Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Mobiliário > Cozinhas de Sonho

Cozinhas de Sonho

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Mobiliário
Visitas: 4
Cozinhas de Sonho

Passamos imenso tempo dentro delas, trabalhamos, comemos, assistimos ao telejornal durante a hora de jantar, juntamos a família aos Domingos ao almoço e confraternizamos com os amigos ao jantar de Sábado á noite. Pois é, falamos de cozinhas.

Você pode entrar na cozinha só para comer, mas também pode ser um autêntico Cheff e adorar usufruir da sua cozinha durante imenso tempo e de forma apaixonante. As cozinhas são um dos sítios mais frequentados das nossas casas e tendo em conta o tempo que ali passamos, o ideal é ter uma cozinha de sonho. Cozinhas espaçosas com 20m2 são o sonho de qualquer cozinheiro, mesmo que de meio tigela, mas uma cozinha pequena ou até mesmo uma kitchnet pode ser tão ou mais apaixonante.

O mote é ter uma cozinha de sonho e acredite ou não isso é possível para qualquer um de nós. Verdade é que quem tem espaço e um grande poder financeiro pode fazer da cozinha um espaço de eleição.

Mas o que é na verdade uma cozinha de sonho? Uma cozinha de sonho tem de ter algumas características. Bons equipamentos, espaço de trabalho, e bastante luz.

Para começar, uma boa cozinha tem de ter uma bancada de trabalho. Se o tampo for de pedra, tanto melhor, mas existem no mercado outro tipo de bancadas em madeira ou fórmica cujo efeito é extraordinário. Espaço para poder amassar uma boa massa para pizza ou poder estender a tábua para cortar um naco de carne é essencial.

Entre a bancada de trabalho terá de ter o lava-loiça e a placa com o respetivo forno. Este aspeto é hiper importante para poder, dentro de um curto espaço, cozinhar à sua vontade.

Uma das opções que está mais na moda especialmente para quem tem um bom espaço na cozinha são as ilhas. Verdadeiras obras de cozinhas de sonho, oferecem uma harmonia extraordinária entre a beleza, conforto e principalmente o aspeto prático da cozinha.

Os móveis deverão ser claros nas cozinhas mais pequenas ou com pouca luz. A importância que o branco traz, ilude-nos para um espaço que na realidade não se tem. Se a cozinha for grande e super luminosa, seja ousado e opte por cores fortes. Cozinhas vermelhas ou pretas estão na moda, mas não se esqueça que muito facilmente se poderá fartar dela.

Uma cozinha de sonho é aquilo que quisermos. Naturalmente que as cozinhas que se vislumbram nas revistas de decoração são as ideias para todos nós, mas não se esqueça que para cada um de nós e dentro do que nos é possível, um sonho é sempre possível de alcançar.


Carla Horta

Título: Cozinhas de Sonho

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 4

799 

Imagem por: Jeremy Levine Design

Comentários - Cozinhas de Sonho

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios