Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Electrodomésticos > Proteja seu computador contra raios

Proteja seu computador contra raios

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Electrodomésticos
Visitas: 2
Comentários: 2
Proteja seu computador contra raios

Em determinadas épocas do ano, chuvas fortes com muitos raios podem trazer complicações para as pessoas, como quedas e picos de energia. Para os eletrodomésticos e principalmente computadores, esse é o pior momento. Os picos de energia podem queimar facilmente os aparelhos e as quedas podem fazer com que você perca algum trabalho importante que estava fazendo nas máquinas.

Para que você não corra esses riscos, veja algumas dicas e recomendações para se proteger nessas situações.

No-Breaks

Esses aparelhos são muito úteis em casos de quedas de energia. Pois previamente carregados, assim que ocorre uma interrupção de energia, ele assume a frente e, dependendo de sua capacidade, consegue manter seus equipamentos funcionando por algum tempo.

Bastante eficaz, assim que a energia volta ao seu pleno funcionamento, o aparelho desliga sozinho e carrega sua bateria para ficar preparado para qualquer eventual problema futuro desse mesmo gênero. A autonomia desses aparelhos vai depender também de quantos equipamentos estão conectados a eles.

Quando você for adquirir um, veja se ele é capaz de suprir suas necessidades e procure escolher o modelo correto para suas atividades. Alguns possuem até filtros de linha e estabilizadores, bastante completos. Após 2 anos, aproximadamente, você deve trocar de aparelho, pois é o tempo de vida útil estimado para sua utilização.

Filtros de linha

Apesar de ocorrer uma grande confusão entre filtro de linha e estabilizadores, a função de ambos é bastante distinta. O filtro tem a capacidade de eliminar as pequenas variações que ocorrem na rede, evitando que elas cheguem aos aparelhos que estão conectados a ele. Caso essa corrente ultrapasse o limite que o filtro suporta, um fusível que está contido dentro dele se queima, evitando que essa descarga queime os outros equipamentos.

Quando você for adquirir um filtro de linha, procure obter informações sobre a qualidade do produto antes. Há casos que os fabricantes não respeitam as normas de qualidade, podendo prejudicar os equipamentos ligados a ele, principalmente os hardwares do computador que são extremamente sensíveis.

Estabilizadores de tensão

Os estabilizadores de tensão, como o próprio nome já diz, tem a função de receber a corrente elétrica da rede e entregá-la na quantidade correta para cada equipamento. Em casos de picos de energia ou pulsos fracos, ele complementará o trabalho evitando o possível dano de algum periférico.

Novamente, quando for adquirir seu estabilizador, procure por referências do aparelho antes e compre um que atenda as suas necessidades. Existe uma gama grande de aparelhos no mercado, sendo que os de qualidade ajudaram a estender a vida útil de seus equipamentos. Prefira sempre ligar seus equipamentos em estabilizadores ao invés de diretamente nas tomadas.

Se eu não tiver esses equipamentos?

Ao menor sinal de “tempo fechado”, salve seus trabalhos que estão sendo realizados no computador e desligue todos os equipamentos. Mesmo tendo os equipamentos citados acima, é importante salientar que eles não garantem a segurança de seus periféricos, pois a natureza é imprevisível e as descargas por raios podem ser grandes o suficiente para estragar todos os aparelhos. Por isso, tire-os da tomada sempre e aguarde o perigo passar.


Lucas Souza

Título: Proteja seu computador contra raios

Autor: Lucas Souza (todos os textos)

Visitas: 2

632 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    28-04-2014 às 05:08:13

    A Rua Direita agradece as informações tão úteis para proteger o computador contra raios. É muito importante saber como evitar que seja queimado e não sirva para nada ou que possa trazer gastos. Muito bom!

    ¬ Responder
  • Daiany Nascimento

    17-09-2012 às 12:32:15

    Parabéns pelo seu artigo. É muito bom ver o quanto os autores do ruadireita.com se esforçam para ajudar a promover o conhecimento, assim todas as pessoas podem ter fácil acesso à informação. Eu adoro ler e sempre procuro por novos artigos interessantes para aumentar o meu conhecimento e as dicas que encontrei neste texto realmente serão úteis em meu dia a dia, seja na escola, no trabalho ou em casa. Obrigada Lucas e boa escrita.

    ¬ Responder

Comentários - Proteja seu computador contra raios

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Penumonia, as suas causas, sintomas e tratamento

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Saúde
Penumonia, as suas causas, sintomas e tratamento\"Rua
A pneumonia é uma infecção bacteriana ou viral dos pulmões. Os sintomas podem incluir febre, calafrios, falta de ar, tosse que produz fleuma e dor no peito. Geralmente, a pneumonia pode ser tratada com sucesso em casa com antibióticos, mas alguns casos podem exigir hospitalização e podem resultar em morte. Vacinas estão disponíveis contra alguns dos agentes infecciosos mais comuns que causam pneumonia.

Causas de pneumonia
A pneumonia é uma infecção das bolsas de ar nos pulmões, sendo causada por bactérias, vírus ou, raramente, fungos. A maioria dos casos de pneumonia são causados por bactérias, mais comumente Streptococcus (doença pneumocócica), mas a pneumonia viral é mais comum em crianças.
 
Qualquer pessoa pode desenvolver pneumonia, mas alguns grupos estão em maior risco. Estes incluem:
- Bebês e crianças pequenas, particularmente aqueles nascidos prematuramente
- Pessoas que tiveram uma infecção viral recente, como um resfriado ou gripe
- Fumantes
- Pessoas com condições pulmonares crônicas, como asma, bronquite ou bronquiectasias
- Pessoas com sistema imunológico enfraquecido
- Pessoas que bebem álcool em excesso
- Pacientes hospitalizados
- Pessoas que tiveram problemas de deglutição ou tosse após um acidente vascular cerebral ou outra lesão cerebral
- Pessoas com 65 anos ou mais.
A pneumonia pode desenvolver-se quando uma pessoa respira as pequenas gotículas que contêm pneumonia, mas também pode ocorrer quando bactérias ou vírus que estão normalmente presentes na boca, nariz e garganta, entram nos pulmões.

sinais e sintomas de pneumonia
A pneumonia viral tende a desenvolver-se lentamente ao longo de vários dias, enquanto que, geralmente, a pneumonia bacteriana desenvolve-se rapidamente, muitas vezes ao longo de um dia.
A maioria das pessoas que desenvolvem pneumonia, inicialmente, têm uma infecção viral, como um resfriado ou gripe, que produz sintomas como dor de cabeça, dores musculares e febre. Se uma pneumonia se desenvolver, geralmente, os sintomas incluem:
- Febre alta
- Calafrios
- Falta de ar
Aumento da frequência respiratória
- Uma tosse que piora e que pode produzir escarro descolorido ou sangrento (fleuma)
- Dores no peito causadas pela inflamação da membrana que reveste os pulmões.

Em bebês e crianças, os sintomas podem ser menos específicos e podem não mostrar sinais claros de uma infecção no peito. Comumente eles terão uma febre alta, podendo parecer muito indispostos e tornarem-se letárgicos, mas eles também podem produzir uma respiração barulhenta e apresentar dificuldade para se alimentarem.
 
Também é possível que a pele, lábios e unhas se possam tornar-se azulados. Este é um sinal de que os pulmões são incapazes de fornecer oxigênio suficiente para o corpo. Se isso ocorrer, é vital procurar assistência médica imediatamente.

Diagnóstico para pneumonia
Se houver suspeita de pneumonia, é importante procurar atendimento médico com prontidão para que um diagnóstico preciso e um tratamento adequado possam ser implementados.

O médico poderá obter um histórico médico e realizar um exame físico. Durante o exame, o médico ouvirá o tórax com um estetoscópio. Respiração grosseira, sons crepitantes, sibilos e sons respiratórios reduzidos numa determinada parte dos pulmões podem indicar pneumonia.
Geralmente, para confirmar o diagnóstico, realiza-se uma radiografia de tórax. O raio-X mostrará a área do pulmão afetada pela pneumonia. Também podem ser efectuadas análises ao sangue e uma amostra do escarro pode ser enviada para um laboratório para realização de testes.

Tratamento de pneumonia
A maioria dos casos de pneumonia podem ser tratados em casa. Entretanto, bebês, crianças e pessoas com pneumonia grave podem precisar de ser internados num hospital para tratamento.
Geralmente, a pneumonia é tratada com antibióticos, mesmo que exista suspeita de pneumonia viral, já que também pode haver um grau de infecção bacteriana. O tipo de antibiótico utilizado e a forma como será administrado serão determinados pela gravidade e causa da pneumonia.
Se a pneumonia puder ser tratada em casa, geralmente, o tratamento inclui:
- Antibióticos, administrados por via oral sob a forma de comprimidos ou líquidos
- Medicamentos para alívio da dor
- Paracetamol para reduzir a febre
- Descansar

Se for necessário tratamento hospitalar, gerlamente, o tratamento inclui:
- Antibióticos administrados por via intravenosa
- Terapia de oxigênio, para garantir que o corpo receba o oxigênio de que precisa
- Fluidos intravenosos, para corrigir a desidratação ou se a pessoa estiver muito indisposta para comer ou beber
- Fisioterapia, para ajudar a limpar o escarro dos pulmões.

Pesquisar mais textos:

José Antunes

Título:Penumonia, as suas causas, sintomas e tratamento

Autor:José Antunes(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios