Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > Melhore o sinal Wi-Fi de sua casa - Parte 1

Melhore o sinal Wi-Fi de sua casa - Parte 1

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Informática
Visitas: 12
Melhore o sinal Wi-Fi de sua casa - Parte 1

Atualmente, na maioria das residências o acesso à internet é por meio de redes wireless. As pessoas estão utilizando mais os notebooks por suas facilidades, tornando necessário o Wi-Fi em suas residências. Além disso, os smartphones também poderão utilizar essa rede para acessar a web, algo muito útil hoje em dia.

Porém, em alguns casos, o sinal Wi-Fi não é tão bom. Seja pelo roteador estar em um lugar ruim, por ter muitas barreiras que atrapalham o sinal ou até mesmo pela qualidade do aparelho. Devido a isso, confira algumas dicas que poderão ajudar a melhorar o sinal wireless em sua casa. Essa matéria foi dividida em duas partes para que possa ter maior qualidade e clareza na explicação dos itens, sendo esse o primeiro artigo.

1 - Atualize sempre seus equipamentos

Da mesma forma que os aparelhos eletrônicos, a tecnologia Wi-Fi também está sempre evoluindo. Dessa forma, sempre que você puder, atualize seus aparelhos para aproveitar o melhor das novas tecnologias.

Existem diferentes tipos de padrões de redes sem fio, sendo as mais atuais capazes de transmitir em velocidades maiores. O padrão utilizado é o IEEE 802.11 que varia entre:

IEEE 802.11 A - 11Mbps;
IEEE 802.11 B e G - 54Mbps;
IEEE 802.11 N – 600Mbps de velocidade.
Porém, para atingir essas velocidades é necessário que seu roteador e sua placa de rede sejam compatíveis com a tecnologia em questão. A placa pode ser trocada facilmente, mas o roteador será necessário adquirir um novo aparelho.

2 - Coloque seu roteador em um bom lugar

É muito importante deixar seu roteador posicionado em um local alto e com espaço, pois ele é um aparelho que transmite sinal por ondas. Se houver bloqueios ao seu redor, como móveis e a parede, a rede sofrerá interferências grandes prejudicando seu acesso. Procure colocá-lo no ponto central de sua residência e no alto, em cima de alguma prateleira ou fixado na parede.
Sua antena deve estar sempre na posição vertical e reta, pois não adianta apontar ela para algum lugar específico esperando melhorar o sinal. O aparelho distribui a rede igualmente e não é direcional.

3 - Use um canal de transmissão liberado

Os roteadores utilizam ondas de rádio para emitirem o sinal das redes wireless. Sendo assim, é necessário utilizar uma frequência de transmissão que não esteja sendo utilizada por nenhum outro aparelho para não ocorrer interferências.

Como muitos aparelhos residenciais utilizam frequências sonoras para a transmissão de dados, é necessário saber qual canal de transmissão está livre para que o roteador utilize-a. Mas como descobrir isso? Há um aplicativo Android, chamado Wi-Fi Analyser, que é capaz de fazer isso. Assim que você descobrir qual canal não está sendo utilizado, configure seu aparelho para transmitir a rede Wi-Fi por meio dessa frequência, assim evitara interferências de outros aparelhos.

4 - Deixe o roteador longe de alguns aparelhos

Se você possui algum telefone ou forno de micro-ondas próximo a seu roteador, isso gerará com certeza uma grande interferência em seu sinal Wi-Fi. Se for possível, livre-se desses aparelhos e compre outros que trabalhem em frequências diferentes.

Claro que essa opção é um pouco drástica, apensar de eficaz. Então, para amenizar a interferência, mantenha esses aparelhos o mais longe possível do roteador, para que a interferência seja pequena ou talvez nula.

5 - Rede Wi-Fi segura

Se o seu roteador não tiver senha para acessar a rede wireless, coloque uma o quanto antes. Se já tiver, mas for uma senha simples, é necessário mudá-la e colocar uma mais complexa. Se algum vizinho folgado descobrir sua senha Wi-Fi, ele utilizará seu sinal e deixará sua rede lenta.

A melhor forma de prevenir isso é utilizar o padrão de criptografia mais avançado do roteador, o WPA, e fazer uma senha complexa. Essa senha deve conter letras maiúsculas e minúsculas, números e algarismos especiais (@,#,$,%,&). Evite colocar datas de aniversário, casamento, nome e sobre nome, algo que seja fácil de descobrir. Crie uma senha que não tenha lógica alguma, essa será a ideal.

O roteador tem um serviço, que é capaz de restringir o acesso dos aparelhos por meio do endereço físico da placa de rede (endereço MAC). Se você achar necessário, pode configurar esse serviço. Assim, somente os MAC’s cadastrados nesse filtro acessaram a internet Wi-Fi. Mas, essa configuração é um pouco avançada e pode ser necessária a ajuda de alguém que entenda do assunto.


Lucas Souza

Título: Melhore o sinal Wi-Fi de sua casa - Parte 1

Autor: Lucas Souza (todos os textos)

Visitas: 12

767 

Comentários - Melhore o sinal Wi-Fi de sua casa - Parte 1

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios