Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Brinquedos > Optar por brinquedos seguros

Optar por brinquedos seguros

Categoria: Brinquedos
Visitas: 6
Comentários: 2
Optar por brinquedos seguros

Um brinquedo proporciona à criança momentos de grande prazer mas é necessário ter em atenção a sua segurança. Esta é fundamental em qualquer circunstância mas quando se tratam de brinquedos.

Cabe aos pais e educadores zelar para que as brincadeiras se dêem num ambiente seguro. Algo que pode reduzir os riscos de acidente é também é um bom momento de relacionamento.

Por isso mesmo, a escolha de um brinquedo deverá ser feita com muito rigor, pois só assim se poderá evitar a ocorrência de muitos acidentes.

Não compre brinquedos que não tenham a marca “CE”. Esta é obrigatória e deverá ser colocada pelo fabricante sobre o brinquedo ou embalagem de modo bem visível.

Uma das primeiras coisas a fazer quando se compra um brinquedo é assegurar que este é adequado à criança. Os brinquedos possuem uma classificação de acordo com a idade, que deverá ser levada em conta. Todavia, como se trata apenas de uma recomendação, não se esqueça de verificar o brinquedo. Leia os avisos, verifique se tem arestas que possam, ou peças pequenas que possam ser engolidas. Analise o material de que o brinquedo é feito, se é ou não resistente e se possui elementos que possam ser retirados com facilidade.

Como o bebé deseja agarrar, chupar e morder tudo o que apanha, os brinquedos para estes devem ser ainda escolhidos com mais rigor: devem ser laváveis e não podem ter pontas afiadas nem arestas. Também não podem ser muito pequenos.

Se possível, no momento de escolha de um brinquedo que vai oferecer, tenha em atenção se há outras crianças mais pequenas na família. É também muito importante que a criança se habitue a arrumar os seus brinquedos depois de ter terminado a brincadeira. Muitos acidentes domésticos acontecem por desarrumação.

No caso de um brinquedo que magoe uma criança, por falta de segurança, os pais poderão apresentar queixa do sucedido na Inspecção-Geral das Actividades Económicas, bastando levar o brinquedo que provocou o acidente e todas as provas que conseguir reunir.

Se não resistir à compra de um peluche, não os escolha com o pêlo muito longo e verifique sempre se este se solta com facilidade, para evitar que seja ingerido.



Catarina Bandeira

Título: Optar por brinquedos seguros

Autor: Catarina Bandeira (todos os textos)

Visitas: 6

779 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    25-04-2014 às 18:25:51

    Recomenda-se sempre optar por brinquedos seguros, eles são os melhores mesmo. Obrigada pelas observações tão úteis e fundamentais.

    ¬ Responder
  • umdolitoys

    23-01-2013 às 05:51:35

    Muito interessante!!!

    Espero que gostem!

    Obrigado!

    ¬ Responder

Comentários - Optar por brinquedos seguros

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios