Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > Blogues da esperança!

Blogues da esperança!

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Informática
Blogues da esperança!

O poder da palavra deixou de ser invisível nos nossos dias. Ela está agora sempre presente, em forma de expressão escrita e pode ajudar a combater a solidão e até as doenças.

Na verdade, os bologues tornaram-se um instrumento eficaz para partilhar a dor, amenizar o sofrimento e trocar experiências.

Quem viaja no ciberespaço vai encontrar páginas de esperança, testemunhos de pessoas sobre tratamentos, novidades científicas e outros tributos criados por amigos de alguém que lutou por exemplo contra o cancro, grupos de pais com filhhos com doenças graves e outros.

Cada vez mais a necessidade de escrever na rede é maior e convidativa à partilha.
Ao se partilharem as histórias de vida, os sentimentos e as emoções, estão-se a formar pessoas mais humanas e verdadeiras.

O momento doloroso que se está a vivenciar, pode efetivamente aproximar o próximo com novas experiências e novidades.

Há vários estudos que têm comprovado a eficácia da palavra, seja sob a forma de blogue ou diário em papel, no combate ao stress provocado por doença, e seu contributo na cura do mesmo.

Segundo a opinião de terapeutas, a comunicação, a partilha e o não isolamento são pontos fulcrais para o combate de qualquer patologia.

As pessoas que partilham experiências traumáticas através da palavra escrita, apresentam de fato, melhores níveis de saúde física e psicológica.

A escrita organiza o pensamento , facilita o auto-conhecimento, a expressão das emoções a autoreflexão , a revelação de sentimentos e emoções de forma mais espontânea.

Deste modo, a comunicação, e, acima de tudo, os meios digitais vieram retirar á sociedade muitos tabus que existiam anteriormente.

Para quem sofre de doenças fatais como o cancro, Sida ou hepatites, a palavra, ddestes blogues pode ser além de reconfortante, altamente eficaz na forma como se encara a doença ou qualquer dificuldade na vida.

Deste modo vale a pena conhecer alguns sites de esperança, como o www.ligacontracancro.pt, e www.oncologiapediatrica.org, por exemplo, e outros que deve ler e partilhar.

Estes podem ajudar a desdramatizar a experiência de ter uma doença´e ao mesmo tempo tornar-se mais resistente face á dor.

A partilha com que sofrem dos mesmos sintomas pode tornar a pessoa mais forte e corajosa e criar defesas para se tratar e curar.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Blogues da esperança!

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 0

604 

Comentários - Blogues da esperança!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios