Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Jóias Relógios > Como cuidar das suas jóias

Como cuidar das suas jóias

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Jóias Relógios
Comentários: 2
Como cuidar das suas jóias

As joias povoam o imaginário de quem as tem e de quem as não pode possuir.
Trata-se, normalmente, de heranças de família ou de prendas, que evocam recordações e afetos. Como tal, não convém que o tempo ou condições adversas as desgastem ou danifiquem. Nesta perspetiva, regra geral, para as limpar basta usar água morna com sabão e uma escova de dentes macia para as esfregar, passando depois por água limpa. No caso de sujidade mais entranhada, deixam-se de molho em água morna com sabão e segue-se o mesmo procedimento. Existem, contudo, especificidades relacionadas com as características peculiares de cada joia.

Por exemplo, as joias com pedras preciosas (à exceção das esmeraldas), depois da lavagem, devem ser mergulhadas em álcool e deixadas a secar sobre lenços de papel, e as joias com pérolas e madrepérolas limpam-se, após o uso, com uma pano de flanela ou um algodão seco, a fim de eliminar resíduos de cosméticos e suor, podendo, em caso de necessidade, aplicar-se sabão neutro e água fria, mas não deixando de molho. O azeite ou o óleo de amêndoas doces conferem-lhes um brilho extra. É útil verificar sempre se as pedras estão bem presas e, se assim não for, consertá-las antes de nova utilização.

De salientar que o calor, a humidade (que faz oxidar) e os produtos químicos, são passíveis de causar prejuízos às joias. Portanto, recomenda-se a aplicação de perfumes, cremes e similares antes da colocação das joias, respeitando o intervalo de secagem dos mesmos.

As joias devem ser limpas de vez em quando (mesmo que não tenham valor monetário), guardadas em locais escuros e embrulhadas individualmente em veludo ou camurça. Não é aconselhável sobrepô-las, o que poderia culminar em arranhões, uma vez que pérolas, metais preciosos e pedras apresentam diferentes graus de dureza. Quando se vai de viagem, é necessário que as embalagens que as transportam sejam rígidas, com o intuito de acautelar possíveis deformações nas peças.

Por outro lado, ao tirar brincos e anéis, há que evitar agarrá-los pelas pedras, que se podem soltar. Ao lavar as mãos, convém tirar os anéis, para que o sabão não fique nos cantos a prejudicar o brilho do metal e das pedras. A propósito, os anéis e colares de ouro lavam-se com água morna e detergente para roupa delicada e, depois de secos, esfregam-se com uma flanela. Para dar mais brilho, existem duas formas: deixar de molho em sumo de cebola durante duas horas ou três em leite morno.

As joias devem usar-se em momentos apropriados, que não contemplam, naturalmente, as tarefas domésticas, o banho, a frequentação de piscinas e o desporto, em que os químicos, o sabonete, o cloro e o próprio suor podem ter uma ação perniciosa sobre elas.


Maria Bijóias

Título: Como cuidar das suas jóias

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

658 

Imagem por: tiffa130

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Briana AlvesBriana

    21-09-2014 às 03:32:40

    Jóias realmente precisam de um cuidado muito especial e merecem todo nosso carinho e cuidado. Tenho poucas joias, mas as que possuo são bem cuidadas. Vou seguir as dicas acima, obrigada!

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    09-05-2014 às 16:35:27

    O melhor cuidado é guardá-las em um lugar limpo, seguro e organizado. Assim, podem durar mais e ficarem perfeitas para o uso, quando for necessário.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Como cuidar das suas jóias

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Receptores digitais

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: TV HIFI
Receptores digitais\"Rua
Os receptores digitais são instrumentos que têm a função de receber sinal por via de canais digitais.

De acordo com a sua função, estes canais poderão ser satélite ou por cabo. Actualmente, já existem bastantes serviços de televisão por cabo que funcionam apenas com estes receptores, uma vez que é através deles que se consegue ter acesso não só aos canais de serviço, mas também a pacotes codificados.

O serviço de recepção de canais por satélite é um sistema independente para o qual é necessário ter um disco receptor satélite de modo a poder ter canais digitais fora dos serviços prestados pelos operadores de televisão digital.

Este instrumento permite que os próprios ecrãs sem tecnologia digital passem a usufruir desta através destes receptores. No entanto, a melhor qualidade só é garantida com um ecrã já com esta tecnologia.

Os receptores digitais permitem também aceder a uma multiplicidade de serviços, desde que devidamente configurados. Por exemplo, com estes receptores, é possível aceder a menus específicos de pausa de emissão para depois ser continuada, de serviços on-demand ou acesso a portais específicos, entre outros.

Esta pequena caixinha permite ao seu utilizador usufruir da televisão a um novo nível, de modo a que possa ter todas as comodidades no conforto do lar. 

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Receptores digitais

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: tiffa130

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    04-06-2014 às 06:53:28

    Gostei dos receptores digitais. Bom texto abordando isso.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios