Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Bricolage Jardim > Orquídeas - saiba cultivá-las!

Orquídeas - saiba cultivá-las!

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Bricolage Jardim
Orquídeas - saiba cultivá-las!

As orquídeas estão geralmente agrupadas em duas grandes categorias que caracterizam os seus hábitos de crescimento. As orquídeas monopodiais têm uma haste única na posição vertical, com as folhas dispostas opostas uma à outra ao longo da haste. A haste da flor aparece a partir da base das folhas mais superiores. As orquídeas com este tipo de crescimento incluem a phalaenopsis e as vandas.

O hábito de crescimento mais comum é o simpodial. Estas orquídeas crescem horizontalmente. As folhas e escapos florais formam-se na parte superior dos rebentos novos. Muitas orquídeas simpodiais formam pseudobulbos, que são brotos inchados que armazenam água e nutrientes para ajudar a planta a sobreviver a períodos de seca prolongada. As orquídeas simpodiais incluem a cattleya, a cymbidium, a dendrobium e a oncidium.

As orquídeas também podem ser classificadas pelo seu habitat natural, o que dá uma indicação dos níveis de humidade, temperatura e luz que elas preferem. as orquídeas nativas do trópico húmido, como as Phalaenopsis e Paphiopedilum, preferem temperaturas diurnas de 22° a 24°C, com 80 a 90 por cento de humidade. Eles são mais felizes numa janela do leste ou sudest da casa, onde a luz não seja muito intensa.

As orquídeas de clima quente incluem as cymbidiums e dendrobiums. Estas estão acostumadas a uma temperatura média de 13° a 21° C, e a terem uma fonte constante de humidade e boa circulação de ar. Elas geralmente são felizes numa janela virada para sul, embora possam precisar de um pouco de sombra durante o verão.

As Cattleyas e algumas oncidiums crescem onde os dias são secos e relativamente frescos. Elas são capazes de tolerar uma longa estação seca com temperaturas de 27 ° ou 32 °C, seguida por uma estação chuvosa distinta. A sua necessidade de luz é alta, então elas devem ser colocadas numa janela virada para sul e ensolarada.

As orquídeas de grande altitude, como as orquídeas Masdevallia e epidendrum, crescem nas florestas da onde as temperaturas médias são de 16° a 21°C, e a humidade apresenta valores muito altos. Estas orquídeas preferem luz filtrada que não seja muito intensa.

Procure a melhor área da sua casa para que a sua orquídea cresça e se desenvolva saudavelmente.


Ruben Duarte

Título: Orquídeas - saiba cultivá-las!

Autor: Ruben Duarte (todos os textos)

Visitas: 0

657 

Comentários - Orquídeas - saiba cultivá-las!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios