Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Electrodomésticos > Descubra as diferenças entre TVs de LED, LCD e Plasma

Descubra as diferenças entre TVs de LED, LCD e Plasma

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Electrodomésticos
Visitas: 8
Comentários: 2
Descubra as diferenças entre TVs de LED, LCD e Plasma

Atualmente, as TVs estão cada vez mais tecnológicas e cheias de recursos para agradar seus consumidores. Mas, junto com o avanço dessas tecnologias, vieram também os diversos modelos de aparelhos, entre Plasma, LED e LCD, tornando difícil a decisão na hora de escolher qual comprar.

Como cada modelo tem seus pros e contras, o usuário deve decidir qual se encaixa melhor em suas necessidades. Pensando nisso, confira abaixo algumas informações que podem ajudar na hora de realizar a sua escolha.

LCD



As TVs de LCD funcionam a base de um material que existe dentro das telas, que é o cristal líquido. Dependendo da corrente aplicada nesse componente, a imagem pode ser translúcida ou opaca. Em cada parte da tela á três células fechadas contendo o cristal líquido. Dentro dessas células estão às três cores primárias (azul, vermelho e verde) que são responsáveis pela formação das diversas combinações de cores.
Para ambientes com iluminação, as TVs de LCD são mais recomendadas, pois geram pouco reflexo. Quem gosta de usar o computador ou notebook na TV, o LCD é uma boa opção, principalmente para rodar jogos mais antigos, que costumam causar “manchas” na tela de outros modelos.

LED



Semelhante ao processo de transmissão das TVs LCD, as telas de Light Emitting Diodeo (LED) possui um conjunto de LEDs que iluminam o cristal líquido e tornam melhor a qualidade da filtragem de luz que é feito pelo material. O resultado desse recurso são cores com melhor regulagem de luz e nitidez. As LCDs utilizam apenas uma luz branca para realizar esse processo.
Esse modelo possui algumas vantagens, que são: a espessura muito pequena, sendo nos modelos atuais de 3 centímetros; pouca perda de brilho, seja em um ambiente iluminado ou não; e a economia de energia, que em média chega a 40% menos que o modelo LCD.

Plasma



As TVs de Plasma possuem um funcionamento diferente, baseado em células com gazes nobres (xenônio ou neônio). O processo ocorre da seguinte maneira: quando as células recebem uma descarga elétrica, os gazes transformam-se em plasma e liberam fótons que se chocam com uma camada de fósforo disposta na frente das células, gerando várias intensidades e tons.

Esse modelo de TV é interessante para quem tem a intenção de montar um “cineminha” em casa, pois sua qualidade é melhor em ambientes escuros. Além desse fator, esses aparelhos possuem uma “resolução dinâmica”, que garante melhor qualidade nas imagens em movimento. E, perto dos outros modelos LED e LCD, ela possui um preço mais acessível, principalmente em tamanhos maiores.


Lucas Souza

Título: Descubra as diferenças entre TVs de LED, LCD e Plasma

Autor: Lucas Souza (todos os textos)

Visitas: 8

666 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    28-04-2014 às 05:03:37

    Fantástico texto, Lucas. Como você manja das coisas, hein?! Descobrir a diferença entre as TVs de Led, Lcd e Plasma nos faz ter uma visão do melhor mesmo para o que necessitamos. A Rua Direita recomenda uma escolha consciente e que traga utilidade. Parabéns, adorei!

    ¬ Responder
  • Daiany Nascimento

    17-09-2012 às 12:34:05

    Parabéns pelo seu artigo. É muito bom ver o quanto os autores do ruadireita.com se esforçam para ajudar a promover o conhecimento, assim todas as pessoas podem ter fácil acesso à informação. Eu adoro ler e sempre procuro por novos artigos interessantes para aumentar o meu conhecimento e as dicas que encontrei neste texto realmente serão úteis em meu dia a dia, seja na escola, no trabalho ou em casa, quando precisar limpar alguma tela.

    ¬ Responder

Comentários - Descubra as diferenças entre TVs de LED, LCD e Plasma

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os benefícios do piso laminado

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Materiais Construção
Os benefícios do piso laminado\"Rua
Ao se realizar uma obra, ou na renovação de ambientes, há sempre muitas opções de técnicas e tecnologias de construção civil, arquitetura e decoração a serem escolhidas da forma mais adequada ao resultado que se espera. O piso adequado ao ambiente que se está construindo ou reformando é uma questão bastante relevante para o sucesso do empreendimento e para o bem-estar dos usuários.

Os tipos de pavimentos ou assoalhos ou revestimentos são diversificados e para cada tipo de ambiente, construção e gosto pessoal há um mais adequado. Pelos inúmeros benefícios que tem apresentado, o piso laminado tem sido bastante escolhido como revestimento nos ambientes modernos. Ele é composto por quatro camadas, feitas de fibras de madeira de alta densidade, lâminas de celulose, lâminas decorativas e filme cristalino de celulose, colados diretamente ao chão. Essa composição garante estabilidade, beleza, resistência, facilitando a limpeza. Somente com estes argumentos já se pode notar as vantagens desse tipo de piso, contudo ainda existem outras.

Os pisos laminados custam menos que os pisos de madeira, seu substrato é ecologicamente correto, já que as madeiras utilizadas na composição desse piso provêm de florestas certificadas e possui fácil instalação, sem a necessidade de pregá-lo ao chão. Além disso, os pisos laminados não precisam de envernizamento como os pisos de madeira que causam mau cheiro e sujeira. Os pisos laminados são mais resistentes que os pisos de madeira devido a sua alta pressão. A superfície dos pisos laminados de alto tráfego contém papel decorativo que garante diversas possibilidades de estampas e combinações.

Existem, portanto, dois tipos distintos de pisos laminados. Os pisos laminados de madeira têm em sua composição madeira natural e são revestidos com verniz. São indicados para ambientes residenciais e menos movimentados. Os pisos laminados de alto tráfego são compostos por madeiras de alta densidade cobertas por papel decorativo. São mais resistentes e, em virtude disso, indicados para ambientes de grande circulação. Podem estar em ambientes residenciais, porém para ambientes comerciais é o ideal.

Os pisos laminados são resistentes à luz do sol, a riscos e a manchas. São práticos devido à diversificada opção de padrões e funcionais devido à facilidade de limpá-lo. Acomodam-se perfeitamente em qualquer ambiente, proporcionando fácil decoração. Entretanto, medidas para mantê-lo em bom estado por mais tempo (apesar da sua alta durabilidade) devem ser tomadas. Colocar proteção na entrada das portas evita a instalação de sujeira e pedras. Forrar móveis e peças decorativas, que entrem em contato com o piso, é recomendado, a fim de não marcá-lo. Esses forros podem ser feitos com tecidos felpudos ou recortes em feltro. Forrar os móveis ao movimentá-los é apropriado para não riscar o piso. Salto alto fino com base metálica também marca esse tipo de piso. Evitar molhar em demasia o piso é necessário, pois caso contrário pode haver o inchamento do piso. Deve-se mantê-lo sempre seco.

Esse tipo de piso também tem a vantagem de não carregar cupins, contudo é preciso verificar as condições de presença desses insetos. Ambientes com cupins requerem a desintetização prévia.

Pesquisar mais textos:

Rosana Fernandes

Título:Os benefícios do piso laminado

Autor:Rosana Fernandes(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    12-05-2014 às 12:45:43

    O piso laminado é muito bom, sua durabilidade é de quase 40 anos e são mais fáceis de manter.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • silvana 22-02-2014 às 18:17:44

    o piso laminada tem durabilidade de quantos anosposso passar pano umido no piso loaminado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios