Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Restaurantes > A Importância Dos Restaurantes

A Importância Dos Restaurantes

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Restaurantes
Visitas: 167
Comentários: 1
A Importância Dos Restaurantes

Com o movimento febril da sociedade atual os restaurantes assumem uma importância primordial e acrescida na atividade diária das pessoas. Em especial aquelas que têm uma profissão que lhes ocupa a maior parte do tempo e não se podem deslocar a sua casa para tomar as refeições.

Deste modo a ida ao restaurante torna-se uma rotina diária de muitas pessoas, independentemente da idade, sexo ou profissão. É habitual vermos os restaurantes cheios com grupos de pessoas que se juntam próximo do seu local de trabalho. No entanto ressalta-se a importância de escolher o melhor de acordo com as suas condições de higiene, ambiente, poluição sonora e confeção da comida. Estes são elementos primordiais a considerar na escolha de um local para se comer. Para além disso, o local deve ser aprazível, sem grandes ruídos e agradável de forma a que a refeição se torne calma. Este facto evita os transtornos de se comer à pressa, de pé ou estar à espera em filas como acontece nas grandes cidades, sobretudo nos restaurantes mais económicos. Além de se tornar desagradável a espera o organismo não beneficia, podendo inclusive reagir com sintomas de problemas digestivos.

Para banir estes incómodos é necessário escolher bem o restaurante que se adapte a uns momentos de conforto e bem estar. Isto é fundamental para uns momentos de pausa no trabalho, sendo a refeição um complemento para o seu contributo. O restaurante deve então oferecer as condições essenciais para que as pessoas se sintam confortáveis. Não interessa tanto o preço da refeição mas sim a sua qualidade, higiene e o próprio aspeto não só do ambiente mas também das pessoas envolvidas, quer sejam os empregados que servem a refeição ou o próprio pessoal da cozinha. Tendo em conta estes aspetos salienta-se que contribui em muito para a boa imagem do restaurante, a própria aparência do empregado que serve a refeição desde os seus modos ao próprio vestuário ou farda que usa. Deve por isso usar sempre de simpatia e bons modos para bem dispor os seus clientes.

Na escolha de um bom restaurante há então que ter em conta não só o preço da refeição, mas sim o seu aspeto e modo de atendimento. Bem como é óbvio a qualidade dos alimentos.

Teresa Maria Batista Gil

Título: A Importância Dos Restaurantes

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 167

784 

Imagem por: infomatique

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Briana AlvesBriana

    16-09-2014 às 05:04:02

    Muito importante escolher um bom restaurante! Até porque é um ambiente em que apreciamos o sabor da comida e a decoração. Gosto da beleza rústica e de comer uma carne bem gostosa com os acompanhamentos. Muito bom!

    ¬ Responder

Comentários - A Importância Dos Restaurantes

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: infomatique

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios