Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Mobiliário > Como Pintar um Móvel?

Como Pintar um Móvel?

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Mobiliário
Visitas: 702
Comentários: 3
Como Pintar um Móvel?

Em tempos de reciclagem, procuram-se todo o tipo de técnicas e dicas para algumas transformações lá de casa. Reciclar ao mesmo tempo de se cria uma peça nova pode não ser uma tarefa fácil e se tiver o habito de pegar na trincha em força de pinceladas e está pronto, deixe-me alertá-lo para o erro que pode estar a cometer.

Pintar um móvel não é nenhuma grande complicação, mas para que o trabalho fique com o aspeto que imaginou e com os acabamentos dignos de um profissional, siga algumas dicas que aqui são deixadas.

Em primeiro lugar e independentemente da madeira de que o móvel é feito, terá sempre de o lixar. A lixa não poderá ser muito rugosa, pois a ideia é retirar e limpar a tinta ou o verniz que os móveis possam ter. De forma alguma que se quer deixar marcas irregulares e esquisitas de lixa nos móveis.

Depois de lixada e limpa, é necessário verificar algumas falhas que possam existir na madeira. Este tipo de falhas são encontrados em móveis antigos onde alguns pedaços da madeira foram “comidos”. Nesta situação, informe-se na drogaria ou na superfície comercial especialista em bricolage, qual a melhor pasta de madeira para tapar estas pequenas imperfeições. A pasta deve ser colocada com uma pequena espátula para o efeito. Deixe secar e se necessário lixe novamente.




Quanto á tinta, pode escolher vários tipos. Acrílicas, esmalte ou de spray. Para um aspeto mais natural, o aconselhável a tinta acrílica que poderá exigir 2 ou mais camadas, dependendo da intensidade que deseja. Se quiser um efeito envelhecido e rustico (do tipo mal pintado), esta é a tinta ideal. Para uma cobertura intensa, opte pela tinta de esmalte. O cheiro é mais intenso, mas o acabamento intenso é mais rápido de obter. Para um efeito laqueado, utilize o spray.

Se o seu móvel for escuro e lhe quer dar um ar único, também pode optar por fazer satinê. Esta é uma técnica fácil e com um resultado muito original. Faça uma pátina branca sobre o móvel escuro, depois de ter preparado a peça com a lixa (para retirar cera e verniz antigo) e com a limpeza. Aplique uma demão de cera incolor e deixe secar durante aproximadamente 30 minutos.

De seguida um envelhecedor (à venda nas superfícies comerciais de bricolage) e deixe secar bem (de preferência de um dia para o outro). Depois de bem seco, lixe novamente e vai ver que vão aparecer partes escuras (a cor original do móvel), por baixo da cor clara que acabou de dar. O efeito é fantástico e vai com toda a certeza mudar radicalmente o seu móvel.

Aventure-se e vai ver que todos os seus móveis vão mudar de cor.


Carla Horta

Título: Como Pintar um Móvel?

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 702

798 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • SophiaSophia

    20-04-2014 às 15:38:19

    Uma excelente maneira de economizar. A Rua Direita agradece pelas dicas, foram ótimas!

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    19-04-2014 às 22:37:42

    A Rua Direita parabeniza-a pelo ótimo texto!

    ¬ Responder
  • Eliane OliveiraEliane Oliveira

    10-06-2012 às 23:55:25

    Adorei as cadeiras ficaram mto lindas..parabéns!!eu tenho uma mesa de madeira e vou pintá-la seguindos essas dicas.

    ¬ Responder

Comentários - Como Pintar um Móvel?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios