Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Dicas para cuidar das varizes na gravidez

Dicas para cuidar das varizes na gravidez

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Beleza
Dicas para cuidar das varizes na gravidez

Um problema que pode surgir em qualquer fase da vida são as varizes, mas na gestação a mulher tem ainda mais chances de sofrer com esse incomodo. E isso ocorre, pois na gravidez ocorrem várias mudanças hormonais e a pressão nos vasos sanguíneos aumenta devido à expansão do abdome. Pensando nisso, confira algumas dicas para cuidar das varizes na gravidez.

O que são varizes? Elas nada mais são do que veias dilatadas que surgem na região das pernas, ocasionando dores, inchaço e até mesmo, problemas mais graves, como as úlceras na pele. As varizes podem ser identificadas de três formas: pequenas linhas vermelhas, veias mais grossas de cor azulada ou nódulos mais espessos que saltam a pele.

Este problema pode surgir na gravidez, pois com o desenvolvimento do feto no útero as veias na área do abdome começam a ficar comprimidas. E isso aliado a fatores como aumento de peso, de circulação sanguínea e de hormônios, as veias das pernas podem ficar dilatadas, ocasionando o aparecimento das varizes.

Principais causas do aparecimento de varizes: sedentarismo; hereditariedade; uso de hormônios (como pílulas anticoncepcionais); aumento do peso.

Dicas para evitar varizes na gravidez:
- Nunca deixe de fazer exercícios físicos leves, como por exemplo, a caminhada;
- Não fique muito tempo parada na mesma posição;
- Evite passar muito tempo em pé;
- Evite ficar muito tempo exposta ao sol;
- Evite o hábito de fumar;
- Evite saunas, banhos muito quentes ou hidromassagem;
- Procure descansar os pés sempre que possível, para isso, eleve-os na altura linear do quadril.
- Usar meias calças é uma forma de evitar o aparecimento de varizes durante a gravidez.

Como tratar as varizes na gravidez:

1 – Duas ótimas formas de tratamento e prevenção das varizes são as massagens e a drenagem linfática, pois elas ajudam a ativar a circulação sanguínea das pernas.

2 – As gestantes que apresentam varizes devem procurar um angiologista ou médico vascular. Estes profissionais poderão indicar o melhor método de tratamento das varizes.

3 - Cirurgia para varizes pode ser uma opção de tratamento, mas esta somente deve ser realizada alguns meses após o nascimento do bebê.

4 - A escleroterapia química é outro tipo de tratamento, em que uma substância é aplicada para secar a veia. Mas este tratamento contra varizes também só pode ser feito após o nascimento do bebê.

Por fim, em todos os casos, antes de recorrer a algum tipo de tratamento contra varizes, procure a orientação de um médico especializado.


Rua Direita

Título: Dicas para cuidar das varizes na gravidez

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

666 

Comentários - Dicas para cuidar das varizes na gravidez

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios