Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Electrodomésticos > Bateria de íons de lítio com anodo de grafeno

Bateria de íons de lítio com anodo de grafeno

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Electrodomésticos
Visitas: 8
Comentários: 2
Bateria de íons de lítio com anodo de grafeno

O que você acha de uma bateria de lítio, do mesmo tipo que o seu celular e notebook possuem, porém que possa ser recarregada em um décimo do tempo normal?

Ou quem sabe, uma bateria que fosse capaz de enviar a energia 10 vezes mais rápida para que o sistema funcione, por exemplo: tratando-se de carros elétricos ou híbridos, acelera-los mais rapidamente para sair do semáforo?

Segundo a equipe do Dr. Nikhil Koratkar, pesquisador do IPR (Instituto Politécnico Rensselaer) nos EUA, em um experimento realizado por eles mostrou um caminho para essa incrível façanha. Com um amontoado de óxido de grafeno, os cientistas fizeram uma descoberta que pode agradar diversas empresas e consumidores finais.

“Acabando” com o grafeno
O mecanismo utilizado para realizar o experimento foi o seguinte: disparou-se um laser em uma pilha de folhas de grafeno, com o intuito de detona-las mesmo, o que gerou trincas, poros e diversas outras imperfeições nela.

O resultado disso foi uma pasta com a composição de carbono, que seve perfeitamente para a utilização como o anodo nas baterias compostas por íons de lítio.

Essa pilha de folhas de grafeno tem a espessura de uma folha de papel comum. Os lasers emitidos por máquinas próprias para os experimentos ou até mesmo flash’s de máquinas fotográficas geram calor, fazendo com que os átomos de oxigênio do óxido de grafeno sejam expulsos de maneira brusca.

Além das diversas imperfeições causadas no “papel de grafeno”, as mini-explosões que ocorrem durante o processo fazem a folha literalmente inchar, o que resulta em um aumento de até cinco vezes na espessura.

Anodo de carbono
A fabricação de baterias de lítio já possuem anodos de carbono, porém a preparação que atualmente é feita no material possui um rendimento inferior ao resultado alcançado com o experimento do papel de grafeno: tempo de recarga 10 vezes menor e liberação de carga 10 vezes maior.

Para que uma bateria de íons de lítio seja tecnicamente e comercialmente viável para sua utilização, é necessário que ela aguente pelo menos 1000 ciclos de carga. O protótipo de bateria com anodo de grafeno, criado pelos cientistas, passou nesse quesito com tranquilidade, o que demonstra uma grande eficiência.

Segundo Koratkar, a nova descoberta poderá ajudar o mundo com uma bateria que recarregará e liberará energia muito mais rápida, diferente da atual mais utilizada que é a de íons de lítio.



Lucas Souza

Título: Bateria de íons de lítio com anodo de grafeno

Autor: Lucas Souza (todos os textos)

Visitas: 8

663 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    28-04-2014 às 04:56:16

    Ótimas dicas, a Rua Direita agradece pela riqueza do texto com boas informações a respeito da bateria de íons de lítio com anodo de grafeno.

    ¬ Responder
  • Daiany Nascimento

    17-09-2012 às 12:40:42

    Gostei do texto. Sou fã dos artigos publicados pelos autores do ruadireta.com devido à variedade de temas que posso encontrar, além de que a maioria deles são muito ricos em conteúdo, como este! Parabéns autor pela sua dedicação, saiba que as dicas que encontrei aqui poderão me ajudar muito a encarar tanto os pequenos quanto os grandes fatos do dia a dia. Espero por novidades, pois sempre estou à procura de novos conhecimentos. Boa escrita!

    ¬ Responder

Comentários - Bateria de íons de lítio com anodo de grafeno

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Cães e Humanos: Amizade por interesses

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Animais Estimação
Cães e Humanos: Amizade por interesses\"Rua
Não é de hoje que os cães são considerados nossos melhores amigos, porém como toda amizade ela não é totalmente incondicional e livre de interesses, pense bem, você pode discordar a princípio, mas analise a fundo e verá que tenho razão.

Cães convivem conosco a mais de 10mil anos, foi lá atrás na pré história que essa amizade começou, uma das mais duradouras da história. Teorias dizem que essa conexão iniciou pois ambas as espécies precisavam de algo que não possuíam e juntos se completaram.

Em plena era do gelo onde a sobrevivência estava sendo testada a todo vapor, aquele lobo considerado mais corajoso se encontrou com um homem também corajoso e resolveram unir forças, talvez não conscientemente, mas deu certo para ambos, e ali iniciava uma amizade que duraria por milênios.

Nesse estágio da nossa história, corríamos perigo de sobrevivência; faltava comida, segurança e energia ! ... E então percebemos que esses lobos simpáticos poderiam nos dar uma vantagem na corrida contra a morte, afinal eles caçavam muito bem , coisa que tínhamos dificuldade em fazer pela falta de energia naquele momento; então pensamos, eles nos ajudam a caçar, nós dividimos o alimento e em troca eles ganham segurança e afeto, e foi assim que essa amizade nos ajudou a enfrentar todos os percalços do caminho, e hoje evoluímos tanto que não precisamos mais de seus serviços e ainda sim continuam sendo nossos melhores amigos, posso dizer então que realmente é uma amizade verdadeira, que surgiu da dificuldade e interesses mas que não se deixou abalar por nada.

Então, agora quando virmos alguém maltratar esses animais, desdenhar deles dizendo que "não prestam pra nada", "não fazem nada de útil", como a galinha que põe ovos, ou a vaca que dá leite, lembremo-nos o quão útil eles foram na nossa caminhada, não só no quesito físico mas também no emocional, numa época em que as aparências não importavam e nem o QI para se fazer um amigo, bastava ser corajoso o bastante pra ultrapassar barreiras e conhecer mais o outro, do jeito que ele viesse, garanto que vantagens incríveis nascerão dessa amizade, e não pense em vantagens como algo ruim, quando digo penso em a vantagem da gente se sentir o humano mais importante do mundo quando esses seres peludos nos olham nos olhos sem pedir mais nada em troca, damos e recebemos carinho como nunca, uma retribuição silenciosa a quem sempre esteve do nosso lado, no pior e melhor momento.

O maior interesse em uma amizade é que ela dure para sempre, e acho que com os Cães conseguimos isso.

Pesquisar mais textos:

Lara Lavic

Título:Cães e Humanos: Amizade por interesses

Autor:Lara Lavic(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios