Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Música > A História dos Grammys

A História dos Grammys

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Música
Visitas: 18
Comentários: 2
A História dos Grammys

Os Grammy Awards (abreviatura de Gramophone Awards) são apresentados anualmente pela National Academy of Recording Arts and Sciences dos Estados Unidos e têm por objetivo premiar o desempenho dos artistas musicais que mais se destacaram nesse ano. Além do desempenho artístico, também o desempenho técnico e a excelência de carreira são aqui consagradas. Este é o prémio de maior prestígio que se pode atingir no meio musical, o prémio que no cinema é equivalente aos Óscares.

Existem ainda os GRAMMY Latinos, cerimónia complementar à principal e que se dirige ao mercado sul-americano.

Os Grammys são atribuídos desde 1958 e em categorias tão diversas como, por exemplo, melhor artista ou melhor performance pop, melhores espetáculos musicais, melhores vídeos ou ainda melhor capa de um álbum.

O troféu para cada categoria é um gramofone feito à mão banhado a ouro. Uma pequena curiosidade em relação ao gramofone é o de, durante a cerimónia, este ser falso.

O que é dado em mão aos artistas é uma réplica, de modo a evitar eventuais acidentes com o prémio.

Michael Jackson, foi o artista que mais Grammys recebeu numa só edição, no ano de 1984. Das doze nomeações com que chegou pelo álbum Thriller, conseguiu levar oito gramofones para casa. Aretha Franklin e Stevie Wonder foram os artistas que até agora mais vezes atuaram ao vivo na cerimónia, com um total de onze atuações cada.

Devido ao facto de não só quererem abarcar um maior número de representantes da indústria musical, mas também aos desenvolvimentos que esta sofreu ao longo dos tempos, este prémio foi distribuído na sua gala inicial em dezoito categorias diferentes, sendo que em 2007 esse número subiu para cento e oito categorias.

Uma das categorias principais dos Grammys é o Grammy Lifetime Achievement Award, que tem o objetivo de reconhecer o conjunto da obra de um artista. Este Grammy, também denominado Bing Crosby, em honra ao seu primeiro vencedor, já foi ganho por artistas tão diferentes como Frank Sinatra, Rolling Stones, David Bowie ou os The Doors.

Apesar desta cerimónia ser vista por alguns com algumas críticas, nomeadamente de ser uma promoção da indústria musical apenas para alimentar as massas e para se auto-promover, a verdade é que qualquer artista sonha em ter um pequeno gramofone de ouro na sua casa a reconhecer um trabalho seu.

A Academia, que desenvolve outras atividades para além da Gala Anual dos Grammys, tem um objetivo simples: ter um impacto positivo na vida de músicos, de membros da indústria e na sociedade em geral.


Luís Seco Passadouro

Título: A História dos Grammys

Autor: Luís Seco Passadouro (todos os textos)

Visitas: 18

786 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    13-05-2014 às 20:26:52

    É um dos eventos mais esperados do ano e mais conhecido no mundo inteiro. É bom saber da sua origem e sua evolução, fantástico!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Sérgio Baptista MateusSérgio Baptista Mateus

    08-04-2009 às 13:46:01

    Adorei a matéria se iver disponivel qualquer materia sobre os Óscares gostaria que enviasem

    ¬ Responder

Comentários - A História dos Grammys

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios