Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Ferramentas > Principais Ferramentas na Construção Civil

Principais Ferramentas na Construção Civil

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Ferramentas
Visitas: 162
Comentários: 34
Principais Ferramentas na Construção Civil

Muitos clientes me perguntam para que servem algumas ferramentas, porque pela sua forma ou nome eles nem imaginam sua utilidade. Lembrei-me que antes de entrar para a área da construção civil muitas vezes estranhei nomes e formas de muitas ferramentas que via em ferragens e até mesmo no supermercado, pensando nisso resolvi falar um pouco sobre a utilização de algumas ferramentas.

- SERROTE: Ferramenta manual composta de uma lâmina de aço dentado em um cabo para empunhá-la, usada em madeira para trabalhos leves e em acabamentos.

- MARRETA: Grande martelo para serviços pesados, encontrada em vários tamanhos de acordo com o tipo de serviço em que será usada.

- MARTELLO: Ferramenta de aço duro temperado, normalmente com cabo em madeira, destinado basicamente a cravar pregos em madeira. Existem vários tipos de martelos; o simples ou de pedreiro, usado para pregar ou fazer buracos e cortes em alvenaria; o picador, especifico para cortes em alvenaria; o de orelhas ou unhas, usado para colocar e retirar pregos.

- NIVEL DE BOLHA: feito em madeira ou perfil metálico, com um tubo de vidro engastado na direção de sua maior dimensão, contendo éter (ou outro líquido de pouca viscosidade) colorido. No líquido há uma bolha pequena de ar. Serve para determinar o nível de pequenos vão horizontais. Existem níveis com dois tubos de vidro perpendiculares para medição do nível de pequenos vãos verticais. O nível de bolha é usado para assentamento de formas, esquadrias, pisos e outros.

- TRENA: fita de aço ou lona especiais, de grande comprimento (ex.: 50 m) com escala gravada. Usada para medições em locação de obra, pequenos serviços topográficos, etc.

- METRO DE PEDREIRO: Pequenas réguas articuladas que se abre para formar uma régua de certa rigidez, normalmente com 2 metros de comprimento. Usada pelos operários da obra para medições pequenas em geral.


- LINHA DE NYLON PARA PEDREIRO: Fio de algodão ou fibra sintética, usado para orientar e conferir alinhamento de serviços como, por exemplo, revestimentos.

- MANGUEIRA CRISTAL: Conhecida também como mangueira de nível. Tubo plástico transparente e flexível, cheio de água. Usada para serviços de nivelamento de pisos, revestimentos e outros.

- ESQUADRO: Instrumento constituído por duas réguas perpendiculares de madeira ou aço. Utilizado para conferir ou obter ângulos retos em pequenas dimensões.

- BALDE PARA CONCRETO: Possui uma alça em sua parte inferior para facilitar o lançamento do concreto na forma. Usado também para transportar agregados, cimentos, argamassas e líquidos.


Fabiane Martello

Título: Principais Ferramentas na Construção Civil

Autor: Fabiane Martello (todos os textos)

Visitas: 162

797 

Imagem por: tao_zhyn

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 34 )    recentes

  • SophiaSophia

    02-05-2014 às 21:06:54

    Muito bom, a Rua Direita agradece as informações sobre as principais ferramentas na construção civil. São sempre úteis saber dessas coisas!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoMarreta

    04-09-2013 às 00:10:23

    oi, disso ate minha mae sega e surda ja sabia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoFabiane Martello

    12-04-2013 às 09:36:21

    Prezados, não tenho mais vínculo com o site, mas creio que o próprio pode auxiliar a todos.
    Atenciosamente
    Fabiane

    ¬ Responder
  • Gilberto Banvo

    11-04-2013 às 06:31:25

    Apezar k keria 1pouco mx... Gostei bastant, ja deu

    ¬ Responder
  • MARIA EDUARDA

    12-11-2012 às 21:37:03

    ADOREI TEM MUITAS COISAS

    ¬ Responder
  • DERIK

    04-10-2012 às 02:06:39

    muito bom, gostaria de ser informado... das novidades..

    ¬ Responder
  • mauricio

    18-09-2012 às 20:48:10

    quero participar porque quero aprender mais

    ¬ Responder
  • admilson

    08-09-2012 às 22:48:30

    gostaria de saber se voces trabalha com o codigo finame e se for possivel me manda uma relaçao com o preço das ferramentas

    ¬ Responder
  • Déborah

    07-08-2012 às 00:13:52

    Olá, eu gostaria de saber, se tem algum programa de controle de ferramentas, pois eu vou começar trabalhar em uma obra e vou controlar saida de devolução de ferramentas, nunca trabalhei com isso e queria uma ajuda.

    Obrigada!!

    ¬ Responder
  • MAURÍCIO

    17-10-2012 às 14:26:14

    NÃO EXISTEM UM FÓRMULA ESPECÍFICA PARA ESSE CONTROLE DE MATERIAL, VC PODE SIMPLESMENTE CRIAR UMA PLANILHA DIÁRIA COM: NOME - MATERIAL- DATA ENTREGA-DATA DEVOLUÇÃO-VISTO(OK)

    ¬ Responder
  • Diego

    24-07-2012 às 22:58:26

    Hoje em dia as obras buscam produtividade e com isso ganho de tempo, essas opções são bastante antigas, hoje esta muito moderno e tem marcas como a HILTI que tem ferramentas incriveis de alta perfomance, qualquer duvida sobre ferramentas [email protected]

    ¬ Responder
  • Silvana Rosa da Silva

    17-07-2012 às 20:22:07

    Olá,estou fazendo curso de mestre de obras,gostaría de receber se possível lista de ferramentas com explicações para que serão utilizadas.Obrigado

    ¬ Responder
  • jose cosmejose cosme

    15-06-2012 às 09:03:25

    OLÁ , GOSTARIA DE RECEBER UMA LISTA CONTENDO OS MOMES DE TODAS AS FERRAMENTAS MANUAIS, ELETRICAS,E MECANICAS...

    OBRIGADO

    ¬ Responder
  • domingues

    09-05-2013 às 12:27:24

    se fosse a escrever todas as ferramentas necessarias na construçao civil nao tinha mais fim

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãolara

    24-04-2012 às 12:32:04

    vcs sao patetasss

    ¬ Responder
  • Jeronimo Daniel PilinhaJeronimo Daniel Pilinha

    27-03-2012 às 15:44:04

    ola! eu gostaria de saber qual a relevancia da construcao civil para a humanidade!

    ¬ Responder
  • paulo

    06-02-2013 às 17:03:50

    meu amigo, as vezes nos preocupamos com certos comentários, e duvidas que nos afligem... resumidamente a relevancia se resume simplesmente que se não fosse a construção civil, vc provavelmente estaria morando em uma caverna, no alto de uma arvore ou mesmo num buraco no chão....

    ¬ Responder
  • Cláudio RobertoCláudio Roberto

    03-12-2011 às 14:13:03

    Boa tarde! gostaria de saber se vc tem ou pode indicar onde encontrar uma maquina que chapa a massa na parede, eu vi em reportagem na tv.
    Desde já agradeço!!!

    ¬ Responder
  • flavioflavio

    08-07-2012 às 23:57:04

    Para Claudio Roberto
    tenho a maquina de chapar parede e ela tambem leva massa de cimento para o assentamento pratico de tijolo ou bloco e seme nova;qualquer coisa entre em contato(92)81121226 [email protected]

    ¬ Responder
  • Bruno JorgeBruno Jorge

    12-05-2011 às 14:48:24

    @Ricardo
    Podemos futuramente inserir dados mais actualizados, sim. Estamos em fase de remodelar muitos destes textos e conteúdos mais antigos. Assim que possível actualizaremos este texto.
    Obrigado pela visita e comentário

    ¬ Responder
  • mauromauro

    12-05-2011 às 14:41:44

    voces podem mostrar como pode-se fabricar um nivel de bolha?

    ¬ Responder
  • Alex

    18-08-2012 às 17:41:37

    Olá!
    Eu fabrico níveis de bolha já a alguns anos,antes de ser montado a peça na madeira,ela tem que ser fabricada de uma forma artesanal( bolha em um tubo de vidro)Compre tubos de vidro do grossura desejada .Você tem que usar um maçarico para dar forma de ampola, depois você faz a serigrafia no meio da ampola com uma tinta especial.aí você usa outro tipo de maçarico para fazer o grau desejado na ampola.Em outro processo também no maçarico corta -se a traseira da ampola ,depois encha a bolha com álcool e depois solda-se também no maçarico a ponta que estava aberta . Está pronta a bolha de nível.Faço isso desde
    1986.

    ¬ Responder
  • walker barbosa

    16-01-2013 às 02:41:21

    passa me seu contato. Estou na australia
    abracos.

    ¬ Responder
  • Júlio CésarJúlio César

    11-07-2012 às 02:02:07

    Mauro, é melhor comprar um nivel de bolha ou então use o nivel de mangueira, de 5 metros ou 10 metros... mais traquilo e preciso... o nivel de bolha tem que ser aferido caso queira fabrica-lo... não sei se expliquei bem... ok?

    ¬ Responder
  • jussara vieira da silvajussara vieira da silva

    12-04-2011 às 04:14:53

    Gostaria de saber os nomes de todas as ferramentas utilizadas na cosntrução civil desde ja agradeço pela atenção

    ¬ Responder
  • AlexAlex

    06-04-2011 às 15:15:39

    Olá Fabiane!!!! Gostei muito das informações sobre ferramentas. Gostaria de saber se vc tem algum manual de ferramentas para cada parte da construção. Ex: para executar hidráulica de uma residência que ferramentas usar? Valeuuu.

    ¬ Responder
  • MarcosMarcos

    16-03-2011 às 13:13:13

    Bom dia estou fazendo um trabalho no curso técnico e preciso de algumas informações, como por exemplo uma lista com o maior número de equipamentos e ferramentas usados na construção civil.e a sua utilidade.
    Desde já agradeço!!!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDiogo

    01-02-2011 às 18:44:45

    @Ricardo
    Bom, sobre a Betoneira posso te dizer que o nome é derivado do alemão "Beton" que quer dizer concreto, ou betão em português. Trocando em miúdos significa máquina para fazer concreto. Mais informações sobre Utilização, Tipo, Capacidade e Equipamentos complementares no link: http://pt.wikipedia.org/wiki/Betoneira
    Espero ter ajudado!

    ¬ Responder
  • Luciano SaitoRayane

    16-08-2010 às 00:58:40

    Olá, estou fazendo um trabalho no curso técnico e preciso de algumas informações, como por exemplo uma lista com o maior número de equipamentos e ferramentas usados na constraução civil. Será possível vocês me enviarem?!
    Desde já agradeço!!!

    ¬ Responder
  • tarcisiotarcisio

    14-08-2010 às 18:16:09

    Gotaria de saber, se vocês podem me passar uma lista com todas as ferramentas e equipamentos utilizados na construção civil,e/ou um site onde posso encontrar??!!

    ¬ Responder
  • Antao EvoraAntao Evora

    23-06-2010 às 19:09:19

    Olá Tudo bem. gostaria de ter um apostila de utensilios e ferramentas utilizadas em obras de construçao civil. obbrgado

    ¬ Responder
  • vanderlei silvavanderlei silva

    13-05-2010 às 22:11:40

    Gotaria de saber, se vocês podem me passar uma lista com todas as ferramentas e equipamentos utilizados na construção civil,e/ou um site onde posso encontrar??!!

    ¬ Responder
  • josé Sousajosé Sousa

    10-04-2010 às 17:47:35

    Estas muito desatualizado nos materiais hoje em dia utilizados.
    Sem comentarios.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoRicardo

    25-02-2010 às 14:12:41

    Olá! Tem alguma informação sobre máquinas, tipo betoneira, perfuratriz e outras desse genero?

    ¬ Responder

Comentários - Principais Ferramentas na Construção Civil

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O altíssimo preço da Vida

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Literatura
O altíssimo preço da Vida\"Rua
Altíssimo preço da Vida
Numa certa manhã de sol, a menina olhos clara chamada Clarisse acorda e antes que os seus familiares acordassem, ela sai para ir ao mercado até que seguindo pela calçada um rapaz desembalando uma droga em meio a um plástico logo a sua frente senta-se logo a sua frente tendo o efeito da cocaína sendo ali realizado e ajoelhado aos seus pés clama pela ajuda dela, mas um de seus melhores amigos pelo qual esconde a sete chaves um sentimento bom à vista alvejada pelo moço, olha para os dois lados da rua para atravessar, empurrá-la e chutar o rapaz que somente queria alimentar-se e uma blusa de frio.


- Por que fez isso? Ele não iria me fazer nada.
- E o que ele queria com você?
- Não sei. Você não o deixou falar!
- Com essas coisas você sabe que não pode brincar! Sabe lá que esse rapaz poderia fazer com você.
- Está certo. Só que olha lá! Ele está passando mal [...] Não vamos continuar sendo insensíveis e cegos igual ao mundo inteiro! Pelo menos vamos ali comprar um pão para ele comer, tira essa camiseta e dá a ele!
- Quem não garante que ali na esquina ele não troque o pão e a camiseta ali na esquina com um vendedor [...].
- Não pode pensar assim toda vez [...]. As pessoas são diferentes umas das outras pelo pensamento olha pra gente agora! E quem garante que ele vai comer aqui mesmo o pão e por a camiseta ou ali na esquina mesmo!
- Ok. Faça o quiser! Depois não diga que eu não avisei. – Começou a andar em direção à sua casa.
- Vai pra onde?
- Pra onde você acha? A minha mãe está me esperando para tomar café.
- Vai com Deus.


- Amém. – Saiu em direção à sua casa.
Ela estendeu o braço para o moço levantar.
- Me acompanharia até o supermercado?
- Sim. Se não for nenhum incômodo!
- Sem drama! – Respondeu ela.
- Obrigado por ter me ajudado! Aquele menino é alguma coisa sua?
- Só um amigo e nada mais.
- Entendi. Prefere comer o quê?
- Qualquer coisa! Não importa o que seja.
- Ok.
- Só você vive essa vida nas drogas da sua família?
- A minha história o que ela tem de grande, complexa e um pouco engraçado é bem capaz de que não entenda, mas, respondendo a sua pergunta. Sou o único da família!
- Por que engraçado?
- Por conta do vício perdi um diamante raro [...].
- É poeta?
- Não! Quem me dera ser poeta. – Sorriu.
- Quando disse no diamante raro, em quem estava se referindo?
- Minha mãe [...]. Uma divina com o fornecedor foi bastante para que ela morresse!
- Nossa! Que triste. Isso explicaria o porquê de estar morando na rua?
- Sim.


- Nunca pensou em esclarecer esse desentendido?
- Não adiantaria, pois não me aceitaria da forma de como sou.
- Será que não?
- Queria pedir a eles perdão pelo meu jeito mesmo que isso não traga a minha família de volta!
- Por que você não tenta?
- Não tenho mais coragem de olhá-los no fundo dos olhos [...].
- Por que não?
- Por conta desse vício maldito!
- E se propor a eles de que irá se tratar [...]. Vocês podem promover uma campanha em todo canto para a arrecadação da verba para o tratamento!
- Como e por onde eu começo?
- Aí meu Deus! – Espantada ao olhar o relógio.
- O que foi?
- Preciso ir! O meu pai vai acordar para tomar café e ir trabalhar. Encontra-me aqui mais tarde?
- Que horas?
- Ao anoitecer.
- Tudo bem.
- Tchau. – Deu um beijo na bochecha do rapaz entrou correndo no mercado. Comprou o pão e foi correndo para casa.
- Que demora menina! – Falou a mãe.
- A fila para pegar o pão estava muito grande.
- Ok. Vai acordar o seu pai! – Desligando a boca do fogão que esquentava o café.
- Tá.


Depois do café da manhã ela arrumou a sua cama, arrumou a mesa do café, disse à sua mãe que iria à casa de sua colega da faculdade para terminar um trabalho quando na verdade ela ia tomar conhecimento do altíssimo preço que às vezes é cobrado por ser bonzinho, ela é pego por trás e pelos braços, o rapaz empurrou ela para dentro de um depósito de lixo e lá ela viveu o pior momento de sua vida. Ela foi abusada por doze rapazes das quais ela não viu o rosto até que o tal viciado chegou e a salvou.
- Nossa! Obrigado. Se não houvesse chegado não sei o que seria de mim.
- Que isso faria de novo se fosse preciso.
- Eu tenho um amigo que é locutor de rádio que pode te ajudar a pedir perdão à sua família!
- Ah é! E em qual rádio ele trabalha?
- É aqui perto!
- Mas tem aquelas rádios de transmissão nacional e municipal.
- Entendi. Aí eu já não sei, mas nós podemos perguntar!
- Boa!
Eles foram até a central da rádio que ficava a duas quadras dali. Ela conversou com o seu amigo que permitiu que o moço fizesse a mensagem e que fosse transmitida pela rádio. No entanto, quando sua irmã ouviu a mensagem do outro lado, as lágrimas rolaram e ela acabou deixando cair no chão uma travessa de vidro que estava secando cair no chão e o irmão dela pergunta.
- O que foi? Está tudo bem aí?
- O nosso irmão está no rádio!
- O que foi? – Saltou da cama o rapaz impressionado. – Ele disse aonde e como está? – Perguntou.
- Zona sul de São Paulo.
- Mas deixou o endereço?
- Não.


- Que rádio é?
- Metropolitana.
- Pega o número telefônico no site!
- Isso que estou fazendo agora.
Depois de pegar o número na internet a menina pegou e discou no telefone, mas somente caía na caixa postal.
- E aí?
- Caiu já na caixa postal novamente!
- O que acha de nós irmos pra lá de novo?
- Uma boa, mas você tem dinheiro?
- Sim. Só falta saber qual é o preço da passagem na rodoviária!
- Vou dar uma pesquisada aqui!
- O que você quebrou?
- A travessa de vidro. O que vamos dizer ao papai?
- Que nós vamos fazer uma visita a um amigo seu.
- Tá. Ok!
Ao fim da tarde ela chegou a na cidade de São Paulo e foram logo a radio. Disseram que o rapaz pelo qual foi cedido o espaço na programação é irmão deles. Com isso o radialista ligou para a sua amiga dele e combinou um local para fazer o encontro surpresa da família toda reunida no dia seguinte.
No amanhecer do dia seguindo o rapaz, morador de rua foi acordado por sua nova amiga e ela pediu que ele a acompanhasse sem que soubesse de nada. Quando chegou a uma praça ele logo reconheceu os seus irmãos de costas para ele que não conseguiu a partir de então segurar as lágrimas e eles enfim, se perdoaram e disseram um ao outro que nada e ninguém viriam a separá-los novamente.
O amigo radialista da garota percebeu de que estava com umas marcas estranhas e perguntou descontraído.
- O que te aconteceu?
- Passei por um episódio triste ontem.
- O que aconteceu?


- Quase fui estuprada ontem [...] Só não fui graças a este meu amigo.
- Já foi à delegacia fazer o boletim de ocorrência? Contou aos seus pais?
- Ainda não.
- Está esperando o quê? Quer que eu ajude você estando contigo quando contar?
- Estou com medo! Sim.
- Não é pra menos!
Deixaram-nos lá no momento angelical e familiar e ela foi lá com o radialista contar e não foi pra menos, sua família deu parte na delegacia além de promover uma campanha contra esses absurdos na vida de uma mulher.

Pesquisar mais textos:

Kaique Barros

Título:O altíssimo preço da Vida

Autor:Kaique Barros(todos os textos)

Imagem por: tao_zhyn

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios