Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > Melhore o sinal Wi-Fi de sua casa - Parte 1

Melhore o sinal Wi-Fi de sua casa - Parte 1

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Informática
Visitas: 12
Melhore o sinal Wi-Fi de sua casa - Parte 1

Atualmente, na maioria das residências o acesso à internet é por meio de redes wireless. As pessoas estão utilizando mais os notebooks por suas facilidades, tornando necessário o Wi-Fi em suas residências. Além disso, os smartphones também poderão utilizar essa rede para acessar a web, algo muito útil hoje em dia.

Porém, em alguns casos, o sinal Wi-Fi não é tão bom. Seja pelo roteador estar em um lugar ruim, por ter muitas barreiras que atrapalham o sinal ou até mesmo pela qualidade do aparelho. Devido a isso, confira algumas dicas que poderão ajudar a melhorar o sinal wireless em sua casa. Essa matéria foi dividida em duas partes para que possa ter maior qualidade e clareza na explicação dos itens, sendo esse o primeiro artigo.

1 - Atualize sempre seus equipamentos

Da mesma forma que os aparelhos eletrônicos, a tecnologia Wi-Fi também está sempre evoluindo. Dessa forma, sempre que você puder, atualize seus aparelhos para aproveitar o melhor das novas tecnologias.

Existem diferentes tipos de padrões de redes sem fio, sendo as mais atuais capazes de transmitir em velocidades maiores. O padrão utilizado é o IEEE 802.11 que varia entre:

IEEE 802.11 A - 11Mbps;
IEEE 802.11 B e G - 54Mbps;
IEEE 802.11 N – 600Mbps de velocidade.
Porém, para atingir essas velocidades é necessário que seu roteador e sua placa de rede sejam compatíveis com a tecnologia em questão. A placa pode ser trocada facilmente, mas o roteador será necessário adquirir um novo aparelho.

2 - Coloque seu roteador em um bom lugar

É muito importante deixar seu roteador posicionado em um local alto e com espaço, pois ele é um aparelho que transmite sinal por ondas. Se houver bloqueios ao seu redor, como móveis e a parede, a rede sofrerá interferências grandes prejudicando seu acesso. Procure colocá-lo no ponto central de sua residência e no alto, em cima de alguma prateleira ou fixado na parede.
Sua antena deve estar sempre na posição vertical e reta, pois não adianta apontar ela para algum lugar específico esperando melhorar o sinal. O aparelho distribui a rede igualmente e não é direcional.

3 - Use um canal de transmissão liberado

Os roteadores utilizam ondas de rádio para emitirem o sinal das redes wireless. Sendo assim, é necessário utilizar uma frequência de transmissão que não esteja sendo utilizada por nenhum outro aparelho para não ocorrer interferências.

Como muitos aparelhos residenciais utilizam frequências sonoras para a transmissão de dados, é necessário saber qual canal de transmissão está livre para que o roteador utilize-a. Mas como descobrir isso? Há um aplicativo Android, chamado Wi-Fi Analyser, que é capaz de fazer isso. Assim que você descobrir qual canal não está sendo utilizado, configure seu aparelho para transmitir a rede Wi-Fi por meio dessa frequência, assim evitara interferências de outros aparelhos.

4 - Deixe o roteador longe de alguns aparelhos

Se você possui algum telefone ou forno de micro-ondas próximo a seu roteador, isso gerará com certeza uma grande interferência em seu sinal Wi-Fi. Se for possível, livre-se desses aparelhos e compre outros que trabalhem em frequências diferentes.

Claro que essa opção é um pouco drástica, apensar de eficaz. Então, para amenizar a interferência, mantenha esses aparelhos o mais longe possível do roteador, para que a interferência seja pequena ou talvez nula.

5 - Rede Wi-Fi segura

Se o seu roteador não tiver senha para acessar a rede wireless, coloque uma o quanto antes. Se já tiver, mas for uma senha simples, é necessário mudá-la e colocar uma mais complexa. Se algum vizinho folgado descobrir sua senha Wi-Fi, ele utilizará seu sinal e deixará sua rede lenta.

A melhor forma de prevenir isso é utilizar o padrão de criptografia mais avançado do roteador, o WPA, e fazer uma senha complexa. Essa senha deve conter letras maiúsculas e minúsculas, números e algarismos especiais (@,#,$,%,&). Evite colocar datas de aniversário, casamento, nome e sobre nome, algo que seja fácil de descobrir. Crie uma senha que não tenha lógica alguma, essa será a ideal.

O roteador tem um serviço, que é capaz de restringir o acesso dos aparelhos por meio do endereço físico da placa de rede (endereço MAC). Se você achar necessário, pode configurar esse serviço. Assim, somente os MAC’s cadastrados nesse filtro acessaram a internet Wi-Fi. Mas, essa configuração é um pouco avançada e pode ser necessária a ajuda de alguém que entenda do assunto.


Lucas Souza

Título: Melhore o sinal Wi-Fi de sua casa - Parte 1

Autor: Lucas Souza (todos os textos)

Visitas: 12

767 

Comentários - Melhore o sinal Wi-Fi de sua casa - Parte 1

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como se apresentar numa entrevista de emprego!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Empresariais
Como se apresentar numa entrevista de emprego!\"Rua
O país passa por momentos difíceis em relação à sua economia. Mesmo com tantos recursos econômicos que nosso país possui, parece que a crise veio para nos afetar de forma avassaladora e ainda não temos uma perspectiva de melhora em curto prazo. Nesta situação, as condições de se manter no emprego para o trabalhador brasileiro são cada vez mais complicadas, pois o mercado não poupa ninguém quando se trata de encontrar meios para sobreviver e se manter firme em um mundo cada vez mais globalizado.

Portanto, aqueles que já possuem um trabalho fixo devem tentar mantê-lo da melhor forma possível, porém isso não significa abrir mão de todos os seus direitos sociais trabalhistas adquiridos ao longo da história.
Por outro lado, os que buscam uma vaga no mercado de trabalho, seja pela primeira vez ou como recolocação, devem sempre estar atentos para dois aspectos cruciais que fazem enorme diferença na hora de conseguir um novo emprego: o primeiro é a requalificação profissional, que iremos tratar em outro artigo, e o segundo é o aspecto da apresentação pessoal na hora em que estiver numa entrevista para um novo emprego.

Muitas pessoas deixam de conseguir a tão sonhada vaga de trabalho por não se atentarem para a questão da forma como se apresentam para uma entrevista de emprego. Esse aspecto deve ter uma grande relevância para qualquer candidato, pois se sabe que de nada adiantará ter um currículo perfeito para uma determinada vaga se você der uma péssima impressão no momento do primeiro contato com o seu entrevistador.

Antes de tudo, é importante esclarecer que você não precisa fazer teatro na hora de ser entrevistado. Seja autêntico e procure se mostrar consciente daquilo que você procura. Não tente agradar o entrevistador com coisas que você não é. Lembre-se que a pessoa que estiver lhe entrevistando estará preparada para saber se você está mentindo ou não.

Sua autenticidade só será percebida ao longo da conversa, mesmo que ela seja curta. A segunda questão diz respeito à sua vestimenta. Você não precisa vestir a melhor roupa que estiver no armário, mas precisará usar algo que tenha haver com a vaga que você procura. Se você tem um estilo gótico e procura vaga num restaurante para pessoas de alta sociedade com certeza terá dificuldade em convencer alguém caso queira se apresentar com seu estilo pessoal próprio. Portanto, a melhor forma de se vestir para uma entrevista é não tentar chamar muito a atenção com sua roupa, pois com isso o entrevistador irá focar mais nas suas qualidades profissionais.


Outro fator que não pode faltar é a questão da higiene pessoal. Isso é algo fundamental. Você precisa estar com a melhor aparência possível. De preferência deve sair de sua casa direto para a entrevista e não fazer paradas longas para realizar alguma outra atividade, pois assim apresentará menos cansaço ou com o odor comum das grandes cidades após algumas horas de caminhada.


Se as três condições acima forem satisfatórias, então você já terá meio caminho andado para conseguir um novo emprego, mas tudo isso são somente aspectos para causar uma boa impressão inicial. A parte que mais conta na hora da entrevista é o diálogo que você terá com o entrevistador. Nesta condição você não precisa concordar com tudo, mas precisa saber ouvir e ser bastante otimista em suas falas. Deve demonstrar confiança e certeza naquilo que busca nunca afirmar que estará preparado para algo que talvez você não vá conseguir fazer no futuro e nunca, jamais fale mal do seu emprego anterior isso irá dar uma impressão de que você não tem profissionalismo naquilo que faz.


Ao longo do texto, nossa intenção não era lhe dar uma receita pronta sobre a forma de se apresentar numa entrevista para emprego, mas lhe atentar para questões que sempre são avaliadas durante a busca por uma nova vaga no mercado de trabalho.

Pesquisar mais textos:

Wadson Benfica de Nazaré

Título:Como se apresentar numa entrevista de emprego!

Autor:Wadson Benfica Nazaré(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios