Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Fotografia > Como posso fotografar o meu animal de estimação?

Como posso fotografar o meu animal de estimação?

Categoria: Fotografia
Visitas: 4
Comentários: 2
Como posso fotografar o meu animal de estimação?

Um albúm de família nunca esta completo se lá faltarem fotografias dos nossos animais de quatro patas que connosco habitam. Todavia, fotografar um animal de estimação nunca é uma tarefa fácil: exige tempo, muita sensibilidade e toneladas de paciência., requendo quase as mesmas habilidades e técnicas que são necessárias para fotografar bébés e crianças pequenas.

A parte mais difícil de fotografar cães ou gatos é fazer com que eles fiquem parados o tempo suficiente para que a máquina capte a imagem pretendida sem que eles se mexam e nos estraguem a fotografia. Assim, deverá estudar bem o seu animal e descubrir o período do dia em que ele está mais relaxado. Outra opção é tentar encontrar momentos em que ele esteja entretido a brincar, a comer ou mesmo a dormir.

Fotografe o seu bichinho num ambiente no qual ele passe muito tempo, como o sofá, o tapete, o pátio, ou seja, um espaço onde o mesmo se sinta confortável e plenamente à vontade. Opte também pelo factor surpresa ou esconda-se de modo a que ele não sinta a sua presença.

Outro truque para fotos bem sucedidas é deitar-se no chão ou ajoelha-se. Só assim conseguirá captar as suas expressões e transmitir o mundo pela visão de cada um deles.

A utilização do zoom é por vezes indispensável, já que muitos dos nossos animais náo deixam que nos aproximemos em demasia.

Capte a imagem com rapidez, já que o animal expressa-se de modo rápido e espontâneo. Utilize o modo de “desporto” da sua máquina, já que este modo é o ideal para captar um animal que não pára quieto. Este modo utiliza uma velocidade do obturador mais rápida para captar o seu bichinho. Além disto, o modo de “desporto” utiliza um sistema de focalização especial que ajusta constantemente o foco da câmara. Sem isto a câmara foca uma vez e mantém dessa maneira, o que faz com que a fotografia fique desfocada se o bichinho se mexer

A luz natural é a melhor para fotografar animais, já que umailuminação forçada os assusta.

Aproveite estas dicas, pegue na máquina e passe bons momentos a fotografar o seu amigo. São recordações para a vida.



Catarina Bandeira

Título: Como posso fotografar o meu animal de estimação?

Autor: Catarina Bandeira (todos os textos)

Visitas: 4

806 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    04-05-2014 às 18:57:49

    Já tentei várias vezes fotografar meu cão e nunca sai como gostaria, pois eles se mexem muito. Já consegui tirar quando me escondo e ele está mexendo em algo, mas tem que ser bem rápida. Adoro meu cão e fotografá-lo é bom porque ficarão guardados por muito tempo!

    ¬ Responder
  • LarissaLarissa

    30-08-2009 às 19:03:38

    Meus animais não param nem um segundo .
    EU OS AMO
    ELES JA FAZEM PARTE DA MINHA VIDA...

    ¬ Responder

Comentários - Como posso fotografar o meu animal de estimação?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios