Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Serviços > Personal shopper

Personal shopper

Categoria: Serviços
Visitas: 16
Comentários: 5
Personal shopper

Para quem não dispõe de tempo para fazer suas compras, ficar horas enfrentando filas, ou mesmo não gosta de andar de loja em loja para escolher o que quer e deseja, não precisa mais se esforçar para passar por isso. O personal shopper realiza todas essas tarefas de forma personalizada, seus serviços oferecidos vão além de fazer compras, o que certamente já seria uma vantagem, pois o contratante fica com mais tempo livre diante do pouco que tem.

O personal shopper, não se limita apenas em fazer as compras, claro que para ir às compras para uma pessoa, o profissional precisa fazer uma análise, conhecer o perfil do cliente, seus gostos e preferências, fazer um estudo do estilo pessoal para que então possa personalizar e comprar como se fosse a própria pessoa e mais, com visão atualizada para melhor orientar o cliente dando dicas que auxiliem no que melhor comprar para compor um visual que acompanhe a moda, que inclui roupas, calçados, acessórios de jóias e bijuterias.

Muitos profissionais dessa área, dentre os serviços que oferecem, também acompanham o cliente ou quem o clienete determinar, na ida ao médico, na arrumação do guarda-roupas e muitos oferecem serviços de leitura.

Para quem estiver animado em ser um personal shopper, é bom não ter a ilusão de que é uma tarefa muito simples e que se parece com um acompanhante ou que apenas se precise ter bom gosto e saber camprar, não é bem assim. É preciso entender que para se tornar um personal não é da noite para o dia, é preciso estar muito ciente do que se está oferecendo, entrar na vida e conhecer os hábitos de outra pessoa, antes de tudo, é preciso saber que o conceito ético profissional tem de estar em primeiro lugar, depois ter especialização no que se irá propor.

Conhecimento em moda, visão de organização, dinamismo, ser uma pessoa pró-ativa, estar sempre se atualizando e jamais esquecer que o gosto que tem que prevalecer é o do cliente e nunca se posicionar como se fosse para si próprio, por essas e outras razões, se faz necessário considerar o desejo em ser um personal shopper.

A presença do personal shopper está se tornando cada vez mais comum e, ousaria dizer que até necessária para suprir coisas que em geral se pode fazer mas que pelo fato de se ter um quotidiano muito acelerado, pode tornar-se impossível fazer compras e ter mais disponibilidade de tempo para dedicar-se a família.


Sílvia Baptista

Título: Personal shopper

Autor: Sílvia Baptista (todos os textos)

Visitas: 16

790 

Imagem por: hospi-table

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 5 )    recentes

  • Anthony max bispo

    04-08-2016 às 04:23:29

    em supermercado com agi o personal shopper

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    29-05-2014 às 23:52:53

    Um personal shopper é para aquele que não tem muito tempo de estar pesquisando preços e muito menos indo a loja para realizar as comprar. Nesta vida, tem serviço para tudo!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoSofia Nunes

    13-09-2012 às 15:53:22

    Sejamos honestos, recorrer aos serviços de um personal shopper é dispensável, uma vez que na internet se encontram dicas por parte dessas mesmas pessoas. Ainda assim, para quem detém disponibilidade financeira e precisa de um empurrãozinho em direcção a uma maior elegância, aprendendo que tipo de roupa é adequada para o seu corpo, é um serviço vantajoso. Para além disso, existem já centros comerciais que devolvem em compras o valor gasto na consulta de moda.

    ¬ Responder
  • Heloá

    14-08-2012 às 19:50:54

    Olá! Está muito boa sua matéria, mas tenho uma dúvida, precisa de ter-se um curso especializado tipo, em consultoria de moda, ou uma universidade em Moda para ser-se Personal Shopper?

    Desde já agradeço

    ¬ Responder
  • Mário PereiraAdailton

    06-01-2011 às 11:57:59

    Muito boa esta ideia.
    Muitos são os 'sem tempo' e esta ocupação pode facilmente virar moda.

    ¬ Responder

Comentários - Personal shopper

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: hospi-table

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios