Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > Sabe quanto gasta o seu PC

Sabe quanto gasta o seu PC

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Informática
Visitas: 10
Sabe quanto gasta o seu PC

Até há bem pouco tempo atrás, ninguém colocava a hipótese de que o simpático aliado de trabalho e lazer, o computador pessoal, pudesse contribuir para um súbito disparo na conta da eletricidade. De facto, (maus) hábitos como deixar o aparelho a funcionar continuadamente, 24 sobre 24 horas, a fazer downloads, a navegar durante horas infinitas, a jogar, ou, simplesmente, ligado e à espera de nova utilização, conduziu a situações de consumo excessivo que se veio a refletir mais tarde (mais precisamente no final do mês) na fatura da energia.

Com o advento da banda larga, os utilizadores passaram a usufruir de um serviço que convida ainda mais a passar, literalmente, largas temporadas em frente ao ecrã. Os utilizadores mais jovens, nomeadamente os adolescentes, acabam por ser os maiores «prevaricadores» e, por vezes, ocasionam grandes dores de cabeça aos seus papás, que não entendem a razão daquele tremendo aumento de energia (que parece ter surgido após a compra do PC e a instalação da banda larga).

De facto, este resultado, que tantas vezes é associado ao consumo do computador, tem bases sólidas. Um PC normalíssimo, constituído por torre e monitor (excluindo outros periféricos, como webcam, microfone, impressora/copiadora ou scanner) pode atingir consumos entre os 300 e os 700 watts (variando de acordo com a fonte de alimentação). Pode, de imediato, considerar que o consumo até se revela bastante equilibrado, tendo em conta que batedeiras, varinhas mágicas, ferros de engomar e aspiradores podem consumir até 2000 watts. Mas considere, igualmente, que você não vai utilizar o aspirador o dia inteiro, bem como não irá, decerto, bater ovos de manhã à noite. O PC é um eletrodoméstico diferente, sob vários aspetos, e as suas nuances de consumo é um deles. Mas que fazer, face a um problema que parece ser de difícil resolução?

Em primeiro lugar, evite longos períodos de atividade do seu computador. Desligue-o (completamente) e esqueça a ideia de deixá-lo em stand by, submetido a uma opção de poupança de energia – esta acabará por gastar algo também. Instale um software de medição de energia no seu sistema operativo o Power Meter da Google tem-se revelado bastante funcional e, se puder, substitua o seu monitor de raios catódicos por um LCD (gasta entre 50 a 70% menos do que um monitor convencional) ou, mesmo o seu computador, trocando-o por um portátil de baixo consumo – os mais recentes conseguem «performances» de apenas 30 watts.

Usufrua de uma companhia imprescindível e aprenda a poupar!


Isabel Rodrigues

Título: Sabe quanto gasta o seu PC

Autor: Isabel Rodrigues (todos os textos)

Visitas: 10

761 

Imagem por: cheetah100

Comentários - Sabe quanto gasta o seu PC

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Imagem por: cheetah100

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios