Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Instrumentos Musicais > Amplificadores de Guitarra

Amplificadores de Guitarra

Visitas: 2
Comentários: 2
Amplificadores de Guitarra

Para quem toca guitarra, um amplificador não é novidade. Para quem quer um som alto e limpo que traduz em excelente quantidade o que está a tocar, então tem de ter um amplificador.

Quem se limite a ouvir musica sem reparar sequer como são emitidos os sons, um amplificador de guitarra pode não dizer-lhe muito, mas para quem gosta realmente de música, mesmo que não toque nenhum instrumento, o amplificador é hiper importante.

Mas qual é a função essencial de um amplificador? O nome diz tudo, um amplificador, amplifica o som. Isto significa que um som que entra, sai num tom muito mais elevado.

Os componentes principais dos amplificadores eléctricos de guitarras são as válvulas e os transmissores. Neste caso, o amplificador eleva os níveis de tensão dos sinais de áudio emitidos pela guitarra.

Além dos amplificadores eléctricos, existem ainda os amplificadores de válvulas (mais antigos) e os transistorizados, cuja energia consumida é em muito inferior a qualquer outro tipo de amplificador de guitarra.

Os custos de um amplificador podem variar, dependendo da potência, marca e ano de fabrico.

Naturalmente que um amplificador novo tem um custo superior e pode rondar umas dezenas de euros (sem ser necessário ser muito grande). Em lojas de música e de instrumentos musicais, pode encontrar-se uma variedade fantástica de amplificadores.

Se o seu poder de compra não é dos melhores, pode sempre comprar um amplificador usado. Não só em lojas da especialidade os poderá encontrar, pois uma breve busca em sites de anúncios na internet, vai encontrar uma imensidão de ofertas.

No entanto, deve sempre pedir aconselhamento. Mesmo que seja um entendido, pedir a opinião, não custa. Se for um iniciante no assunto, uma companhia entendida é essencial, pois poderá fazer uma má compra e nunca conseguirá perceber de onde vem o problema, se da guitarra, se do amplificador.

Para os amantes do bom som de uma guitarra, nada seria igual sem um amplificador. O som estridente de uma guitarra, gosta-se alto e em muito bom som e só graças a um amplificador de som, isso pode acontecer.

Diz-se que Les Paul, na sua tão extraordinária busca e invenção dos sons perfeitos de uma guitarra, inventou o amplificador. Na expectativa de que conseguia aumentar de forma muito própria o som que tocava, crê-se que Les Paul tenha não só destabilizado as guitarras, mas também a forma como a ouvimos hoje em dia. Em som extraordinariamente alto.


Carla Horta

Título: Amplificadores de Guitarra

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 2

806 

Imagem por: guitar amps

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • adcardadcard

    22-01-2012 às 17:27:29

    olá , procuro um amplificador de guitarra para uso caseiro e relaticamente barato sem descurar a qualidade , podes-me dar algum conselho ?

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoRoberto

    28-04-2010 às 15:20:28

    legal !

    ¬ Responder

Comentários - Amplificadores de Guitarra

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: guitar amps

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios