Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Brinquedos > Brinquedos próprios para bebês

Brinquedos próprios para bebês

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Brinquedos
Brinquedos próprios para bebês

É dezembro. Mês propício à troca de agrados, para adultos ou crianças. Os pequenos esperam ansiosamente pelo seu presente que, necessariamente, deve ser um brinquedo. Parece uma tarefa fácil, mas quando a criança é ainda um bebê, é normal as mães terem dúvidas quanto ao que será bom para o seu filho.


Um bom brinquedo deve proporcionar diversão e entretenimento, sem negligenciar a segurança e o bem-estar do pequeno dono. Na hora de comprar, considere principalmente a idade do bebê e seu desenvolvimento psicológico e motor. Para ajudar sua escolha e garantir o conforto e alegria de seu bebê com o novo brinquedo, selecionamos algumas orientações úteis para decidir-se.


Até os seis meses, a fase é de descoberta do mundo através da visão, audição e tato. O movimento dos móbiles vai encantá-lo, e os guizos ou brinquedos de borracha para apertar e emitir sons, o farão rir à toa.


Seguindo para o primeiro aninho, vai gostar de movimentar seus brinquedos. É hora dos carrinhos e brinquedos que flutuam. As bolas continuam um vislumbre, variando de tamanho, cores e consistências. Nesta fase, há a descoberta do paladar. Evite brinquedos com partes miúdas e o riscos de engasgos. Blocos grandes e macios vão agradar.


Entre 12 e 18 meses, quando o bebê já se movimenta praticamente sozinho, também deseja a autonomia dos brinquedos. Por isso, qualquer coisa para empurrar ou puxar, será ótimo. Blocos de montar ou empilhar exercitam a atenção, e tintas e papéis servem à criatividade. Caixas de música não serão dispensadas.


Até os 2 aninhos, há o deslumbre de como as coisas funcionam. Brinquedos para montar, encaixar, apertar, provocar barulhos, são irresistíveis. Gravadores, embora não sejam brinquedos, assim parecerão, quando o bebê puder ouvir-se e descobrir seus próprios sons. Pequenos pianos, microfones ou telefones completam a lista.


Daí para os 3 anos e meio, é o mundo do faz de conta. A criança será o “médico”, “professor” ou “mãe” que vai “cuidar” e “orientar” seus bonecos. Invista nesse mundo. Brinquedos para construir, puzzles, ferramentas, artigos caseiros, são boas opções.


Depois dessa idade, o bebê está se inserindo no universo escolar e social, e já pode optar. O conhecimento torna-se mais amplo, mas ele necessita exercitar a criatividade e assegurar o outro mundo de que faz parte, quando sua fantasia e sua inteligência dão as mãos e ele mergulha pra valer na aventura de brincar. É hora de ouvi-lo.



Hediene

Título: Brinquedos próprios para bebês

Autor: Hediene Hediene (todos os textos)

Visitas: 0

636 

Imagem por: alex_lee2001

Comentários - Brinquedos próprios para bebês

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Beleza
Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente\"Rua
Com a chegada do verão, os cuidados com a pele precisam ser intensificados. É claro que, independente da estação, os cuidados com a saúde e beleza são fundamentais. Mas, no verão, alguns problemas de pele, principalmente da face, tornam-se mais frequentes e, com isso, surgem algumas preocupações. A boa notícia é que, a maior parte dessas preocupações podem ser amenizadas ou até mesmo solucionadas com dicas caseiras de cuidado com a pele.

Logo, certos cuidados como o uso regular de bloqueador solar é importantíssimo, não só para evitar manchas no rosto e no corpo, como também, para evitar doenças graves como o temido câncer de pele. Por isso, a boa hidratação, a limpeza correta da face e o uso de cremes faciais com proteção contra os raios ultravioletas UVA e UVB não podem ser menosprezados.

Outro detalhe relevante é a escolha da alimentação. Para ter uma pele saudável e bonita é preciso evitar o uso de certos alimentos. Sabe-se que os conservantes, corantes e similares, que estão sempre presentes nos alimentos industrializados provocam alergias e outros problemas. Essas substâncias podem fazer surgir ou intensificar doenças como o melasma, aquelas manchas escuras na face. E, essas manchas são sensíveis ao calor do sol e, dependendo da pele, o tratamento exige bastante tempo e recursos financeiros para cuidados e acompanhamento dermatológico.

Mas, você pode preparar em casa uma loção para limpar a pele, reduzir ou até mesmo remover essas manchas escuras. Você vai precisar de um pêssego maduro, um pouco de hidratante facial e uma bisnaga de Bepantol, que é um creme com vitamina A.

Dicas para preparar seu creme removedor de manchas na pele:

Primeiramente, faça o creme de pêssego: é só bater no Mix o pêssego com um pouquinho de água. Para facilitar, amasse o pêssego com uma colher antes de bater no Mix. Depois, peneire a massa de pêssego para o creme ficar mais homogêneo. Em seguida, misture a terça parte da bisnaga de Bepantol ao pêssego com uma colher, preferencialmente de madeira ou de plástico. Com um algodão e com movimentos suaves, aplique a loção no rosto e deixe agir por 40 minutos. Depois lave com água abundante. Evite o uso de esfoliante porque a pele ficará muito sensível. Essa loção pode ser usada até três vezes na semana. Não use sobras de creme.

Pesquisar mais textos:

Zilma Silva

Título:Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente

Autor:Zilma Silva(todos os textos)

Imagem por: alex_lee2001

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios