Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Mobiliário > Como Pintar um Móvel?

Como Pintar um Móvel?

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Mobiliário
Visitas: 702
Comentários: 3
Como Pintar um Móvel?

Em tempos de reciclagem, procuram-se todo o tipo de técnicas e dicas para algumas transformações lá de casa. Reciclar ao mesmo tempo de se cria uma peça nova pode não ser uma tarefa fácil e se tiver o habito de pegar na trincha em força de pinceladas e está pronto, deixe-me alertá-lo para o erro que pode estar a cometer.

Pintar um móvel não é nenhuma grande complicação, mas para que o trabalho fique com o aspeto que imaginou e com os acabamentos dignos de um profissional, siga algumas dicas que aqui são deixadas.

Em primeiro lugar e independentemente da madeira de que o móvel é feito, terá sempre de o lixar. A lixa não poderá ser muito rugosa, pois a ideia é retirar e limpar a tinta ou o verniz que os móveis possam ter. De forma alguma que se quer deixar marcas irregulares e esquisitas de lixa nos móveis.

Depois de lixada e limpa, é necessário verificar algumas falhas que possam existir na madeira. Este tipo de falhas são encontrados em móveis antigos onde alguns pedaços da madeira foram “comidos”. Nesta situação, informe-se na drogaria ou na superfície comercial especialista em bricolage, qual a melhor pasta de madeira para tapar estas pequenas imperfeições. A pasta deve ser colocada com uma pequena espátula para o efeito. Deixe secar e se necessário lixe novamente.




Quanto á tinta, pode escolher vários tipos. Acrílicas, esmalte ou de spray. Para um aspeto mais natural, o aconselhável a tinta acrílica que poderá exigir 2 ou mais camadas, dependendo da intensidade que deseja. Se quiser um efeito envelhecido e rustico (do tipo mal pintado), esta é a tinta ideal. Para uma cobertura intensa, opte pela tinta de esmalte. O cheiro é mais intenso, mas o acabamento intenso é mais rápido de obter. Para um efeito laqueado, utilize o spray.

Se o seu móvel for escuro e lhe quer dar um ar único, também pode optar por fazer satinê. Esta é uma técnica fácil e com um resultado muito original. Faça uma pátina branca sobre o móvel escuro, depois de ter preparado a peça com a lixa (para retirar cera e verniz antigo) e com a limpeza. Aplique uma demão de cera incolor e deixe secar durante aproximadamente 30 minutos.

De seguida um envelhecedor (à venda nas superfícies comerciais de bricolage) e deixe secar bem (de preferência de um dia para o outro). Depois de bem seco, lixe novamente e vai ver que vão aparecer partes escuras (a cor original do móvel), por baixo da cor clara que acabou de dar. O efeito é fantástico e vai com toda a certeza mudar radicalmente o seu móvel.

Aventure-se e vai ver que todos os seus móveis vão mudar de cor.


Carla Horta

Título: Como Pintar um Móvel?

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 702

798 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • SophiaSophia

    20-04-2014 às 15:38:19

    Uma excelente maneira de economizar. A Rua Direita agradece pelas dicas, foram ótimas!

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    19-04-2014 às 22:37:42

    A Rua Direita parabeniza-a pelo ótimo texto!

    ¬ Responder
  • Eliane OliveiraEliane Oliveira

    10-06-2012 às 23:55:25

    Adorei as cadeiras ficaram mto lindas..parabéns!!eu tenho uma mesa de madeira e vou pintá-la seguindos essas dicas.

    ¬ Responder

Comentários - Como Pintar um Móvel?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios