Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Bricolage Jardim > Cuidar das orquídeas Parte 1

Cuidar das orquídeas Parte 1

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Bricolage Jardim
Cuidar das orquídeas Parte 1

Com 30.000 espécies diferentes de orquídeas, é impossível dar cuidados gerais e seguir com detalhe as instruções de cultivo. No entanto, a espécie de orquídeas pode fornecer pistas sobre as suas preferências de luz, água e meio de crescimento.

Se a planta tem poucas folhas (como a maioria das cattleyas e oncidiums) é provável que a planta precise de um ambiente de luz alta. Se as folhas são macias e moles (como alguns phalaenopsis e paphiopedilum), as plantas são provavelmente muito sensíveis à luz, e não devem ser colocadas numa janela virada para sul com sol intenso.

Se a orquídea tem pseudobulbos deve ser regada com moderação e deve ser cultivada em pedaços grossos de casca de árvore ou pedra de lava. Pode exigir regas mais frequentes, ou então deverão ser cultivadas num meio com mais humidade.

Como regra geral, as orquídeas são plantas 'famintas' de luz. Para melhores resultados, elas devem ter 12 a 14 horas de luz por dia, durante todo o ano. Num ambiente tropical, a duração e intensidade da luz natural não variam como acontece em climas temperados. Por esta razão, pode precisar de mover as suas orquídeas ao redor e suplementar com luz artificial para mantê-las 'felizes' durante os meses de inverno.

As janelas viradas a sul e leste são geralmente o melhor local para as orquídeas. As janelas viradas a oeste podem ser muito quentes, e as viradas a norte são geralmente muito escuras. Se não tem uma janela com boa localização para as suas orquídeas, será perfeitamente melhor optar pelo cultivo sob luzes artificiais. As orquídeas devem ser posicionadas não mais do que 6-8 cm de distância a partir de um conjunto de 4 metros de lâmpadas fluorescentes. As novas lâmpadas de espectro total são, provavelmente, a melhor escolha. Algumas orquídeas com requisitos de luz muito elevados, como vandas e Cymbidiums, podem precisar de alta intensidade de iluminação de descarga, a fim de florirem.

As orquídeas terrestres, como as Paphiopedilums e algumas Cymbidiums, crescem no solo. Mas a maioria das orquídeas tropicais são epífitas, o que significa que elas crescem no ar, em vez de no solo. As suas raízes carnudas são cobertas com uma camada de células brancas chamada velame, que atua como uma esponja para absorver a água. O revestimento também protege as raízes de calor e perda de humidade.

Um meio ambiente para o cultivo de orquídeas deve proporcionar boa circulação de ar e água para regar rapidamente. Deve também dar algo às raízes para que se segurem bem e se agarrarem. Dependendo do tipo de orquídea, elas podem crescer em musgo de turfa, casca de pinheiro, lã de rocha, perlite, pepitas, cortiça, pedra, fibras de coco, rocha de lava, ou uma mistura que combine várias destas matérias. Algumas orquídeas epífitas também podem ser ligadas a placas de cortiça. Como regra geral, a casca de pinheiro é o meio mais popular.


Rua Direita

Título: Cuidar das orquídeas Parte 1

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

699 

Comentários - Cuidar das orquídeas Parte 1

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Contador de moedas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Material Escritório
Contador de moedas\"Rua
O mundo dos negócios exige um grande dispêndio de energia e muitas horas de trabalho. No entanto hoje já é possível fazer recurso da alta tecnologia para poupar tempo e dinheiro. O recurso às funções do computador para o comércio facilita e atrai muitos clientes para empresas e comerciantes. No que diz respeito a contas é possível fazer uma contagem rápida e eficaz do dinheiro, sem passar horas a contar e com o risco de engano. É por isso que cada vez mais pessoas ligadas a negócios e serviços optam por adquirir um contador de moedas. Deste modo sabem que poupam tempo e não falham na sua contagem.

Dos inúmeros equipamentos que a alta tecnologia põe ao dispor, este é sem dúvida um equipamento que beneficia em muito o trabalho de muita gente. Por ser pequeno é muito cómodo e exige pouco espaço, ou melhor pode ser colocado em qualquer lugar.

Torna-se evidente que as novas tecnologias vieram para simplificar a vida e trazem muitas vantagens, rentabilizam e poupam tempo. No caso do contador de moedas, sem enganos, falhas e complicações. É o ideal para ter num escritório de uma empresa, em escolas, cafés, pastelarias, salões de jogos, bancos, cinema, serviços financeiros e de tesouraria e outros ligados a serviços públicos e privados.

Em resumo, se está ligado a qualquer trabalho de comércio ou serviços pode poupar muto tempo e problemas apenas colocando um equipamento destes no seu espaço de trabalho. As suas vantagens são inúmeras, em especial: permite realizar uma contagem rápida das moedas dividindo-as e fazendo a sua soma, conta o total das moedas, o valor total em cada tipo de moedas e a quantidade de todas as moedas.

Contem e separa no mínimo duzentas e vinte moedas por minuto, sem erro, conta e separa tudo no mesmo equipamento, permite alimentar o aparelho com quantidades entre as trezentas e quinhentas moedas de cada vez e continuar a adicionar mais moedas enquanto está a contar. Além disso o aparelho pode ser programado para separar um número de moedas predeterminado.

O seu design é bastante inovador e resistente. Os materiais de elevada qualidade, de fácil ligação e paragem automática.

Possui uma elevada funcionalidade, baixo consumo (70W), pouco peso, aproximadamente quatro kg, velocidade ultra rápida, pequena dimensão e estão todos certificados pela EU. Deste modo também possuem garantia, são fáceis de usar e de arrumar.

As suas funções práticas permitem que o contador de moedas possa estar em qualquer lugar.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Contador de moedas

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios