Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > Sabe quanto gasta o seu PC

Sabe quanto gasta o seu PC

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Informática
Visitas: 10
Sabe quanto gasta o seu PC

Até há bem pouco tempo atrás, ninguém colocava a hipótese de que o simpático aliado de trabalho e lazer, o computador pessoal, pudesse contribuir para um súbito disparo na conta da eletricidade. De facto, (maus) hábitos como deixar o aparelho a funcionar continuadamente, 24 sobre 24 horas, a fazer downloads, a navegar durante horas infinitas, a jogar, ou, simplesmente, ligado e à espera de nova utilização, conduziu a situações de consumo excessivo que se veio a refletir mais tarde (mais precisamente no final do mês) na fatura da energia.

Com o advento da banda larga, os utilizadores passaram a usufruir de um serviço que convida ainda mais a passar, literalmente, largas temporadas em frente ao ecrã. Os utilizadores mais jovens, nomeadamente os adolescentes, acabam por ser os maiores «prevaricadores» e, por vezes, ocasionam grandes dores de cabeça aos seus papás, que não entendem a razão daquele tremendo aumento de energia (que parece ter surgido após a compra do PC e a instalação da banda larga).

De facto, este resultado, que tantas vezes é associado ao consumo do computador, tem bases sólidas. Um PC normalíssimo, constituído por torre e monitor (excluindo outros periféricos, como webcam, microfone, impressora/copiadora ou scanner) pode atingir consumos entre os 300 e os 700 watts (variando de acordo com a fonte de alimentação). Pode, de imediato, considerar que o consumo até se revela bastante equilibrado, tendo em conta que batedeiras, varinhas mágicas, ferros de engomar e aspiradores podem consumir até 2000 watts. Mas considere, igualmente, que você não vai utilizar o aspirador o dia inteiro, bem como não irá, decerto, bater ovos de manhã à noite. O PC é um eletrodoméstico diferente, sob vários aspetos, e as suas nuances de consumo é um deles. Mas que fazer, face a um problema que parece ser de difícil resolução?

Em primeiro lugar, evite longos períodos de atividade do seu computador. Desligue-o (completamente) e esqueça a ideia de deixá-lo em stand by, submetido a uma opção de poupança de energia – esta acabará por gastar algo também. Instale um software de medição de energia no seu sistema operativo o Power Meter da Google tem-se revelado bastante funcional e, se puder, substitua o seu monitor de raios catódicos por um LCD (gasta entre 50 a 70% menos do que um monitor convencional) ou, mesmo o seu computador, trocando-o por um portátil de baixo consumo – os mais recentes conseguem «performances» de apenas 30 watts.

Usufrua de uma companhia imprescindível e aprenda a poupar!


Isabel Rodrigues

Título: Sabe quanto gasta o seu PC

Autor: Isabel Rodrigues (todos os textos)

Visitas: 10

761 

Imagem por: cheetah100

Comentários - Sabe quanto gasta o seu PC

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Receptores digitais

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: TV HIFI
Receptores digitais\"Rua
Os receptores digitais são instrumentos que têm a função de receber sinal por via de canais digitais.

De acordo com a sua função, estes canais poderão ser satélite ou por cabo. Actualmente, já existem bastantes serviços de televisão por cabo que funcionam apenas com estes receptores, uma vez que é através deles que se consegue ter acesso não só aos canais de serviço, mas também a pacotes codificados.

O serviço de recepção de canais por satélite é um sistema independente para o qual é necessário ter um disco receptor satélite de modo a poder ter canais digitais fora dos serviços prestados pelos operadores de televisão digital.

Este instrumento permite que os próprios ecrãs sem tecnologia digital passem a usufruir desta através destes receptores. No entanto, a melhor qualidade só é garantida com um ecrã já com esta tecnologia.

Os receptores digitais permitem também aceder a uma multiplicidade de serviços, desde que devidamente configurados. Por exemplo, com estes receptores, é possível aceder a menus específicos de pausa de emissão para depois ser continuada, de serviços on-demand ou acesso a portais específicos, entre outros.

Esta pequena caixinha permite ao seu utilizador usufruir da televisão a um novo nível, de modo a que possa ter todas as comodidades no conforto do lar. 

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Receptores digitais

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: cheetah100

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    04-06-2014 às 06:53:28

    Gostei dos receptores digitais. Bom texto abordando isso.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios