Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Decoração > Aprenda a decorar com livros

Aprenda a decorar com livros

Categoria: Decoração
Comentários: 2

O livro, objecto considerado por muitos como pessoal e intransmissível, encerra mil e uma funcionalidades e razões de ser, desde o óbvio objecto cultural, passando pelo objecto de desejo, de ostentação, até ao simples motivo decorativo – os mais puristas ficarão talvez chocados, mas, sim, os livros também podem servir para decorar uma casa. E, de qualquer maneira o possuidor de uma boa biblioteca é-o, possivelmente, por todas as razões atrás apontadas: é alguém que gosta de ler, mas que, simultaneamente, gosta de os exibir – nem que seja para criar a impressão de um certo «status» social – e que aprecia também os interessantes efeitos decorativos provocados pela disposição/cromatismo dos seus livros.

Assim, pode dispô-los numa estante – que não tem de ser em mogno, uma de contraplacado folheado serve – na horizontal, uns por cima dos outros, formando pequenos grupos; ou pode alternar a disposição horizontal com a vertical, intercalando os espaços vazios com pequenos objectos decorativos – evite preencher demasiado a estante, pois tal fará com que todos os olhares incidam sobre ela e não sobre os livros; pode, também, experimentar arrumá-los por cores, criando um interessante e verdadeiramente artístico quadro de cores e brilhos. Escolha as lombadas mais vistosas e alterne-as com as menos sugestivas: o efeito será deslumbrante e verdadeiramente atractivo, fomentando a leitura por parte das visitas. Se, por outro lado, possui escadas de madeira em casa que não costuma utilizar – as que dão acesso ao sótão, por exemplo – implemente uma biblioteca na escadaria! Tenha apenas cuidado para não as encher demasiado, pois pode necessitar de se deslocar através das mesmas.

Na cozinha, despeje os armários, que contêm todos os «tesouros das cozinheiras» e «pantagruéis» afins e coloque-os em cima de um banquinho, a um canto. O efeito resulta muito bonito! Pode também, na sua sala, empilhar alguns livros (resistentes e grossos) e colocar uma placa de vidro ou madeira e obter, assim, uma mesa de centro (não coloque livros por cima, claro, o efeito seria excessivo e desvirtuoso). Pode também colocá-los na casa-de-banho, dentro de um cesto de verga forrado a tecido e rendado – a tentação será grande, mas o wc ficará ocupado durante muito mais tempo! Pode, ainda, reabilitar uma lareira meramente decorativa e instalar lá dentro alguns livros, bem como no hall, em cima de uma mesinha – é um bom cartão-de-visita. Pode, finalmente, instalar uma prateleira por cima da porta do escritório e fazer da mesma o último reduto para aqueles livros que já não cabiam em lado nenhum – é uma solução engenhosa e que permite poupar muito espaço.

Reinvente os livros e dê uma nova vida à sua casa!

Isabel Rodrigues

Título: Aprenda a decorar com livros

Autor: Isabel Rodrigues (todos os textos)

Visitas: 0

639 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    26-04-2014 às 22:11:04

    Muito bem colocado essa decoração com livros. Existe até um navio(de verdade) que lá dentro é uma gigantesca biblioteca, aberto a visitas. E, porque não usar os livros para decoração? Muito bom, os livros possuem mil e uma funcionalidades.

    ¬ Responder
  • Daniela VicenteDaniela Vicente

    17-09-2012 às 21:56:26

    para mim, os livros são muitos importantes e dou muito valor à sua preservação. é muito importante que se mantenham intactos. eu gosto de colocá-los em várias posições: diagonal, horizontal e vertical. misturo-os com os meus objectos fantásticos que trouxe de viagens. ou seguir a sua dica e vou distinguir só aqueles que tiverem melhor aspecto e que tenham uma lombarda mais apelativa. o texto está um pouco confuso, mas gostei de algumas dicas.

    ¬ Responder

Comentários - Aprenda a decorar com livros

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Habitação – Evolução qualidade/Preço

Ler próximo texto...

Tema: Alojamento
Habitação – Evolução qualidade/Preço\"Rua
Hoje vivemos dias muito complicados do ponto de vista económico, uma vez que a nossa sociedade moderna consumista tem acarretado para as famílias a triste ideia de que temos que possuir tudo o que existe para ser possuído.

Relativamente ao assunto especifico da habitação, com o passar dos tempos, as pessoas têm adquirido as suas casas em função do que há no mercado, e este mercado tem evoluído de uma forma perigosa em termos de custos; o que quero dizer com isto, é que há vinte anos atrás, encontrávamos apartamentos no mercado, e tenho por base um apartamento T3 que tinha 3 quartos conforme a tipologia descrita, naquele tempo uma cada de banho, uma sala de estar/jantar conjunta e talvez uma varanda, hoje o mesmo apartamento terá os três quartos, a sala, duas casas de banho das quais uma poderá estar num dos quartos a que passou a chamar-se suite, este apartamento hoje, tem forçosamente que ter pré instalação para aquecimento central, lareira com recuperador de calor, e muito provavelmente aspiração central, ou pelo menos a pré instalação… Assim, quem compra um apartamento hoje, apesar das dimensões de cada divisão estarem diminuídas, o preço foi muito incrementado pelos extras, e depois há ainda que adquirir uma caldeira para fazer funcionar a tal pré-instalação de aquecimento central, os radiadores porque sem eles o dito não funciona, naturalmente o trabalho do técnico… há ainda que adquirir em muitos casos o aspirador propriamente dito para fazer funcionar a aspiração central, e algumas coisas mais, acessórios dos quais, antes não tínhamos necessidade.

Não quero dizer com isto, que estes equipamentos não são úteis, são, mas e aquelas pessoas que compraram os seus apartamentos há uns tempos, cujos espaços não dispunham destas “modernices” como viveram? Como vivem hoje? Provavelmente aqueles que tiveram disponibilidade económica para isso, colocaram nas suas habitações, aquilo que julgaram necessário, não colocaram aquilo que não lhes é útil de todo, por outro lado aqueles que não tiveram disponibilidade económica vivem sem os equipamentos em questão, ou colocam um equipamento à dimensão das suas possibilidades. O real problema é que os referidos equipamentos valorizaram muito mais as habitações em termos de preço de compra do que o valor real dos mesmos, e as pessoas, estão apagar vinte ou trinta anos, para não dizer mais, um bom valor acima do que pagariam sem estas coisas, além disso comprariam aquilo que quisessem e pudessem.

Para além do exposto, a qualidade de construção e acabamentos não melhorou, antes pelo contrário. Hoje o valor das casas está a decair rapidamente, e as pessoas em geral vivem em casas cujos valores atuais de mercado são muito inferiores ao que estarão a pagar durante muito tempo…

Naturalmente o mercado poderá mudar, mas não é esse o caminho que parece seguir.

Pesquisar mais textos:

Ana Sebastião

Título:Habitação – Evolução qualidade/Preço

Autor:Ana Sebastião(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    21-04-2014 às 17:09:01

    A compra seja de apartamento ou casa estão mais caras e nem sempre oferecem serviços como mostram na divulgação. Não é bom financiar, pois custará o dobro. Realmente, o melhor a fazer é buscar preços que têm condições de pagar ou aderir a um consórcio.

    ¬ Responder
  • Sofia Nunes 13-09-2012 às 17:07:44

    Na minha opinião e de acordo com o que tenho observado, a relação qualidade/preço das habitações está a melhorar. E isso não é necessariamente bom, uma vez que é resultado da crise económica. Como refere, o valor das casas está a descer, pelo que se pode comprar uma vivenda pelo preço que há uns anos era de um apartamento. O problema é que, apesar de as casas estarem mais baratas, os compradores não têm dinheiro.

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios