Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Instrumentos Musicais > Harmônica - entre em sintonia

Harmônica - entre em sintonia

Visitas: 18
Comentários: 1
Harmônica - entre em sintonia

A música é uma arte que invade o aparelho auditivo com vibrações sonoras, sua melodia e ritimo são usados em tratamentos de musicoterapia. A música conta história como a história pessoal de cada um, ao ouvir uma música é fácil lembrar de um momento ou lugar em ouvimos e que tenha sido marcante em nossas vidas, o quer dizer que, música faz bem para a memória. Ela traz lembranças de alegrias, tristezas e prazeres, também faz muito bem ao corpo pela dança.

Uma música precisa ter harmonia, melodia e ritimo, falando em harmonia vamos nos voltar para harmônica e os instrumentos musicais.

Há milhares de anos, os chineses inventaram a gaita, que é conhecida como um dos instrumentos mais antigos, igualmente os gregos experimentavam um instrumentos musicais na idade antiga. Em seus experimentos, eles entenderam que um instrumento produz vibrações sonoras. Com o passar do tempo criou-se a série harmônica produzida pelos instrumentos. Para uma harmônica audível, pode ser com um instrumento e para compor harmônica em séries mais de um instrumento,sendo que para compor uma música tem que se conhecer o instrumento.

A gaita é um desses instrumentos, ela se tornou mais conhecida e popularizada pelo blues, os acordeões, a guitarra, a flauta doce, o violino, entre outros, são instrumentos que produzem harmônicas.

O gênero musical blues, foi citado para um maior esclarecimento, é comum quando alguém ouve falar em harmônica, pensar apenas em orquestra filarmônica, sinfônica, musica erudita., por isso a importância de deixarmos claro que a vibração musical tirada de cada instrumento é uma harmônica.

O som vibratório produzido pelos instrumentos musicais, invadem os nossos sentidos, essa vibração que também é sentida pelos deficientes auditivos, eles sentem com outros setidos sem ser com os ouvidos, muitos, mesmo sem ouvir, tocam instrumentos baseados na vibração produzida, o que deixa claro que para a música não existem fronteiras.

Para quem não pretende se tornar um músico profissional, há a opção de aprender a tocar um instrumento, mesmo sendo por hobby. Estar ligado a música é benéfico para a saúde, são momentos de envolvimento vibratório que requer atenção o que além de auxiliar a espairecer, favorece a atenção e apura a sensibilidade musical. Qualquer um pode aprender a tocar instrumento musical, para tal, escolha o instrumento com que se tenha maior afinidade, escolher um instrumento do qual a pessoa não simpatiza, dificultaria o aprendizado, levando o aprendiz a abandonar às aulas logo de início.
Nas reuniões de família, quem sabe tocar um instrumento musical, tem a capacidade de levar alegria e quebrar o gelo.


Sílvia Baptista

Título: Harmônica - entre em sintonia

Autor: Sílvia Baptista (todos os textos)

Visitas: 18

651 

Imagem por: carlosluz

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    07-05-2014 às 23:40:05

    Aprendi um pouco a tocar violão, mas gostaria muito de aperfeiçoar. Sei que é com a prática e isso ocorre com qualquer tipo de instrumento. Precisa ter muita dedicação, vontade e persistência. A sintonia de uma música sempre nos relembram um fato ou alguém.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Harmônica - entre em sintonia

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Imagem por: carlosluz

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios