Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Jóias Relógios > Relógios de cuco

Relógios de cuco

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Jóias Relógios
Visitas: 28
Comentários: 2
Relógios de cuco

Os relógios de cuco são um tipo de relógio tradicionalmente regulado por um pêndulo que, além de dar horas, como um relógio normal solta um pequeno cuco, tornando-se o seu chamamento audível.

Este relógio é diferente dos outros e funciona graças a uma série de componentes externos que, juntos ejetam o cuco e reproduzem o seu som de forma sincronizada com os ponteiros do mostrador.

O relógio de cuco já está atualmente na sua forma moderna e diversificou-se em três tipos principais.

O primeiro tipo é pois, considerado o mais tradicional, tendo sido criado na zona da floresta Negra e é o mais valioso devido à qualidade do fabrico dos relógios de cuco da região.
Estes são totalmente mecãnicos, e é necessário dar-lhes corda frequentemente, e funciona graças a pesos pendurados sob o relógio.

Consideram-se dois tipos distintos de mecanismos, com efeito, de um dia e de oito dias.
O segundo tipo de relógio é o chamado chalé, inventado no final do século XIX, na Suiça.
estes relógios assemelham-se a chalés de madeira e usam sistemas mecânicos ou de quartzo, consoante a sua qualidade.

Além disso este relógio inclui um mecanismo que consta de um oscilador eletrónico que é regulado por um cristal de quartzo, com o oscilador a criar um sinal com uma frequência muito precisa. Funciona a pilhas e dispensa cordas e pesos.

Os relógios de chalé diferem das variantes Floresta Negra por terem, habitualmente, outras figuras além da tradicional ave, como lenhadores e criadas.

Contudo, a mais recente variante destes relógios de cuco é o de quartzo moderno.

O motivo é que tendem a ser mais contidos em design e têm mecanismos internos não tradicionais, como por exemplo os relógios de quartzo modernos que produzem o seu circular eletrónicamente, através de uma gravação digital, ao invés dos tradicionais sistemas de fole duplo.

O interior do relógio contêm pesos, correntes, um pêndulo, na parte da frente.
Da parte de trás, contêm uma ave, martelo, assobios e um mecanismo que consiste numa série de engrenagens que controlam o martelo, nomeadamente os assobios e ejeção da ave.
Na verdade a atribuição da criação dos tão célebres relógios de cuco foi atribuída ao matemático grego Ctesíbio.

Ainda hoje são um grande sucesso e alvo de coleçções por parte de muita gente.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Relógios de cuco

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 28

798 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    20-09-2014 às 13:45:48

    Tão bom ter esse relógio de cuco em casa! Achei muito interessante e genial. Adorei o texto!

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    09-05-2014 às 16:04:18

    Que lindo esse relógio de cuco! Ainda não havia escutado sobre ele, adorei o texto que me fez conhecê-lo.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Relógios de cuco

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios