Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Bricolage Jardim > Manutenção de piscinas

Manutenção de piscinas

Categoria: Bricolage Jardim
Visitas: 2
Comentários: 1
Manutenção de piscinas

Para além da própria natureza da água, introduzem-se constantemente uma série de micro organismos e contaminantes, que advêm dos próprios banhistas e meio ambiente.

Cada nadador introduz na água uma enorme quantidade de bactérias do qual é portador, por exemplo, na boca, no nariz, que proliferam rapidamente na água da piscina.

Por outro lado o pó, pólen, suor, resto de bronzeadores e cremes são difíceis de eliminar pelo normal processo de infiltração.

Deste modo torna-se necessário a manutenção regular da piscina a fim de manter a água em boas condições e livre de bactérias.

A adição de produtos químicos tem por objectivo proporcionar a desinfecção da água da piscina, acabando com qualquer actividade microbiológica, quer por inactivação, como destruição dos micros organismos, e aumentar o rendimento da filtragem.

Existe uma série de impurezas que não são destruídas elo sistema de desinfecção e que só serão eliminadas pela renovação da água da piscina. Estas podem conter algas nas paredes e fundo da piscina, quando as condições são favoráveis ao seu desenvolvimento. Assim, deve elevar-se o teor do cloro para desinfectar a piscina, no início da estação, fazer-se a dosagem correcta dos produtos químicos de acordo com a capacidade da piscina, analisar o PH da água que deve situar-se entre 7 e 8, porque só assim garante a eficácia do cloro. Em vez de ácido ou alcalino o PH deve ser neutro para não provocar problemas de pele.

O segredo para manter uma piscina em perfeitas condições é manter um bom tratamento de prevenção recorrendo a uma empresa de manutenção de piscinas.

Estes têm capacidade para analisar o PH da água, colocar nos cestos dos skimmers ou nos doseadores de cloro, pastilhas de Tricloro estabilizado (Oxidan TCA/T200, dosear algicida/antialgas, colocar no cesto de Skimmes pré -filtro ou floculante em cartucho, limpar e aspirar a piscina, retirar folhas das águas e insectos, retirar areia e ver o nível da água. Este deve se sempre o suficiente e não ultrapassar o nível correcto.

As piscinas públicas têm sempre trabalhadores para fazer a limpeza e manutenção periódica da piscina. Mas as piscinas articulares das vivendas necessitam de recorrer a empresas de manutenção que prestem este serviço. Ele é fundamental para a higiene e boas condições de qualquer piscina grande ou pequena. Deste modo não se pode dispensar estes serviços a não ser que os proprietários tenham conhecimentos de desinfecção e limpeza.

Em todas as piscinas é essencial fazer operações de limpeza, desinfecção e filtragem.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Manutenção de piscinas

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 2

809 

Imagem por: [email protected]

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Briana AlvesBriana

    14-10-2014 às 13:15:37

    Nossa! Como é importante manter a piscina sempre bem limpa e cuidada.NNão tem como deixar de fazer a manutenção, pois também a água começa a ficar suja.

    ¬ Responder

Comentários - Manutenção de piscinas

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: [email protected]

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios