Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Jóias Relógios > Não ande fora do tempo!

Não ande fora do tempo!

Categoria: Jóias Relógios
Visitas: 6
Comentários: 2
Não ande fora do tempo!

Com certeza, não repugnaria a ninguém assumir como cúmulo para um relógio ter as horas contadas. Apesar disso, é o que acontece de vez em quando, e constitui um dos motivos de visita a uma relojoaria ou, se o gosto for refinado e a bolsa o permitir, a uma joalharia. De facto, alguns relógios são, para além de fiéis servidores de chrono (deus do tempo), verdadeiras preciosidades e complexas obras de arte. Escusado será dizer que representam para o (a) portador (a) um perigo imenso, a não ser, claro, que se tenham os pulsos no seguro (e, já agora, mais algumas partes do corpo, não vá a coisa correr para o torto…).

Os relógios e as jóias, alvos da atenção e da cobiça alheias, integram um negócio arriscado que apresenta, em alguns casos, desfechos trágicos para os comerciantes. Infelizmente, há quem valorize mais as peças que vai roubar do que a vida da pessoa que tem à sua frente! Já para não falar dos prejuízos materiais, que podem arruinar a existência de quem sobrevive ou a dos familiares que ficam.

Não obstante, estes são, manifestamente, dos acessórios de moda que mais visibilidade conferem. Pelas marcas exibidas, a evidente qualidade ou a simples beleza, podem assinalar realmente a diferença. Há quem, por exemplo, tenha um relógio para cada farpela que enverga, com a côr e o feitio que caem mesmo bem na indumentária escolhida. Outros usam um ou mais relógios em cada braço, certamente com medo de andar fora do tempo…

Quanto às jóias, tantas vezes barbaramente ultrapassadas por rascas imitações, costumam descrever presentes caros que o amor exige. Não que o preço tenha uma relação de proporcionalidade directa com a intensidade do sentimento, obviamente, mas quando se tem afeição genuína por alguém deseja-se ofertar-lhe o melhor… Assim que, quando um coração apaixonado alcançar a coragem suficiente para lhe declarar: «És uma pérola preciosa», resista à tentação de pensar: «Pois, trata-se de “atirar pérolas a porcos”…».

A propósito de animais, o galo parece ser mais complicado de regular do que os próprios relógios, razão pela qual os camponeses patenteiam dificuldades com a mudança dos horários.

O universo dos relógios não se confina, todavia, àqueles mais convencionais; efectivamente, voltou o hábito dos relógios de bolso e, no contexto doméstico, não há que esquecer ou minimizar o famoso relógio de cuco, qual big ben caseiro que impede que nos venham a chamar de “atrasados”…!



Maria Bijóias

Título: Não ande fora do tempo!

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 6

788 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Kizua UriasKizua

    22-09-2014 às 05:35:45

    O tempo voa demais! Temos que aproveitar bastante cada minuto e cumprir nossos compromissos diários! Realmente, não podemos andar fora do tempo!

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    09-05-2014 às 17:16:54

    O tempo nos faz perceber que a vida é tão passageira e que devemos aproveitar ao máximo!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Não ande fora do tempo!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios