Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > Técnicas para a era da informação

Técnicas para a era da informação

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Informática
Visitas: 2
Técnicas para a era da informação

Acualmente a informação é sem dúvida preciosa para entrar no mundo dos negócios, em especial da internet.

Quem quer evoluir num mundo de alta competição por excelência, tem que dominar essencialmente as características básicas do processamento de texto, criar documentos no Microsoft World, aprender a configurar modelos, seleccionar tipos de letra, defenir margens e avanços, usar o verificador ortográfico e muito mais. Ou seja, é imprescindível dominar bem as técnicas, para ser bem sucedido em tudo. No entanto não necessita propriamente de tirar um curso de informática, pois hoje já é possível aprender teoria ou prática através de outros meios ao nosso alcance.

Pode dominar-se de forma eficiente e confiante os conhecimentos informáticos fazendo pesquisa na internet ou comprando guias visuais simples que ensinam passo a passo a aprender as técnicas necessárias ao uso das novas tecnologias de informação, desde o processamento de texto, à criação de comércio electrónico é à pesquisa na intenet.
É possível deste modo, criar páginas web pessoais ou comerciais ou ainda fazer um website com várias páginas, cabeçalhoe rodapés, inserir imagens, ligações, hiperligações, criar estilos de texto e até formulários.

O mais importante, antes de tudo é aceder à Web. Para isso é necessário um computador pessoal, ligado a um modem, dispositivo que converte os sinais digitais em analógicos, transmitidos através de contas telefónicas. Através deste modem e do ISP, pode explorar-se tudo o que estiver disponível na Web, utilizando um programa designado de browser Web.
Há muita gente que confunde Web com internet, ou seja a internet é uma rede global de computadores interligados que comunicam entre si através de redes de telecomunicações. A web utiliza a rede internet para aceder e ligar websites. Esta é que fornece a infraestrutura, que possibilita o funcionamento da World Wide Web e, ainda o recurso ao correio electrónico (e-mails, os newsgroups, e os fóruns de discussão.

Actualmente o número total de páginas existentes no world wide web ascende já a milhares de milhões. Estas somam-se a uma biblioteca global de informação, à qual se pode aceder do computador.

A world Wide web é pois uma vastíssima fonte de informações espalhadas por todo o mundo e que utiliza centenas de milhares de computadores, designados de servidores web.
Actualmente as novas tecnologias de informação estendem-se já a todos os sectores de trabalho e facilitam os mesmos. Contudo, contribuem para o aumento do desemprego em todo o mundo. Pode dizer-se que o computador é uma máquina que substituiu a mão do homem e que gerou uma revolução na sociedade.

Para minimizar os problemas relacionados com o emprego é importante saber usar as novas tecnologias de informação e suas técnicas básicas. Estas contribuem muito para desenvolver negócios, contactos e acesso a novos produtos mesmo em mercados longínquos.
A internet deu um enorme contributo para aproximar os países e desenvolver os mesmos.


Pedro gil Ferreira

Título: Técnicas para a era da informação

Autor: Pedro gil Ferreira (todos os textos)

Visitas: 2

617 

Comentários - Técnicas para a era da informação

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios