Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > DVD Filmes > Filmes de terror: Ame ou odeie

Filmes de terror: Ame ou odeie

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: DVD Filmes
Visitas: 4
Filmes de terror: Ame ou odeie

Ame ou odeie, o fato é que os filmes de terror ou de horror são conhecidos por sempre trazerem fortes emoções sejam essas emoções de medo, repulsa, nojo, fascínio ou adoração.

Eu particularmente sou um grande fã desse gênero, e sempre que posso assisto as novidades e também revejo os grandes clássicos do terror.

Mas por que os filmes de terror exercem tanto fascínio sobre algumas pessoas?Afinal se sentir angustiado e em pânico não deveriam ser emoções a serem evitadas pelas pessoas?

Talvez uma das razões seja que as pessoas gostam de sentir fortes emoções e nada como um bom filme de terror para trazer a tona nossos maiores receios e temores ocultos.

Os filmes de terror já nos renderam inesqueciveis personagens .

Quem nunca ouviu falar de Freddy Krueger?Protagonista da série "A Hora do Pesadelo" , com suas garras afiadas nas mãos, matava suas vítimas quando elas adormeciam e entrava em seus sonhos e cometia suas atrocidades

Outro personagem que todos devem ter visto ou ouvido falar é Jason Voorhees da série "Sexta feira 13".Sempre com seu rosto deformado coberto por uma máscara, ele implacavelmente assassina todos que se atrevem a cruzar seu caminho.




Inclusive essa rivalidade entre Jason e Freddy acabou por render um filme onde eles se encontram cara a cara e se enfrentam.

O filme se chama Freddy vs Jason e foi lançado em 2003, dirigido pelo diretor Ronny Yu.

Outros grandes personagens de filmes de terror merecem ser citados, como Michael Myers da série Halloween, Leatherface de O Massacre da Serra Elétrica , o boneco Chucky de Brinquedo Assassino dentre tantos outros.

Eu confesso que prefiro os filmes de terror sem muito sangue mas com um terror mais psicológico, que não mostra claramente , mas faz você pensar e imaginar, um exemplo desse filme é " O Bebê de Rosemary" de Roman Polanski onde vai sendo construido durante o filme um crescente clima de tensão e suspense até o desfecho final onde é mostrado apenas de relance a face da criança.

Atualmente muitos filmes de terror apelam muito para a violência explícita e muito sangue, exemplos dessa nova leva de filmes são a Franquia de filmes " A Premonição" e " Jogos Mortais".

Muitas pessoas tem verdadeira repulsa pelos filmes de terror por acharem que eles são muito violentos e podem incitar o lado violento das pessoas.

Eu não concordo com isso, pra mim os filmes de terror são uma grande diversão e com eles o mundo do cinema com certeza fica mais divertido.

Afinal jogue a primeira pedra quem nunca ficou encolhido no sofá com muito medo ao assistir um bom filme de terror no escuro??

Ame -o ou odeie, os filmes de terror sempre exercerão um fascínio sobre nosso imaginário e alimentarão nossos maiores medos ocultos.


Nilson Empreendedor

Título: Filmes de terror: Ame ou odeie

Autor: Nilson Empreendedor (todos os textos)

Visitas: 4

798 

Comentários - Filmes de terror: Ame ou odeie

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como cuidar de Plantas de interior

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Bricolage Jardim
Como cuidar de Plantas de interior\"Rua
Cada planta tem um comportamento diferente, vou colocar aqui alguns cuidados que servem para a maioria delas.

LUZ:

Os principais erros no cultivo de plantas de interior é a falta de luz.
Se elas estiverem em locais onde não há luz suficiente, isso pode ser corrigido com a instalação de luz artificial, existe no mercado lâmpada que imitam a luz natural.


TEMPERATURA:

Mudanças bruscas de temperatura retardam e até paralisa o crescimento da planta, bem como causa a queda de folhas.


UMIDADE:

A maioria das plantas necessita de uma umidade atmosférica adequada.
Normalmente notamos que a planta não está com a umidade correta quando acontece ficarem amarelas e a queda de folhas.


IRRIGAÇÃO:

Conselhos básicos:
Uma planta em fase de crescimento vai precisar de mais água que uma que está em fase de dormência, ou já atingiu o seu tamanho adulto.
Durante a floração a planta precisa de mais água que em sua fase de crescimento
Em ambientes internos mais quentes é evidente que a planta vai precisar de mais águas que em ambientes mais frios.
Para saber qual é o momento exato de molhar, enfie o dedo no substrato, se sentir ele seco, chegou a hora

FERTILIZANTE:

Para que a planta tenha um desenvolvimento harmonioso convém usar periodicamente de fertilizantes que podem ser líquido ou sólidos.
No mercado existe a venda fertilizante com fórmulas específicas para cada planta.
Após a utilização do fertilizante regue a planta.

LIMPEZA:

Faça regularmente a limpeza de folhas secas e caule, pois elas são bastante positivas não só esteticamente como para a saúde das plantas.
Se estiver acumulada muita poeira sobre as folhas, espane, e depois passe um pano húmido
Atenção: Existe algumas espécies, que tem as folhas aveludadas, tipo a Violeta Africana, Begônia Rex, etc. que não deve ser colocada água é só usar uma escovinha bem macia.

TROCA DE VASO:

De uma maneira geral após 1 ou 2 anos as plantas de interior devem ser colocadas em vasos de tamanho maior.
Isso deve ser feito porque as raízes passam a ocupar um grande espaço e também porque o substrato vai perdendo sua composição inicial.
A época mais adequada varia de planta para planta, algumas devem ser feitas na primavera e outras quando estão na fase de repouso.
Aproveite para obterem mudas, separando brotos e dividindo touceiras.

Pesquisar mais textos:

Miguel Pereira

Título:Como cuidar de Plantas de interior

Autor:Miguel Pereira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:09:31

    Muito bom! É tão gratificante cuidar de plantas. A gente vê o quanto elas florescem quando são bem-cuidadas. Amei as dicas!

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    18-04-2014 às 22:36:55

    Fantástico seu texto, a Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios