Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Queda Capilar: um problema mais comum do que se imagina

Queda Capilar: um problema mais comum do que se imagina

Categoria: Saúde
Queda Capilar: um problema mais comum do que se imagina

A queda de cabelo é uma grande queixa no consultório, provavelmente a principal queixa tanto para homens quanto para as mulheres que procuram um dermatologista. Primeiramente, é preciso entender que os fios possuem um ciclo de vida, e necessariamente, quando esse ciclo termina, ele cai para que um novo ciclo se inicie com o surgimento de um fio novo no mesmo folículo. Por isso, é normal aquela quantidade de fios que caem diariamente no banho, no dia a dia ou quando penteamos os cabelos. Falamos em torno de 100 fios por dia, mas na verdade esse número varia em cada indivíduo.
Conforme vamos envelhecendo, nossos fios de cabelo também envelhecem, se tornando cada vez mais finos e rarefeitos.

Porém, durante a vida, muitas pessoas apresentam uma perda de cabelos mais acentuada, o que pode representar algum problema na saúde dos fios ou do corpo. Por isso, é tão importante investigar os motivos por trás da queda de cabelo e buscar o tratamento adequado com o auxílio de um dermatologista.

Existem diversos fatores que interferem direta ou indiretamente na queda de cabelo. Vou falar um pouco de alguns para vocês entenderem melhor.

– Genética
Neste caso, os homens são os mais afetados. Denominamos o problema de Calvície, e esta ocorre quando os folículos pilosos, por ação hormonal, vão se miniaturizando até sumirem em definitivo, devido a uma predisposição genética. Algumas mulheres também podem ser afetadas.

– Químicas
Todos já fomos alertados sobre os males que os produtos químicos podem causar aos fios do cabelo, no entanto, mesmo assim, a grande maioria das pessoas continua adotando-os como forma de “cuidado”. Pintar, descolorir ou alisar as madeixas podem danificar os fios e provocar sua queda, tanto por “quebra” do fio quanto por uma queda diretamente da raiz.

– Estresse
Vários estudos mostram que o estresse físico ou emocional afeta a saúde como um todo e pode provocar a perda de cabelo. Isso porque o cérebro libera substâncias que aceleram a queda capilar quando precisa passar por longos períodos em estado de alerta.

– Hormônios
Os hormônios masculinos são os protagonistas em alguns tipos de queda capilar, como na calvície. Em algumas patologias femininas, como na SOP (Síndrome do Ovário Policístico), devido ao aumento da produção de hormônios masculinos, as mulheres podem ter também uma queda acentuada dos cabelos, que se regulariza com o tratamento da SOP. Outras alterações hormonais, como gravidez, mudança ou suspensão de pílula anticoncepcional, menopausa e também alterações dos hormônios da tireóide também estão associados ao aumento da queda do cabelo.

– Déficits Nutricionais
Algumas vitaminais são essenciais para a saúde do corpo e também dos cabelos, e o déficit delas pode ser uma causa de queda, como ferro e vitamina D. Além disso, pacientes com dietas restritivas podem também evoluir com queda dos fios, devido a falta de nutrientes necessários para a formação dos cabelos.

Enfim, existem diversas outras causas que de alguma forma podem influenciar na queda do seu cabelo. O mais importante é que, se seu cabelo começou a cair mais do que o seu normal, procure imediatamente um dermatologista para investigar a causa e iniciar um tratamento adequado e específico para o seu caso.

Ficou com alguma dúvida? Pode mandar uma mensagem que será um prazer responder!
Quer saber mais sobre Queda de Cabelos? Então veja o conteúdo completo em:
https://www.carumoreno.com.br/2020/05/21/queda-de-cabelo/
Ficou alguma dúvida? Mande sua pergunta para Dra. Ana Carulina Moreno
• Site: https://www.carumoreno.com.br/
• INSTAGRAM: https://www.instagram.com/dra.carumoreno/
• FACEBOOK: https://facebook.com/dra.carumoreno/
• ENDEREÇO: Avenida Embaixador Abelardo Bueno, 01, Bloco Lagoa 1, Loja 162, Barra da Tijuca


Ana Carulina Lessa Moreno Godinho

Título: Queda Capilar: um problema mais comum do que se imagina

Autor: Ana Carulina Godinho (todos os textos)

Visitas: 0

0 

Comentários - Queda Capilar: um problema mais comum do que se imagina

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios