Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Mobiliário > Hora De Trocar Tecidos Dos Estofados

Hora De Trocar Tecidos Dos Estofados

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Mobiliário
Visitas: 38
Comentários: 3
Hora De Trocar Tecidos Dos Estofados

Com o passar dos anos, os tecidos dos estofados acabam ficando mofados e velhos. Você já reparou que eles se desgastam facilmente? Os seus estofados estão assim? Se sim, hora de trocá-los e escolher os melhores tecidos que se adequam às suas necessidades e que são muito mais duráveis e econômicos.

Os estofados da casa, em especial, da sala, precisam estar sempre limpinhos, conservados, cheirosos, com um aspeto novo e bonito, até porque as visitas sempre aparecem quando menos se espera e aí é hora de caprichar na decoração do ambiente. Sempre é bom prevenir para que ninguém chegue de surpresa e os encontre todo acabados e com mofos. Você não iria gostar nada disso, não é verdade? Por isso, aqui abaixo você tem opções de tecidos para seus estofados durarem mais e proporcionarem mais conforto aos seus hóspedes, convidados e visitantes. Quando o assunto é casa, nada melhor que oferecer um ambiente mais aconchegante e acolhedor.

Melhores tecidos

Os tecidos bons são geralmente os mais caros. O chenille, por exemplo, é lindo, chique, mais confortável, encorpado, preferido por todos os brasileiros, se você quiser reformar seu estofado, a melhor opção é a chenille. Agora, se você não quer ter muito trabalho na hora de limpar seus estofados, dê preferência pelos impermeabilizados, possuem uma facilidade incrível em sair a sujeira. Se você adora animais em casa e já até cria um, essa dica é para você. Escolha os tecidos sarja, ele é um tecido específico e ideal para essa situação. Outra dica interessante são os tecidos que duram mais, todo mundo não quer ficar trocando regularmente, por isso, preferem aqueles com uma maior durabilidade. Para esse caso, escolha o jacquard, eles além de bonitos, elegantes, proporcionam maior durabilidade e resistência. Recomendável também utilizá-lo para usar em cadeiras, aqueles que fazem a combinação com sofás. Além de tudo isso as cores dos tecidos devem contribuir para alegria do ambiente, os florais são ótimos. Mas depende de cada estilo de pessoa, o ideal é utilizar tecidos que combinem com você, que demonstrem sua identidade, que sejam a sua cara e a cara da família.

Lembre-se que os tecidos dos estofados precisam estar sempre confortáveis para seu ambiente de estar(é onde mais recebemos visitas) e se seu aspeto não demonstra isso, é hora de trocá-los.


Adriana Santos

Título: Hora De Trocar Tecidos Dos Estofados

Autor: Adriana Santos (todos os textos)

Visitas: 38

781 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • carmen

    05-08-2016 às 20:24:53

    Bom dia .
    Sou Carmen , costureira (overloquista).
    Faço a parte de acabamentos dos mostruários no overloque, como as bandeiras que são maiores .
    Gostaria de saber se a empresa tem interesse no meu trabalho ?
    Contato :
    32238894 ou 9.66333014
    desde já ,agradeço pela atenção

    ¬ Responder
  • vera

    03-03-2014 às 22:16:30

    gostaria de saber se vocês tem tecido floral rosa pequenas flores e o preço at. Vera

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    19-04-2014 às 22:36:37

    Vera, a Rua Direita recomenda que você visualize nossas ofertas no setor de produtos aqui mesmo no site! Obrigada e esperamos que encontre!

    ¬ Responder

Comentários - Hora De Trocar Tecidos Dos Estofados

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Pulp Fiction: 20 anos depois

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Arte
Pulp Fiction: 20 anos depois\"Rua
Faz hoje 20 anos que estreou um dos mais importantes ícones cinematográficos americanos.

Pulp Fiction é um marco do cinema, que atirou para a ribalta Quentin Tarantino e as suas ideias controversas (ainda poucos tinham visto o brilhante “Cães Danados”).

Repleto de referências ao cinema dos anos 70 e com uma escolha de casting excepcional, Pulp Fiction conquistou o público com um discurso incisivo (os monólogos bíblicos de Samuel L. Jackson são um exemplo disso), uma violência propositadamente mordaz e uma não linearidade na sucessão dos acontecimentos, tudo isto, associado a um ritmo alucinante.

As três narrativas principais entrelaçadas de dois assassinos, um pugilista e um casal, valeram-lhe a nomeação para sete Óscares da Academia, acabando por vencer na categoria de Melhor Argumento Original, ganhando também o Globo de Ouro para Melhor Argumento e a Palma D'Ouro do Festival de Cannes para Melhor Filme.

O elenco era composto por nomes como John Travolta, Samuel L. Jackson, Bruce Willis, Uma Thurman e (porque há um português em cada canto do mundo) Maria de Medeiros.

Para muitos a sua banda sonora continua a constar na lista das melhores de sempre, e na memória cinéfila, ficam eternamente, os passos de dança de Uma Thurman e Travolta.

As personagens pareciam ser feitas à medida de cada actor.
Para John Travolta, até então conhecido pelos musicais “Grease” e “Febre de Sábado à Noite”, dar vida a Vincent Vega foi como um renascer na sua carreira.

Uma Thurman começou por recusar o papel de Mia Wallace, mas Tarantino soube ser persuasivo e leu-lhe o guião ao telefone até ela o aceitar.

Começava ali uma parceria profissional (como é habitual de Tarantino) que voltaria ao topo do sucesso com “Kill Bill”, quase 10 anos depois.

Com um humor negro afiadíssimo, Tarantino provou em 1994 que veio para revolucionar o cinema independente americano e nasceu aí uma inspirada carreira de sucesso, que ainda hoje é politicamente incorrecta, contradizendo-se da restante indústria.

Pulp Fiction é uma obra genial. Uma obra crua e simultaneamente refrescante, que sobreviveu ao tempo e se tornou um clássico.
Pulp Fiction foi uma lição de cinema!

Curiosidade Cinéfila:
pulp fiction ou revista pulp são nomes dados a revistas feitas com papel de baixa qualidade a partir do início de 1900. Essas revistas geralmente eram dedicadas às histórias de fantasia e ficção científica e o termo “pulp fiction” foi usado para descrever histórias de qualidade menor ou absurdas.

Pesquisar mais textos:

Carla Correia

Título:Pulp Fiction: 20 anos depois

Autor:Carla Correia(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios