Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Fotografia > Dicas para tirar fotografias

Dicas para tirar fotografias

Categoria: Fotografia
Visitas: 18
Comentários: 1
Dicas para tirar fotografias

A arte fotográfica independentemente de tudo depende bastante do utilizador da máquina fotográfica, contudo como é natural a máquina é peça chave para a realização de um bom trabalho. É natural que uma máquina associada a um telemóvel ou uma máquina descartável por melhor que seja o fotografo, as capacidades da maquina são restritivas ao talento do utilizador.

Para dar algumas dicas que se podem tornar úteis para qualquer pessoa que não possua grandes conhecimentos na área da fotografia, a escolha da máquina é o primeiro passo, é obvio que uma máquina digital de 8 ou 9 megapixéis, aliada a um bom zoom óptico, permite obter uma qualidade de imagem quase idêntica à realidade, contudo esta é uma solução muito dispendiosa, vamos partir de uma solução mais em conta, as máquinas descartáveis e as antigas de rolo já não fazem qualquer sentido pois já existem máquinas digitais medianas a bons preços que têm a grande vantagem de se poder escolher as fotos que estão bem ou não e de utilizar o múltiplo disparo para conseguir capturar momentos únicos ou sequências de acontecimentos que de outra forma seria praticamente impossível.

Agora deixo aqui algumas dicas úteis de utilização prática do mecanismo que se tenha em posse:

Um tripé por mais pequeno que seja é sempre um instrumento que pode ser muito útil na arte fotográfica pois pode ser preciso fixar a máquina para focar melhor o objecto da foto, e a mão humana nem sempre consegue faze-lo da melhor forma e isto por vezes torna-se drástico no resultado final;

A focagem da máquina é muito importante, as máquinas quase todas têm foco automático, contudo o objecto a focar pode não se encontrar no centro da tela para o qual aponta o dito anteriormente, desta forma deve-se alterar a zona a focar, normalmente marcada no ecrã com um rectângulo, ainda relativamente ao foco, deve-se pulsar o botão de disparo primeiro até a uma posição intermédia aguentar por instantes para que a maquina foque e ganhe definição, só depois se deve carregar até ao fim para efectuar o disparo;

A luminosidade é muito importante para evitar fotos escuras, deve-se evitar fotos contra a luz pois esta actua de forma a escurece-las e caso seja em sentido da mesma esta aclara as mesmas;

Em fotos de paisagens deve aproveitar-se o horizonte de longa distância que deve ocupar entre meio a três quartos do ecrã para conferir alguma profundidade ao resultado obtido.



Vitor Costa

Título: Dicas para tirar fotografias

Autor: Vitor Costa (todos os textos)

Visitas: 18

728 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    05-05-2014 às 05:23:22

    As fotos para que saiam bonitas e com qualidade não são de qualquer jeito, por isso, conhecer ao máximo dessas dicas é um passo muito importante e obrigada por compartilhar aqui!

    ¬ Responder

Comentários - Dicas para tirar fotografias

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios