Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > As profissões da nova Era Digital

As profissões da nova Era Digital

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Informática
Visitas: 100
Comentários: 9
As profissões da nova Era Digital

Não são novidade para ninguém o enorme desenvolvimento e a imparável expansão da Informática. E se, nos princípios, quatro profissões básicas (analista, programador, operador e digitador), davam resposta às necessidades, hoje em dia as profissões ligadas a este âmbito grassam como cogumelos, acompanhando o exponencial aumento de programas e equipamentos.

Nesta perspetiva, temos: o digitador (indivíduo treinado na digitação de dados, “especializado” em rapidez); o operador de microcomputador, de computador ou de terminal (que opera determinados equipamentos); o programador (capacitado para deslindar linguagens de informação); o analista de sistemas (habilitado nos domínios de análise e de programação de computadores); o técnico (desejavelmente, com formação em eletrónica, para montar e reparar computadores a nível do hardware); o engenheiro de software (que conhece amplamente os códigos da máquina e cria softwares aplicativos genéricos e de controlo); o especialista em sistemas de informação (capaz de adquirir, organizar, conceber e gerir serviços, sistemas e recursos tecnológicos de informação, para posterior utilização em processos organizacionais); o web designer (responsável pelas home pages para a Internet); o web master (que trata da manutenção de sites na Internet); o produtor executivo para a Web (conhecido como “arquiteto de soluções”); o arquiteto de interface para Internet móvel (que tem um profundo conhecimento do hardware desses equipamentos, bem como das respetivas linguagens de programação e das constantes inovações); o consultor (que funciona como assessor na área da Informática); e muitos outros.

Paralelamente, e de forma mais indireta, há também quem se ocupe a desenvolver sites e a torná-los competitivos no mercado (socorrendo-se do conhecimento técnico, da criatividade, do conhecimento profundo do negócio ou da vontade do cliente), executivos de e-business (que, sendo entendidos em marketing e planeamento estratégico, usam a Internet como elemento diferenciador de negócio), especialistas na segurança dos sites (que têm de estar inteirados de diversas tecnologias, protocolos e programas), administradores de bancos de dados para a Web (comércio eletrónico, portais e sites de busca), pessoas que prestam serviços em redes corporativas, programadores de TV interativa, executivos de comércio eletrónico (com bom perfil comercial, domínio das tecnologias de Internet, logística, métodos de relacionamento com clientes, entre muitos outros), experts que conseguem recuperar tudo o que o ataque de um vírus fez desaparecer e até “caça-piratas” (cuja função consiste em encontrar embustes fraudulentos e sites pirata)! Ou o mundo é cíclico, ou os piratas são personagens transversais…

Na era digital, a fotografia corre o risco de perder a força documental, a verdade. Assim sendo, a credibilidade do fotógrafo digital não pode ser virtual e constituirá, a verifica-se, o suporte físico que comprovará o seu olhar.

Maria Bijóias

Título: As profissões da nova Era Digital

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 100

788 

Imagem por: woodleywonderworks

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 9 )    recentes

  • SophiaSophia

    06-05-2014 às 21:13:55

    A era digital possibilitou diversas profissões que antes não havia. Como por exemplo, escrever em sites e blogs, algo que muita gente gosta de fazer!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Anne TeixeiraAnne Teixeira

    05-10-2012 às 01:55:35

    Que a engenharia existe desde que o mundo foi criado todo mundo sabe. As pessoas pensavam para resolver seus problemas e os da comunidade. Mas nunca vimos tantos cursos, entre eles engenharias, voltadas para o aperfeiçoamento da tecnologia.Foi-se o tempo que os filhos seriam médicos, advogados ou professores... hoje em dia queremos pessoas que façam qualquer região se tornar uma tela de computador, e se for com o controle da mente, melhor.

    ¬ Responder
  • Teresa Maria Batista GilTeresa Maria Batista Gil

    29-09-2012 às 11:22:56

    è um fato que as profissões ligadas à informática estão a crecer cada vez mais e fazem parte do presente e talvez do futuro, como as de maior empregabilidade.O mais óbvio é que nem há necessidade de sair de casa para as desempenhar, nem cumprir horários com rigor.O trabalhador está livre para gerir o seu tempo e dinheiro.

    ¬ Responder
  • Nilson EmpreendedorNilson Uemoto

    28-09-2012 às 06:10:35

    Com a explosão e popularização da internet,muitas novas frentes de trabalho se abriram nesse ramo.Hoje em dia qualquer pessoa pode montar um blog e ter sua presença na internet, mas não basta apenas montar um blog ou site e não fazer mais nada, se quiser ganhar dinheiro com ele, tem que postar conteúdo de qualidade e ser bom em marketing digital, hoje uma das profissões mais bem pagas é o do profissional em marketing digital

    ¬ Responder
  • Daiany Nascimento

    27-09-2012 às 12:38:16

    Olá, gostei bastante deste tema que foi abordado. Perante todas essas novas profissões emergentes da nova era digital é possível perceber o avanço rápido da tecnologia. E é justamente o mercado de trabalho da área da tecnologia é quem vem abrindo mais portas. E isto poderá trazer benefícios para muitas pessoas. Agora, existe até mesmo alguns trabalhos em que as pessoas podem operar em sua própria casa, graças aos benefícios da era digital. Parabens autor.

    ¬ Responder
  • André BelacorçaAndré Belacorça

    25-09-2012 às 18:33:21

    Gostei muito do texto.. São puras verdades, hoje em dia, o que se fazia à anos atrás em um papel ou simples bloco, hoje faz-se pela Internet, claro, facilita e bastante, e a nova era digital também vai gerando profissões novas no decorrer do tempo.

    ¬ Responder
  • Teresa Maria Batista GilTeresa Maria Batista Gil

    25-09-2012 às 11:39:13

    Em todas as épocas ou erà há profissões que se destacam e prevalecem em relação às outras.Enquanto que numas era nobre ser professor ou médico, engenheiro ou pintor, agora há profissões que estão fora de moda e já não dão.Isto tem a ver com as mudanças sociais e com a nova era digital. assim, são as profissões ligadas às novas tecnologias que comandam todos os serviços e empresas.

    ¬ Responder
  • Adriana SantosAdriana dos Santos da Silva

    24-09-2012 às 17:48:44

    Diante dessas novas profissões, podemos ver que o mercado tecnológico tem sido crescente e muito rápida. O mercado de trabalho tem aberto mais opções de ramos que qualquer outro e isso é muito bom. A era digital tem bombado com grandes chances de se profissionalizar, não vai faltar trabalho nessa área, de forma alguma. Tudo agora é virtual, digital, tendem ainda a crescer cada vez mais. A procura por esses profissionais é maior e intensa.

    ¬ Responder
  • Sofia NunesSofia Nunes

    24-09-2012 às 17:40:50

    Com o advento da informática é natural que cresçam, como resposta à grande adesão das pessoas (tanto individuais como empresas) ao universo cibernético, as profissões ligadas a esse mesmo universo em expansão. Para quem tem talento existem de facto muitas oportunidades, bem como cursos superiores que treinam informáticos e programadores, entre outros. No entanto, uma carreira na informática não é algo que deseje pessoalmente, bem como outras profissões de escritório.

    ¬ Responder

Comentários - As profissões da nova Era Digital

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Dicas para decorar salas pequenas.

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Decoração
Dicas para decorar salas pequenas.\"Rua
A realidade das grandes cidades é que a maioria das pessoas mora em espaços pequenos. É fato também que todos desejam ter um ambiente acolhedor e aconchegante para receber amigos. Em contrapartida, na medida em que os espaços encolhem, a quantidade de aparelhos eletrônicos que utilizamos aumenta cada vez mais. Há ainda quem use a sala como home-office.

Nesta busca de inspiração para organizar e incrementar sua sala, encontramos uma série de sites especializados e blogs com muitas, muitas ideias. O conceito de D.I.Y. (do it yourself) que significa "faça você mesmo” nunca esteve tão na moda. É uma alternativa para reduzir gastos com mão de obra e nada melhor do que criar um espaço com um toque todo seu. Inspirações e ideias não faltam. Hoje, de certa forma todos nos sentimos meio decoradores.

Mas planejar a decoração de uma sala pequena exige alguns cuidados para que o ambiente não fique entulhado de móveis, disfuncional ou até mesmo desagradável.

Confira algumas dicas para decorar sua sala com estilo e valorizando seu espaço:
Os espelhos, além da autocontemplação, causam efeitos interessantes. Aplicados, por exemplo, em uma parede inteira pode duplicar a amplitude do ambiente. Pode ser usado também em móveis, tetos, em diversos formatos e valorizar a luminosidade da decoração.

As cores tem poder de causar sensações. Em ambientes com pouco espaço, elas podem colaborar para que a sensação de amplitude possa tanto aumentar quanto diminuir. Para pintar as paredes de sua sala aposte em cores claras. O teto com uma cor mais clara que a das paredes, por exemplo, pode simular uma elevação do teto, já em uma cor mais escura, promoverá uma sensação de rebaixamento do teto.

A escolha e posição dos móveis são um aspecto muito importante. Opte por poucos móveis, nunca de tamanhos exagerados e posicione-os de forma que valorize o espaço. Móveis que misturam poucos materiais, baixos e com linhas retas proporcionam leveza ao ambiente.

Uma solução muito interessante para espaços pequenos é a utilização de prateleiras. Caixas para produtos horto frutícolas reformadas podem se tornar lindas prateleiras. Mas cuidado com a profundidade, para não atrapalhar na disposição de outros móveis e objetos.

Móveis multifuncionais ou móveis inteligentes são excelentes alternativas para uma sala pequena. Um bom exemplo são pufes, que podem ser usados como mesas de centro ou ficarem alojados debaixo de aparadores e quando recebemos visitas podem se transformar em assentos extras. Mesas dobráveis também são uma ótima opção.

Escolher o mesmo piso ou revestimento pode dar a impressão de área maior, de continuidade. Mudanças drásticas de um ambiente para outro pode causar a sensação de divisão e consequentemente fazer parecer menor.

Algumas outras dicas: um sofá retrátil ou reclinável garante muito mais conforto e ocupa o espaço de um sofá simples. Suporte ou painéis móveis para TV possibilitam que ela seja movida na direção desejável. Caso o ambiente tenha escadas, escolher um modelo de escadas vazadas evita divisões e pode se tornar uma peça de destaque na sala. E para as cortinas, escolha tecidos leves, lisas e sem estampas.

De qualquer forma, ouse, não tenha medo de arriscar, crie, não copie, só assim será seu!

Luciana Santos.

Outros textos do autor:
Dicas para decorar salas pequenas.

Pesquisar mais textos:

Luciana Maria dos Santos

Título:Dicas para decorar salas pequenas.

Autor:Luciana Maria Santos(todos os textos)

Imagem por: woodleywonderworks

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Carlos Rubens Neto 16-06-2016 às 16:20:24

    Excelente matéria! Parabéns Luciana ;)

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios