Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > O melhor tratamento para cada tipo de cabelo

O melhor tratamento para cada tipo de cabelo

Categoria: Beleza
Visitas: 26
O melhor tratamento para cada tipo de cabelo

Assim como a pele, existem diversos tipos de cabelo. A indústria cosmética cada vez mais vem ampliando seu leque de opções quando o assunto é tratamento capilar. Esses produtos vem para atender às necessidades de cada tipo de cabelo, para que o resultado do tratamento possa ser bem mais eficaz. Por isso é importante que você saiba qual seu tipo, assim você pode optar pelos produtos que mais se adequam à estrutura do seu cabelo. Depois disso, é importante que você avalie do que seu cabelo precisa, pois cada tratamento tem suas particularidades e é indicado para problemas diferentes. Aqui listaremos quais os tratamentos mais adequados para cada tipo de cabelo. Confira agora os cuidados que cada tipo de fio exige e escolha o que é melhor para o seu caso.

Cabelos secos
Este tipo de cabelo tem a aparência opaca e áspera. Geralmente é bem desidratado e quebra com facilidade. O tipo de tratamento recomendado para este cabelo são aqueles à base de aminoácidos e lipídios, pois estes acabam por devolver os nutrientes que foram perdidos por conta do ressecamento. Escovas progressivas não são indicadas para quem tem cabelo seco, pois tornam o mesmo ainda mais quebradiço. Outra dica é fazer uso de produtos sem enxágue. Eles ajudam a evitar o aspecto ressecado e protegem os fios.

Cabelos oleosos
Este tipo mantém a oleosidade concentrada na raiz e comprimento, dando um aspecto de cabelo sujo. O tratamento para este tipo de cabelo deve se concentrar na remoção de impurezas presentes no couro cabeludo, proporcionando hidratação aos fios. Um tratamento atualmente muito requisitado para cabelos oleosos, é a argiloterapia. Este processo age como um peeling capilar, eliminando células mortas. Para ajudar na boa aparência dos fios, lave-os frequentemente com água fria, usando pouco condicionador e evitando cremes sem enxágue.

Cabelos tingidos
Estes fios são aqueles que mais demandam cuidados. É indicado para quem tem cabelos tingidos que, quinzenalmente, façam uso de máscaras capilares para cabelos coloridos. Estas ajudam na manutenção da cor e evitam o desbotamento. Também é muito importante que se faça uma hidratação a cada semana, para que se possa repor os nutrientes perdidos no processo de tingimento. O ideal é que se escolha uma boa marca de linha reparadora, pois elas agem como antioxidantes e blindam os pigmentos da tinta, prolongando a cor nos fios, além de nutri-los e hidratá-los.

Cabelos normais
Cabelos normais possuem uma estrutura mais equilibrada: não tem aparência ressecada e a oleosidade está na medida certa. A manutenção deles é muito mais simples. Recomenda-se que estes cabelos sejam lavados de dois em dois dias, com shampoo neutro. Cremes leave-in ajudam a mantê-los hidratados e com brilho. Muito cuidado ao usar máscaras capilares, pois em excesso, elas deixam os fios pesados e com aparência modificada. Evite usar produtos para outros tipos de cabelo, pois estes podem acabar alterando a estrutura dos seus fios.

Cabelos com química
Geralmente são cabelos que contém químicas de alisamento e progressiva. Para contornar os danos causados pelo excesso de química, indica-se a reconstrução capilar. Este tratamento repõe nutrientes, restaura a fibra capilar e hidrata, deixando os fios com aparência mais natural e saudável.

Cabelos crespos
Cabelos crespos possuem uma estrutura que dificulta a distribuição uniforme da oleosidade pelos fios. Com isso, o cabelo acaba se tornando quebradiço e ressecado. Para quem possui este tipo de cabelo, recomenda-se o uso de derivados de silicone, óleos vegetais e proteínas. Estes fecham as escamas do cabelo e repõem alguns nutrientes.

Cabelos lisos
É um cabelo que apesar de ter uma maior resistência, apresenta menos flexibilidade. Isto faz com que esses fios quebrem com muita facilidade. Evite o excesso de produtos, que acabam deixando o cabelo mais oleoso e pesado. Quinzenalmente, aplique um shampoo de limpeza profunda e hidrate apenas as pontas. Esse processo ajuda a remover a oleosidade, deixando o cabelo mais solto e saudável.
Sempre invista em produtos bons e específicos, que se adeque às suas necessidades capilares. É importante que você faça a manutenção e hidratação dos fios em casa. Independente do seu tipo de cabelo, o mais ideal seria que você procurasse o auxílio de profissionais da área, pois estes estão bem mais qualificados para identificar melhor seu tipo de cabelo, indicando assim o tratamento mais adequado para deixar suas madeixas saudáveis e maravilhosas!


Kamilla Campelo

Título: O melhor tratamento para cada tipo de cabelo

Autor: Kamilla Campelo (todos os textos)

Visitas: 26

1 

Comentários - O melhor tratamento para cada tipo de cabelo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Pulp Fiction: 20 anos depois

Ler próximo texto...

Tema: Arte
Pulp Fiction: 20 anos depois\"Rua
Faz hoje 20 anos que estreou um dos mais importantes ícones cinematográficos americanos.

Pulp Fiction é um marco do cinema, que atirou para a ribalta Quentin Tarantino e as suas ideias controversas (ainda poucos tinham visto o brilhante “Cães Danados”).

Repleto de referências ao cinema dos anos 70 e com uma escolha de casting excepcional, Pulp Fiction conquistou o público com um discurso incisivo (os monólogos bíblicos de Samuel L. Jackson são um exemplo disso), uma violência propositadamente mordaz e uma não linearidade na sucessão dos acontecimentos, tudo isto, associado a um ritmo alucinante.

As três narrativas principais entrelaçadas de dois assassinos, um pugilista e um casal, valeram-lhe a nomeação para sete Óscares da Academia, acabando por vencer na categoria de Melhor Argumento Original, ganhando também o Globo de Ouro para Melhor Argumento e a Palma D'Ouro do Festival de Cannes para Melhor Filme.

O elenco era composto por nomes como John Travolta, Samuel L. Jackson, Bruce Willis, Uma Thurman e (porque há um português em cada canto do mundo) Maria de Medeiros.

Para muitos a sua banda sonora continua a constar na lista das melhores de sempre, e na memória cinéfila, ficam eternamente, os passos de dança de Uma Thurman e Travolta.

As personagens pareciam ser feitas à medida de cada actor.
Para John Travolta, até então conhecido pelos musicais “Grease” e “Febre de Sábado à Noite”, dar vida a Vincent Vega foi como um renascer na sua carreira.

Uma Thurman começou por recusar o papel de Mia Wallace, mas Tarantino soube ser persuasivo e leu-lhe o guião ao telefone até ela o aceitar.

Começava ali uma parceria profissional (como é habitual de Tarantino) que voltaria ao topo do sucesso com “Kill Bill”, quase 10 anos depois.

Com um humor negro afiadíssimo, Tarantino provou em 1994 que veio para revolucionar o cinema independente americano e nasceu aí uma inspirada carreira de sucesso, que ainda hoje é politicamente incorrecta, contradizendo-se da restante indústria.

Pulp Fiction é uma obra genial. Uma obra crua e simultaneamente refrescante, que sobreviveu ao tempo e se tornou um clássico.
Pulp Fiction foi uma lição de cinema!

Curiosidade Cinéfila:
pulp fiction ou revista pulp são nomes dados a revistas feitas com papel de baixa qualidade a partir do início de 1900. Essas revistas geralmente eram dedicadas às histórias de fantasia e ficção científica e o termo “pulp fiction” foi usado para descrever histórias de qualidade menor ou absurdas.

Pesquisar mais textos:

Carla Correia

Título:Pulp Fiction: 20 anos depois

Autor:Carla Correia(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios