Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Empresariais > O que não deve contar aos seus colegas de trabalho

O que não deve contar aos seus colegas de trabalho

Categoria: Empresariais
Visitas: 2
Comentários: 1
O que não deve contar aos seus colegas de trabalho

Muitos de nós, vemos o local de trabalho como sendo uma extensão de casa devido o tempo em que se passa dentro da empresa e, mesmo quem trabalha no serviço externo, está em função do trabalho.

Para afastar esse pensamento errôneo, devemos pensar e analisar o seguinte: no trabalho é preciso uma postura que requer mais sobriedade no vestir, horários à cumprir, metas mensais a serem alcançadas quando estipuladas, passar o dia ao lado de pessoas que nem sempre se tem a melhor simpatia, obedecer ordens e respeitar a hierarquia com pessoas que até então eram totalmente estranhas, saber lidar com a competividade profissional e tudo o mais. O fato é que, no ambiente familiar, se quiser passar o dia usando apenas as peças íntimas, se passa, se quiser reuinir-se com a família toda hora, se reune, se quiser ficar diante da televisão o dia todo, basta ligar o botão. Pois bem, será que é assim que nos comportamos no trabalho fazendo o que se quer a qualquer hora todos os dias? Então porque o trabalho é uma extensão de casa? Será que ficar à toa sentado no sofá trara o rendimento financeiro do trabalho? Será que se pode chegar e sair a hora que bem enterder no trabalho como se faz em casa? Claro que não, então vamos derrubar essas idéias.

O caro leitor deve estar se perguntando onde vamos chegar com todas essas indagações. É simples, é para melhor entendermos que é preciso haver uma separação, uma atitude profissional que não impede ser autêntico, a diferença é que devemos ter atenção, que os colegas de trabalho, por mais que pareçam confiáveis, ou que por um ou por outro se tenha mais sintonia, que pareça ser uma boa pessoa, não se deve dizer tudo que vem à cabeça.

Um comentário que deve ser evitado é falar mal dos superiores, do patrão, dos colegas de trabalho e de quem quer que seja que faça parte do trabalho. Primeiro por uma questão de ética de conduta, segundo e mais sério motivo, é que mesmo em um momento de desabafo, diante de uma indignação ou por estar atravessando um momento delicado, se contar para o colega de trabalho que tem desafeto com ciclano ou beltrano, esse comentário pode se tornar uma ameaça e voltar de outra forma, quer dizer; esse paciente colega de trabalho, pode posteriormente levar esse comentário adiante causando um verdadeiro rebouliço, memso que ele fale mal de alguém, não caia nessa, pode ser um incentivo para você se abrir. Assim como pode nada acontecer e ele simplesmente entender que foi um comentário infeliz levado por uma forte emoção, pode se tornar o oposto e você além de ficar com a reputação profissional abalada, ser quem sabe, o demitido.

Sílvia Baptista

Título: O que não deve contar aos seus colegas de trabalho

Autor: Sílvia Baptista (todos os textos)

Visitas: 2

775 

Imagem por: Seth W.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Sofia NunesSofia Nunes

    18-09-2012 às 13:12:20

    Apesar de não estar inserida ainda no mercado de trabalho, compreendo como entre colegas se desenvolve alguma intimidade e partilha. Por exemplo, é comum que os colegas de trabalho se tornem naquilo a que se chama depreciativamente “amigos de circunstância”, planeando-se saídas entre o leque de trabalhadores da mesma empresa. Para além disso, alguns colegas tornam-se amigos para a vida. É apenas necessário identificar os que têm potencial de futuros amigos e os estritamente colegas.

    ¬ Responder

Comentários - O que não deve contar aos seus colegas de trabalho

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Pêssegos com Iogurte e natas

Ler próximo texto...

Tema: Receitas
Pêssegos com Iogurte e natas\"Rua
PÊSSEGOS COM IOGURTE E NATAS

Esta sobremesa, para mim, é saborosa tanto no verão como no inverno, naqueles dias soalheiros em que apetece dar umas braçadas no Tejo. É tão simples fazê-la, e podemos sempre alterar conforme o nosso paladar. Também já fiz com morangos e é muito boa, não temos a calda dos pêssegos mas não é por isso que não fica gostosa, como os morangos vão deitando liquido a bolacha vai ficando húmida com o seu sabor.

Ingredientes:
1 lata de pêssego em calda
1 pacote de bolacha Maria
2 iogurtes de pêssego
2 pacote de natas
açúcar amarelo
canela em pó


Preparação:

Depois de abrir a lata de pêssegos, cortar um a um aos bocados bem pequenos, reservar. Deitar a calda dos pêssegos para uma tigela, ou mesmo um prato de sopa, e com muito jeito molhar as bolachas na calda, colocar numa taça um pouco funda. Colocar os pêssegos por cima das bolachas.

Abrir os pacotes de natas próprias para bater, despejando para uma taça apropriada para bater natas, para que os salpicos não nos sujem, juntar o açúcar, o tempo necessário para ficar chantilly. Juntar os iogurtes e envolver mais um pouco as natas com os iogurtes. Em seguida verter o creme das natas e dos iogurtes em cima dos pêssegos. Cobrir com canela em pó. Levar ao frigorífico.

Para quem não gostar de canela pode polvilhar com cacau em pó, e assim fica menos doce, ou até mesmo esfarelar as bolachas e polvilhar o doce com elas.

Se quiser enriquecer o doce que tal amêndoa torra e moída?

Quando fazemos este tipo de doces, em que é necessário natas para bater, nunca, mas nunca se esqueça de as comprar para esse mesmo fim, porque acontece-lhe o que já me aconteceu, comprar “n” de pacotes e as natas não cresceram, não viraram chantilly e fiquei muito frustrada.

Outra sugestão será utilizar taças individuais e enfeitá-las, por exemplo, com folhas de hortelã por cima e 2 ou 3 bocados pequenos de pêssego por cima da camada de chantilly com iogurte, ou então coloque uma bolacha de chocolate pressionando-a até meio no doce, ou outro tipo de bolacha que goste mais.

Pesquisar mais textos:

Maria Isabel

Título:Pêssegos com Iogurte e natas

Autor:Maria Isabel(todos os textos)

Imagem por: Seth W.

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios