Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Materiais Construção > MDF ou MDP

MDF ou MDP

Visitas: 24
Comentários: 6
MDF ou MDP

Quantas vezes você já se perguntou qual a diferença afinal entre MDF e MDP ao ouvir falar principalmente na matéria prima de móveis? E pior ainda quando o vendedor de uma loja lhe da uma explicação totalmente contraria a que você recebeu em outra loja.

Saiba que tanto o MDF quanto o MDP são ótimos materiais, mas cada qual tem suas peculiaridades e utilizações.

A produção do MDF é feita a partir da transformação das toras de madeira em fibras que, misturadas às resinas e prensada em prensa contínua, se transformam em chapas que saem da linha de produção já com revestimento ou não. O uso mais recomendado é em trabalhos em baixo relevo, por isso é mais usado nas portas dos móveis.

Já o MDP tem sua produção a partir da transformação de toras de madeira em partículas, que são aglutinadas e entrelaçadas com resinas especiais de última geração, isto garante maior estabilidade dimensional do painel além de grande resistência à flexão, ainda possui a vantagem de ter um aproveitamento maior da matéria-prima do que o MDF, e é justamente por isso que seu custo se torna menor.

Ao contrario do MDP, o MDP deve ser trabalhado em partes retas, sem entalhes ou cantos arredondados e sem trabalhos em baixo. Por estes motivos sua principal aplicação são em portas retas, laterais de móveis, prateleiras, divisórias, tampos retos, tampos pós-formados, base superior e inferior, além de frentes e laterais de gaveta.

Encontramos o MDP com revestimento melamínico em Baixa Pressão (BP), Finish Foil (FF), ou sem revestimento para aplicação de lâminas de madeira, laminados de alta-pressão, pintura ou impressão.

A grande diferença entre MDF e MDP, é que no MDP utilizam-se partículas de madeira em camadas, as mais finas ficam na superfície e as mais grossas no miolo. Enquanto que no MDF, aglutinam-se fibras de madeira. Apesar desta diferença, ambos são considerados como painéis de madeira de média densidade.

O MDP é o painel de madeira industrializada mais consumido no mundo para a fabricação de móveis residenciais e comerciais, ele pode ser usado em conjunto com outros painéis, inclusive com o próprio MDF. Por ter um custo mais baixo, a utilização do MDP torna os móveis mais baratos e competitivos sem deixar a qualidade de lado.

O MDP é mais leva e mais fácil de manusear do que o MDF, possui melhor resistência ao arrancamento de parafusos, ao empenamento e tem menor absorção de umidade; e tem um acabamento superior nos processos de impressão, pintura e revestimentos.

A aparência do MDP lembra o antigo aglomerado e mesmo sendo muito superior do que ele em qualidade e durabilidade, para quem não conhece acaba parecendo que o MDP não valha o investimento.

Tanto o MDF como o MDP é vulnerável a ambientes úmidos.


Fabiane Martello

Título: MDF ou MDP

Autor: Fabiane Martello (todos os textos)

Visitas: 24

799 

Imagem por: ydhsu

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 6 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoNelson

    25-05-2014 às 01:28:01

    Quero fazer cozinha qual o que devo comprar?

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    28-05-2014 às 04:18:41

    O MDP é o mais recomendável,pois é mais resistente e suporta a mobilidade com facilidade, além também de ter maior durabilidade quando exposto a umidade do ambiente.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoavata

    14-08-2014 às 19:17:36

    MDP É A POHA DO AGLOMERADO COM NOME MAIS BONITO... TENHO EM CASA

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    12-05-2014 às 12:39:40

    Tanto o MDF como o MDP são diferentes em alguns aspectos, mas geram um conforto muito grande, além de sua beleza e durabilidade.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • vanessa silva de melo

    27-03-2014 às 21:05:24

    estou querendo comprar uma estante que seu material é em MDP,mas estou com dúvidas quanto sua procedência,se é boa ou não,gostaria que me dessse uma opinião.

    ¬ Responder
  • Gil CleberGil Cleber

    26-12-2010 às 03:08:43

    Peço que me dêem a seguinte orientação acerca do MDF: sou pintor, e estou cogitando o uso de MDF para preparação de painéis para pintura de quadros a óleo. Vocês acham que o material é adequado? Tem resistência e durabilidade? (a preparação, nesse caso, requer total impermeabilização da placa de MDF, já que parece que o material é susceptível de danificar-se com a umidade)

    ¬ Responder

Comentários - MDF ou MDP

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Dicas para decorar salas pequenas.

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Decoração
Dicas para decorar salas pequenas.\"Rua
A realidade das grandes cidades é que a maioria das pessoas mora em espaços pequenos. É fato também que todos desejam ter um ambiente acolhedor e aconchegante para receber amigos. Em contrapartida, na medida em que os espaços encolhem, a quantidade de aparelhos eletrônicos que utilizamos aumenta cada vez mais. Há ainda quem use a sala como home-office.

Nesta busca de inspiração para organizar e incrementar sua sala, encontramos uma série de sites especializados e blogs com muitas, muitas ideias. O conceito de D.I.Y. (do it yourself) que significa "faça você mesmo” nunca esteve tão na moda. É uma alternativa para reduzir gastos com mão de obra e nada melhor do que criar um espaço com um toque todo seu. Inspirações e ideias não faltam. Hoje, de certa forma todos nos sentimos meio decoradores.

Mas planejar a decoração de uma sala pequena exige alguns cuidados para que o ambiente não fique entulhado de móveis, disfuncional ou até mesmo desagradável.

Confira algumas dicas para decorar sua sala com estilo e valorizando seu espaço:
Os espelhos, além da autocontemplação, causam efeitos interessantes. Aplicados, por exemplo, em uma parede inteira pode duplicar a amplitude do ambiente. Pode ser usado também em móveis, tetos, em diversos formatos e valorizar a luminosidade da decoração.

As cores tem poder de causar sensações. Em ambientes com pouco espaço, elas podem colaborar para que a sensação de amplitude possa tanto aumentar quanto diminuir. Para pintar as paredes de sua sala aposte em cores claras. O teto com uma cor mais clara que a das paredes, por exemplo, pode simular uma elevação do teto, já em uma cor mais escura, promoverá uma sensação de rebaixamento do teto.

A escolha e posição dos móveis são um aspecto muito importante. Opte por poucos móveis, nunca de tamanhos exagerados e posicione-os de forma que valorize o espaço. Móveis que misturam poucos materiais, baixos e com linhas retas proporcionam leveza ao ambiente.

Uma solução muito interessante para espaços pequenos é a utilização de prateleiras. Caixas para produtos horto frutícolas reformadas podem se tornar lindas prateleiras. Mas cuidado com a profundidade, para não atrapalhar na disposição de outros móveis e objetos.

Móveis multifuncionais ou móveis inteligentes são excelentes alternativas para uma sala pequena. Um bom exemplo são pufes, que podem ser usados como mesas de centro ou ficarem alojados debaixo de aparadores e quando recebemos visitas podem se transformar em assentos extras. Mesas dobráveis também são uma ótima opção.

Escolher o mesmo piso ou revestimento pode dar a impressão de área maior, de continuidade. Mudanças drásticas de um ambiente para outro pode causar a sensação de divisão e consequentemente fazer parecer menor.

Algumas outras dicas: um sofá retrátil ou reclinável garante muito mais conforto e ocupa o espaço de um sofá simples. Suporte ou painéis móveis para TV possibilitam que ela seja movida na direção desejável. Caso o ambiente tenha escadas, escolher um modelo de escadas vazadas evita divisões e pode se tornar uma peça de destaque na sala. E para as cortinas, escolha tecidos leves, lisas e sem estampas.

De qualquer forma, ouse, não tenha medo de arriscar, crie, não copie, só assim será seu!

Luciana Santos.

Outros textos do autor:
Dicas para decorar salas pequenas.

Pesquisar mais textos:

Luciana Maria dos Santos

Título:Dicas para decorar salas pequenas.

Autor:Luciana Maria Santos(todos os textos)

Imagem por: ydhsu

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Carlos Rubens Neto 16-06-2016 às 16:20:24

    Excelente matéria! Parabéns Luciana ;)

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios