Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Arte > "O Hobbit: A Batalha Dos Cinco Exércitos" Tem Novo Poster

"O Hobbit: A Batalha Dos Cinco Exércitos" Tem Novo Poster

Categoria: Arte
Visitas: 6
"O Hobbit: A Batalha Dos Cinco Exércitos" Tem Novo Poster

A conclusão da aventura na Terra Média está quase aí, e já temos novo poster.
Depois do seu protegido Bilbo Baggins (Martin Freeman), é a vez de Gandalf (Ian McKellen), o mago mais famoso da Terra Média, ser o protagonista de mais um poster da nova triologia de Peter Jackson.

E pela expressão de preocupação do feiticeiro, adivinha-se que "O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos" tenha momentos de muita tensão.

Esta é a sexta e ultima aparição de Ian McKellen como Gandalf, personagem que regressa ao grande ecrã, depois da trilogia de sucesso “O Senhor dos Anéis”.

Transformado em três filmes, O Hobbit (prelúdio para “O Senhor dos Anéis”) pretendia ser mais épico, divertido e fiel á obra de J.R.R. Tolkien. E depois de exibidas as duas primeiras partes, podemos dizer que o talento de Peter Jackson cumpriu plenamente esse propósito.

"O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos" conclui assim, a história que relata as aventuras vividas por um hobbit pacato e satisfeito, um mago obstinado e poderoso e 13 anões de personalidades únicas.

Nesta derradeira obra, Bilbo, Thorin (Richard Armitage) e a companhia dos anões vão unir-se a humanos e elfos para enfrentar a fúria do dragão Smaug (voz de Benedict Cumberbatch) e reaver um tesouro roubado.

Entretanto, Gandalf (destacado neste novo poster), consegue antever um mal ainda maior: o seu grande inimigo, Sauron enviou uma legião de orcs para destruir tudo o que aparecer pela frente. Enquanto a escuridão se amplia no conflito, as raças de anões, elfos e homens terão de decidir - unirem-se ou serem derrotados.

Este capítulo final conta ainda com as participações de Orlando Bloom, Christopher Lee, Evangeline Lilly, Aidan Turner, Graham McTavish, Manu Bennett, Hugo Weaving e Dean O’Gorman.

É de se esperar que mais posters do filme sejam divulgados durante este mês, por isso, fiquem atentos.

Prevista para 18 de Dezembro em Portugal, a estreia do desfecho desta história épica repleta de fantasia, poções mágicas e criaturas especiais, é uma das mais aguardadas do ano e enche-nos com uma nostalgia antecipada, pelo cenário romântico do Shire, pelas belas cascatas de Rivendell e pelas montanhas brumosas da Nova Zelândia.


Carla Correia

Título: "O Hobbit: A Batalha Dos Cinco Exércitos" Tem Novo Poster

Autor: Carla Correia (todos os textos)

Visitas: 6

413 

Comentários - "O Hobbit: A Batalha Dos Cinco Exércitos" Tem Novo Poster

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios