Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Bricolage Jardim > Como Proteger o Tomate Maduro de Pragas

Como Proteger o Tomate Maduro de Pragas

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Bricolage Jardim
Visitas: 42
Comentários: 1
Como Proteger o Tomate Maduro de Pragas

É importante proteger os seus frutos dos predadores com grande apetite!

- Coloque um saco de fecho "zip" ou hermético sobre a fruta quase madura, com muito cuidado, de baixo para cima na haste para proteger o tomate amadurecido de predadores.

- Feche o saco de ambos os lados, na parte superior, por cima do fruto, aproximando-a da haste, deixando-o aberto cerca de 1/4 "(0,6 centímetros) de cada lado para o fluxo de ar fluir.

- Corte o canto inferior para drenagem e fluxo de ar. Em clima quente, com cuidado perfurar mais buracos de ar, 1/2 polegadas (1,2 centímetros fendas), ou menores, funcionará.

- Não fique desapontado por perder frutas para os animais e gastar o tempo a ensacá-los!

- Outra dica é colocar enfeites de árvore de Natal vermelhos ao redor do topo da gaiola de tomate. Os pássaros bicam-nos porque ficam confundidos e deixam o seu tomate sozinho.

- Pode plantar tomates usando apenas uma panela - para aqueles que vivem com o pouco espaço de terra, ou apenas numa varanda!

- Use uma panela com cerca de 18-24 centímetros de altura, cerca de 15-20 centímetros de largura. Preencha com fertilizante para o solo, etc.

- Cubra o solo com um pano preto de plástico que permite que a água através de pequenos orifícios. Corte em torno da borda num círculo e dobre a ponta no solo. Isso mantém as ervas daninhas, gatos e bichos longe.

- Use madeira longa, bambu ou estacas de plástico e coloque 3 ou 4 em pote em torno da planta e utilize fita ou fio amarrado ao redor do caule principal da planta (de forma confortável) em vários lugares para apoiá-lo.

O cultivo de tomate para venda é algo exigente. Precisa de espaço e cuidados para que o tomate não se perca de forma a ter o menos prejuízo possível. Como se trata de uma plantação em larga escala precisará de maquinaria. Caso contrário, será exaustivo tratar de tantas plantas sozinho ou com mão de obra. Contudo, existem determinados cuidados que as máquinas não estão à altura para os ter. Portanto, precisará sempre de contratar alguém que o ajude.

O cultivo de tomate para uso caseiro é muito mais simples e muito gratificante. Neste caso, saberá o que come e tratará das plantas com cuidado porque sabe que são para você ingerir. Além disso, aprenderá muito com esta prática e a utilização de um produto cultivado por si farão com que aprecie mais a culinária!

Bom cultivo!


Rua Direita

Título: Como Proteger o Tomate Maduro de Pragas

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 42

806 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    13-10-2014 às 14:24:52

    Muito boa estas dicas. Temos que observar estes detalhes, pois as pragas adoram pegar estes tomates maduros. Não devemos deixar que isso aconteça!

    ¬ Responder

Comentários - Como Proteger o Tomate Maduro de Pragas

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios