uma tarefa muito simples e que se parece com um acompanhante ou que apenas se precise ter bom gosto e saber camprar, não é bem assim. É preciso entender que para se tornar um personal não é da noite para o dia, é preciso estar muito ciente do que se está oferecendo, entrar na vida e conhecer os hábitos de outra pessoa, antes de tudo, é preciso saber que o conceito ético profissional tem de estar em primeiro lugar, depois ter especialização no que se irá propor.

Conhecimento em moda, visão de organização, dinamismo, ser uma pessoa pró-ativa, estar sempre se atualizando e jamais esquecer que o gosto que tem que prevalecer é o do cliente e nunca se posicionar como se fosse para si próprio, por essas e outras razões, se faz necessário considerar o desejo em ser um personal shopper.

A presença do personal shopper está se tornando cada vez mais comum e, ousaria dizer que até necessária para suprir coisas que em geral se pode fazer mas que pelo fato de se ter um quotidiano muito acelerado, pode tornar-se impossível fazer compras e ter mais disponibilidade de tempo para dedicar-se a família.


Sílvia Baptista

Título: Personal shopper

Autor: Sílvia Baptista (todos os textos)

Visitas: 16

790 

Imagem por: hospi-table

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 5 )    recentes

  • Anthony max bispo

    04-08-2016 às 04:23:29

    em supermercado com agi o personal shopper

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    29-05-2014 às 23:52:53

    Um personal shopper é para aquele que não tem muito tempo de estar pesquisando preços e muito menos indo a loja para realizar as comprar. Nesta vida, tem serviço para tudo!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoSofia Nunes

    13-09-2012 às 15:53:22

    Sejamos honestos, recorrer aos serviços de um personal shopper é dispensável, uma vez que na internet se encontram dicas por parte dessas mesmas pessoas. Ainda assim, para quem detém disponibilidade financeira e precisa de um empurrãozinho em direcção a uma maior elegância, aprendendo que tipo de roupa é adequada para o seu corpo, é um serviço vantajoso. Para além disso, existem já centros comerciais que devolvem em compras o valor gasto na consulta de moda.

    ¬ Responder
  • Heloá

    14-08-2012 às 19:50:54

    Olá! Está muito boa sua matéria, mas tenho uma dúvida, precisa de ter-se um curso especializado tipo, em consultoria de moda, ou uma universidade em Moda para ser-se Personal Shopper?

    Desde já agradeço

    ¬ Responder
  • Mário PereiraAdailton

    06-01-2011 às 11:57:59

    Muito boa esta ideia.
    Muitos são os 'sem tempo' e esta ocupação pode facilmente virar moda.

    ¬ Responder

Comentários - Personal shopper

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Imagem por: hospi-table

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios