Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Jóias Relógios > Anéis versus compromisso

Anéis versus compromisso

Categoria: Jóias Relógios
Visitas: 2
Comentários: 2
Anéis versus compromisso

Adornos… enfeitar, símbolo, mensagem, materiais preciosos… jóias.

Relógios … horas, minutos, segundos, tempo, compromisso…

Horas, com tempo, sem tempo, atrasado, descomprometido.

Anéis… de cordel, de latão, pechisbeque, prata, ouro, platina.

Simples, em relevo, redondos, quadrados, ovais, com pedras.

Pedras sem valor, mais ou menos, preciosas, rubis, diamantes, brilhantes.

Anéis… nos dedos, um, em vários, num fio ao pescoço.

Anel para enfeitar, anel para comprometer, anel para exibir.

Relógio… antigo, vulgar, de marca, em prata, em ouro.

Com desenhos, com pedras preciosas, desenhados por estilistas famosos.

Anel e relógio, jóia e compromisso.

UFF! … Que confusão.

Vejamos se nos entendemos.

Os adornos fazem parte da história da humanidade desde o tempo da pré-história.

Enfeite pessoal, são também usados com um significado religioso ou como símbolo de poder. O uso de materiais nobres na sua confecção dá-lhe o estatuto de jóia.

O relógio condiciona o nosso tempo, a nossa vida e obriga-nos a cumprir compromissos. O compromisso de não nos atrasarmos, de não fazermos ninguém esperar por nós.

O relógio, objecto eminentemente prático, pode ser usado como uma jóia, por vezes mesmo apenas como tal. De prata, em ouro, com pedras mais ou menos preciosas, desenhados por estilistas famosos, transformam-se em belos e valiosos adornos.

Um outro adorno é o anel. Feito de diversos materiais e, cada vez mais, em diferentes for-matos é não só um objecto de enfeite mas também um símbolo de compromisso entre duas pessoas. Em diversas culturas, e em diferentes épocas, por exemplo os hindus, os gregos, os romanos, os cristãos, o anel é utilizado como símbolo do casamento, assumindo assim a designação de aliança.

Mais uma vez a utilização de materiais nobres na sua confecção dá-lhe o estatuto de jóia.

Jóia, compromisso.

Compromisso, obrigação.

Obrigação com o tempo, obrigação com alguém, prisão ao tempo, prisão ao outro.

Mas também…

Encontro, reencontro, partilha, companhia, contar com alguém.

Anel, adorno, beleza, jóia, valioso.

Relógio, enfeite, belo e útil, valioso.

Anel, faz-nos sentir mais bonitos, ou lembra-nos que temos alguém que nos quer bem.

Relógio, embeleza, impede-nos de faltar ao que é para nós importante.
Ambos podem ter duas faces.

Depende de como os usamos.

No seu caso, como é? E daí, não tem que ser sempre o mesmo, depende de si e do momen-to.

Por vezes compromisso, ou liberdade, ou felicidade.



Isabel Rebelo

Título: Anéis versus compromisso

Autor: Isabel Rebelo (todos os textos)

Visitas: 2

775 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    21-09-2014 às 14:24:39

    Um anel é tão lindo! É a expressão que pertencemos a alguém e que este pertence a nós. Um amor lindo e verdadeiro, sem fim como o anel. Um compromisso de cuidar, libertar, amar, dedicar!

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    09-05-2014 às 16:57:42

    O selo do amor tem que estar no coração e não em anéis de compromisso. Claro, que a representação é importante bem como a visibilidade de que estamos comprometidas com alguém, ou seja, mostrar que amamos a pessoa. Dessa forma, o anel se alinha ao desejo do coração e faz todo o sentido!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Anéis versus compromisso

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Raio Mata Três Pessoas No Brasil

Ler próximo texto...

Tema: Segurança
Raio Mata Três Pessoas No Brasil\"Rua
No dia 07 de novembro de 2014, três pessoas acabaram morrendo em decorrência de raios após as vítimas serem socorridas, mesmo depois de bastante tempo tentando reanimá-las.

Os três homens deram entrada no hospital com parada cardiorrespiratória e com muitas queimaduras. Esse incidente aconteceu na zona leste de São Paulo, as vitimas trabalhavam com ferro velho.

O Brasil é o país onde os raios estão mais presentes no mundo. São mais de 50 milhões de raios por ano. Esses raios atingem mais pessoas na zona rural, porém nas áreas urbanas ocorrem também só que com menos frequência.

Há pessoas que falam que raios não ocorrem duas vezes no mesmo lugar, mas isso é improvável, eles ocorrem sim! Tanto que nos últimos séculos, as tempestades aumentaram 90% por causa do aquecimento do planeta devido ao asfalto, que é uma das formas de poluição.

Alguns cuidados, nesses momentos, são importantes como: não ficar em área aberta, não usar o telefone e se vir uma tempestade, então permaneça no carro.

Os raios ocorrem no Brasil porque é um país tropical e de muito calor, por isso está em primeiro lugar em queda de raios. Nesse mesmo ano de 2014, um rapaz morreu usando o computador. Ele recebeu a eletricidade no momento em que o raio caiu na antena.

O estado de São Paulo lidera em quedas de raios. Um raio dura em média 1 segundo, e a queda de raios acontece por uma descarga elétrica que produz nuvens de chuva. Os relâmpagos ocorrem entre as nuvens e os raios pelo solo.

Algumas regiões tem tendência de cair mais raios, a descarga é visível a olho nu e é um fenômeno que produz um clarão. As mortes mais frequente são nas áreas urbanas, por isso não é seguro se proteger em baixo de árvores.

Pesquisar mais textos:

Gislene Santos Sousa

Título:Raio Mata Três Pessoas No Brasil

Autor:Gislene Santos Sousa(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios