Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > DVD Filmes > A Filmografia De Steven Spielberg

A Filmografia De Steven Spielberg

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: DVD Filmes
A Filmografia De Steven Spielberg

Steven Spielberg é, talvez, o realizador mais consensual de todos os tempos, uma vez que a sua obra é intemporal e apreciada por todos nós. Alguns dos maiores filmes de todos os tempos têm o seu toque.

Steven Spielberg nasceu em 1946 nos Estados Unidos. Aos treze anos, venceu o primeiro concurso de curtas-metragens em que entrou, tentando depois persistentemente fazer carreira. Após várias tentativas sem sucesso, foi parar à televisão, onde conseguiu reunir apoios para fazer a sua primeira longa-metragem: Tubarão, em 1975.
Depois deste fez sucessos de bilheteira épicos, como por exemplo Encontros Imediatos do Terceiro Grau ou Regresso ao Futuro.
Misturando aventura com tensão e ação, Steven Spielberg iniciou em 1981 a trilogia de Indiana Jones, com Os Salteadores da Arca Perdida. Em 1982, ET foi um filme que deixou milhões emocionados por todo o mundo.

A filmografia de Steven Spielberg é extensa e feita de grandes sucessos de bilheteira. Com A Cor Púrpura, Steven Spielberg foi nomeado para onze Óscares, facto que lhe permitiu responder aos que o criticavam por só fazer filmes do fantástico. No entanto, de entre estas onze nomeações, nenhuma foi para melhor realizador…

A sua obra-prima foi A Lista de Schindler, com Liam Neeson no papel principal. Este filme narra a história de Oskar Schindler, um magnata alemão que, durante a II Guerra Mundial, libertou milhares de judeus dos campos de concentração e empregou-os na sua fábrica, evitando assim o consequente extermínio. Sendo o próprio Steven Spielberg judeu, esta foi uma obra que o marcou. Com este filme venceu finalmente o Óscar de Melhor Realizador. Além do Óscar, Spielberg venceu muitos outros prémios e foi agraciado, por exemplo, com a Medalha de Mérito do Governo Federal Alemão.

Em 1998, Steven Spielberg voltou a vencer o Óscar de Melhor Realizador, com O Resgate do Soldado Ryan.

Sendo uma das pessoas mais ricas de Hollywood, tem uma carreira recheada de grandes êxitos que lhe garantiram muitos sucessos de bilheteira, não só como realizador mas também como produtor. Grande parte dos seus filmes têm como objetivo o entretenimento puro. A exibição do fantástico nos seus filmes permitiu-lhe elevar toda a indústria de efeitos visuais para um novo patamar. Os seus projetos e ambições não são apenas pessoais, também conseguiram fazer evoluir a indústria do cinema a outros níveis.

Quando lhe perguntaram quais eram as obras pelas quais ele queria ser lembrado, respondeu com o ET e a Lista de Schindler. Com certeza que serão muitas mais…


Luís Seco Passadouro

Título: A Filmografia De Steven Spielberg

Autor: Luís Seco Passadouro (todos os textos)

Visitas: 0

648 

Comentários - A Filmografia De Steven Spielberg

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios