Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Fotografia > Fotografe à noite

Fotografe à noite

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Fotografia
Visitas: 2
Comentários: 1
Fotografe à noite

As fotografias tiradas à noite têm um encanto próprio, mas, para saírem bem, há que ter em atenção determinados pormenores e não prescindir de alguns procedimentos básicos. Na verdade, o nosso olho ajusta-se melhor às variações de luz do que a máquina fotográfica, daí que nem sempre é percetível a insuficiência de iluminação dos ambientes. No entanto, e como «o material tem sempre razão», a máquina não se deixa iludir e devolve fotos tremidas, escuras e de fraca categoria.

As melhores fotografias noturnas são as capturadas ao pôr do sol e ao amanhecer. Normalmente, e embora o sol desponte e desça no horizonte todos os dias, conseguem-se cenários únicos, fantásticos, capazes de transportar o observador para dimensões de infinito.

Para tirar boas fotografias à noite é preciso, antes de mais, uma máquina fotográfica de qualidade; caso contrário, e por muito que se esprema a pobre, ela não terá capacidade de corresponder às expectativas, e a deceção revela-se uma inevitabilidade. Depois, há que apoiar a máquina, a fim de que não figure no registo fotográfico a tremura do fotógrafo, ocasionada, inclusivamente, pelos movimentos respiratórios. Esta dica é válida para a noite e para locais fechados, onde a luminosidade é escassa. Fazer-se acompanhar de um tripé ou de um mini tripé é útil para se ter uma base para a máquina. Mesmo sem este utensílio, pode servir uma mesa, um balcão ou outra superfície, desde que se evitem os balanços, por pequenos que sejam, da câmara.

Ainda que as pessoas da foto se mexam, o apoio da máquina fará com que o ambiente permaneça imóvel. Nalguns contextos, até é possível que fique interessante notar-se a animação dos sujeitos captados (conferindo, por exemplo, um carácter de maior realismo), mas ver uma parede que aparenta estar em mudanças ou na iminência de ruir já não é tão agradável…

Por outro lado, é de evitar o zoom. Efetivamente, em atmosferas ensolaradas, não existe qualquer problema, mas em ambiências escuras o zoom incrementa as probabilidades de obter fotografias tremidas. Este risco diminui quando se usa o tal apoio.

O fundo das fotografias, sobretudo se forem tiradas em casa, assume especial relevância. Ao fotografar objetos claros, convém que o fundo seja escuro e vice-versa.

De salientar que os retratos noturnos com um primeiro plano, nomeadamente com o contraste anteriormente descrito (árvores, estátuas, …), revestem-se de grande atratividade. Atenção à seleção do ângulo da cena, que deve ser criteriosa, e ao tempo de exposição (bem estudado). Quanto maior for este tempo, mais luz entrará e, por conseguinte, mais clara ficará a imagem. Se se verificar que está demasiado clara, basta reduzir a duração da exposição.

Para captar pessoas a grande proximidade, rostos, etc., opta-se pelo modo automático, com flash e, preferentemente, com o redutor de olhos vermelhos.

As máquinas fotográficas digitais têm a grande vantagem de permitir a realização de inúmeros testes até se atingir o ideal da foto sem gastos adicionais. Portanto, não há razão para não experimentar esta arte fascinante!


Maria Bijóias

Título: Fotografe à noite

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 2

669 

Imagem por: jesus_leon

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    05-05-2014 às 04:09:30

    É linda as fotos ao amanhecer e entardecer. Realmente, elas ficam genuinamente perfeitas. Mas, para que fiquem boas à noite é importante considerar algumas técnicas mesmo. Adorei as dicas!

    ¬ Responder

Comentários - Fotografe à noite

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

10 motivos para você fazer um cruzeiro

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Viagens
10 motivos para você fazer um cruzeiro\"Rua
Vai chegando o final do ano e começa a bater aquela vontade de viajar, de ir descansar longe da correria do dia-a-dia, sem se estressar, a dica é que não há nada mais prático e relaxante do que fazer um cruzeiro, sabe por quê?

1. Você pode contratar o serviço parcelado, em muitas agências de viagem; assim começa a pagar agora e provavelmente já estará mais da metade pago na ocasião da viagem;

2. Relaxar em lugar calmo, com todas as comodidades à bordo, garçons, camareiro, equipe de animação, entre outros;

3. Geralmente o pacote já vem com comida e bebida liberados, o que quer dizer que você se delicia e não se preocupa com quanto vai gastar e onde vai comer.

4. Como o navio atraca em vários portos, dá um tempinho para conhecer vários lugares bacanas e tirar muitas fotos nos pontos turísticos. Dependendo da parada, você até consegue alugar um kit de mergulho e dar uma olhada no fundo do mar.

5. A diversidade cultural costuma ser muita e você acaba conhecendo pessoas e costumes de outros países;

6. Para não ir achando que as horas à bordo do navio são entediantes, vale ressaltar que há inúmeras atividades fornecidas pela tripulação responsável, o que inclui brincadeiras, atividades físicas em grupo, dança, sorteios e muita música.

7. Para aqueles que apreciam jogos de azar, o navio tem um cassino que é um encanto mesmo para quem não joga.
8. Outra atração impressionante é a danceteria, aberta todas as noites, com músicas de variados estilos, e bebidas liberadas com o bar no mesmo ambiente;

9. Já se preferir lagartear ao sol dentro do navio costuma ter espaço para o banho de sol e com piscinas grandes e também jacúzis para você se sentir em um verdadeiro spa.

10. Não menos importante, os navios contam com um teatro que costuma impressionar os passageiros, com um elenco digno de grandes palcos, e histórias incríveis.


Então, se você ainda não teve essa incrível experiência, vale a pena se programar aí com a família, e aventurar no mar, colecionar um misto de emoções, lembrancinhas e milhares de fotos. Com certeza será uma experiência inesquecível e você vai acabar querendo fazer mais vezes!

Pesquisar mais textos:

Clarissa Reinoco Machado

Título:10 motivos para você fazer um cruzeiro

Autor:Clarissa Reinoco Machado(todos os textos)

Imagem por: jesus_leon

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios