Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > DVD Filmes > O Bebê de Rosemary

O Bebê de Rosemary

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: DVD Filmes
O Bebê de Rosemary

O Bebê de Rosemary ( Rosemary´s Baby) é um filme que mistura drama, terror e suspense de 1968 dirigido por Roman Polanski. O filme é considerado até hoje um dos grandes clássicos do cinema no gênero terror e sua história foi baseada em um romance da escritora Ira Levin.

O elenco é formado pelos atores John Cassavetes, Mia Farrow, Ruth Gordon, Maurice Evans e Ralph Bellamy. Apostando em um terror psicológico e claustrofóbico, O Bebê de Rosemary é daqueles filmes que cria um clima de tensão, suspense e medo sem precisar apelar para mortes violentas ou muito sangue derramado.

Bem diferente das produções atuais que consideram a máxima " quanto mais mortes e sangue melhor". Rosemary (Mia Farrow) e seu marido Guy ( John Cassavetes) se mudam para um apartamento em Nova York.

A princípio parece ser o lugar dos sonhos para o casal, e logo eles conhecem um casal de vizinhos idosos que aparentemente são bem amáveis e simpáticos. Porém logo fica claro que os vizinhos são um tanto quanto intrometidos e curiosos querendo saber da vida particular do casal.




O marido de Rosemary acaba descobrindo que seus simpáticos vizinhos fazem parte de uma seita que cultua o demonio e acaba se envolvendo com eles. O que Rosemary não sabia é que seu marido em troca de ter sucesso como ator, aceita se "vender " para seus macabros vizinhos e monta um plano para usar sua esposa para dar a luz o "filho do demônio".

Nada no filme é explícito, inclusive na cena final é mostrado apenas de relance o rosto da criança, o que causa medo não é o que é mostrado, mas sim ficamos apavorados pela expressão de terror e surpresa de Rosemary quando vê o seu bebê pela primeira vez, ficamos imaginando : Será que a criança é tão assustadora assim?

O filme na epoca de seu lançamento causou uma grande polêmica por tratar de temas ligados ao satanismo, e coincidência ou não, após seu lançamento aconteceram vários fatos macabros com as pessoas envolvidas na produção do filme. O produtor William Castle morreu de falência renal, e meses depois a esposa do diretor Roman Polanski morreu assassinada.

Veja ou reveja esse grande clássico, é um dos filmes que alguns amam, outros odeiam, mas ninguém consegue ficar indiferente.


Nilson Empreendedor

Título: O Bebê de Rosemary

Autor: Nilson Empreendedor (todos os textos)

Visitas: 0

628 

Comentários - O Bebê de Rosemary

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios