Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > Propostas para Homem - Verão 2011

Propostas para Homem - Verão 2011

Categoria: Vestuário
Propostas para Homem - Verão 2011

Podemos observar que, com o passar dos anos a moda masculina tem vindo a desenvolver-se e expandir horizontes. Esta estação, as propostas apresentadas para os homens realmente possibilitam um leque de escolhas bastante fresh e interessante.
Desde o calção clássico, aos fatos de verão com mocassins, a ganga stressada e o preto, que este verão foi a escolha da maioria das casas de moda internacionais, calções pretos, t-shirts, sandálias brasileiras, cintos e sweats pretas. Vemos também que as golas das t-shirts foram exageradamente descida e que os tecidos tornaram-se ainda mais leves.

O preto de Verão



Cada vez mais consistente em termos de aparição e de escolha dos consumidores, o preto teve nas apresentações para este Verão de 2011 um ponto de destaque. As principais e mais relevantes casa de moda internacionais escolheram o preto como a cor principal para os seus desfiles este ano, como Simon Spurr, John Varvatos, Louis Vuitton, Burberry, Y-3, Balenciaga, Yves Saint Laurent, Jeremy Scott e a lista continua. Portanto se adora vestir o preto mas não o faz no Verão por receio que as pessoas à sua volta o vão achar maluco, este ano é mais que permitido, esteja descansado.

Azul combina com cor-de-laranja



Um dos pontos em comum este ano, foi a combinação do azul claro com o laranja. Seja para um estilo formal ou informal, estas duas cores combinam muito bem. Apesar de serem também apresentadas algumas outras sugestões como a combinação do azul com o branco ou vermelho, o laranja acabou por ser dominante.

De volta às raízes



Tente dar pequenos toques indígenas ao seu verão. Uma t-shirt mais hippy ou um cardigan com cores ou padrões que lembrem tribos indígenas. Faço uso da pele castanha nos mocassins, cintos ou num outro acessório.



Os Essenciais



Tal como nos anos anteriores este ano temos uma lista dos elementos essenciais ao guarda-roupa masculino para o Verão.
Temos as camisas de cambraia, numa nota pessoal, tente ter sempre duas. Uma para situações formais e outra para as informais. Sendo que uma deverá ser mais larga que a outra e se possível sem bolsos, para lhe conferir um corte mais clean.

A ganga stressada é também um dos elementos essenciais. Quem não gosta de ver uns jeans já com marcas de uso e até talvez com um pequeno rasgão.
Os mocassins com certeza que são o básico dos básicos no que toca ao calçado para este Verão, mas as sandálias à brasileira estão também num lugar de destaque, tente usa-las em matérias ou cores mais clássicas.

A mochila por incrível que pareça é pode-se tornar um dos seus melhores amigos. Falamos de mochilas em pele vintage, como é óbvio. Durante todo o ano andamos com as tiracolo de um lado para o outro, porque não recorrer à mochila no Verão, para o dia-a-dia?
Sweaters no Verão!? Sim exactamente. Para as noites mais quentes, porque não usar uma sweater de malha fina e larga com uns calções mais clássicos e uns mocassins? Estas tendem a resultar muito bem em preto e azul.

O cinto convém ser uma trança de pele, visto que este ajudará a trazer um toque de natureza ao seu look. Combine com uma pulseira de pele simples no mesmo tom e está mais que pronto para deslumbrar.



Bruno Jorge

Título: Propostas para Homem - Verão 2011

Autor: Bruno Jorge (todos os textos)

Visitas: 0

608 

Comentários - Propostas para Homem - Verão 2011

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Pulp Fiction: 20 anos depois

Ler próximo texto...

Tema: Arte
Pulp Fiction: 20 anos depois\"Rua
Faz hoje 20 anos que estreou um dos mais importantes ícones cinematográficos americanos.

Pulp Fiction é um marco do cinema, que atirou para a ribalta Quentin Tarantino e as suas ideias controversas (ainda poucos tinham visto o brilhante “Cães Danados”).

Repleto de referências ao cinema dos anos 70 e com uma escolha de casting excepcional, Pulp Fiction conquistou o público com um discurso incisivo (os monólogos bíblicos de Samuel L. Jackson são um exemplo disso), uma violência propositadamente mordaz e uma não linearidade na sucessão dos acontecimentos, tudo isto, associado a um ritmo alucinante.

As três narrativas principais entrelaçadas de dois assassinos, um pugilista e um casal, valeram-lhe a nomeação para sete Óscares da Academia, acabando por vencer na categoria de Melhor Argumento Original, ganhando também o Globo de Ouro para Melhor Argumento e a Palma D'Ouro do Festival de Cannes para Melhor Filme.

O elenco era composto por nomes como John Travolta, Samuel L. Jackson, Bruce Willis, Uma Thurman e (porque há um português em cada canto do mundo) Maria de Medeiros.

Para muitos a sua banda sonora continua a constar na lista das melhores de sempre, e na memória cinéfila, ficam eternamente, os passos de dança de Uma Thurman e Travolta.

As personagens pareciam ser feitas à medida de cada actor.
Para John Travolta, até então conhecido pelos musicais “Grease” e “Febre de Sábado à Noite”, dar vida a Vincent Vega foi como um renascer na sua carreira.

Uma Thurman começou por recusar o papel de Mia Wallace, mas Tarantino soube ser persuasivo e leu-lhe o guião ao telefone até ela o aceitar.

Começava ali uma parceria profissional (como é habitual de Tarantino) que voltaria ao topo do sucesso com “Kill Bill”, quase 10 anos depois.

Com um humor negro afiadíssimo, Tarantino provou em 1994 que veio para revolucionar o cinema independente americano e nasceu aí uma inspirada carreira de sucesso, que ainda hoje é politicamente incorrecta, contradizendo-se da restante indústria.

Pulp Fiction é uma obra genial. Uma obra crua e simultaneamente refrescante, que sobreviveu ao tempo e se tornou um clássico.
Pulp Fiction foi uma lição de cinema!

Curiosidade Cinéfila:
pulp fiction ou revista pulp são nomes dados a revistas feitas com papel de baixa qualidade a partir do início de 1900. Essas revistas geralmente eram dedicadas às histórias de fantasia e ficção científica e o termo “pulp fiction” foi usado para descrever histórias de qualidade menor ou absurdas.

Pesquisar mais textos:

Carla Correia

Título:Pulp Fiction: 20 anos depois

Autor:Carla Correia(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios