Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Mobiliário > Camas Articuladas

Camas Articuladas

Categoria: Mobiliário
Visitas: 18
Comentários: 4
Camas Articuladas

Para quem se depara em determinada altura da vida com a necessidade de adquirir uma cama articulada, depara-se com toda a certeza com uma situação complicada.

Os hospitais estão munidos de camas articuladas que se estendem por quartos de internamento e urgências. Até os centros de saúde, têm-nas em quantidade inferior naturalmente e ligeiramente diferentes das camas articuladas que se usam para internamento hospitalar.

As camas articuladas tem uma utilidade extrema e muitas são as vezes que a necessidade de uma cama articulada nos passa completamente ao lado.

Se um doente se encontra em situação de mobilidade reduzida ou quase nula, as camas articuladas é de extrema importância, pois com o mínimo esforço consegue mudar-se a posição do acamado.

De deitado, a sentado ou com elevação das pernas, as camas articuladas podem ser movimentadas através de manivela (os casos mais antigos) ou no caso das mecânicas, bastando carregar num simples botão. A forma facilitada que estas camas nos permitem movimentar, por exemplo um idoso, proporciona-lhe a ele, enquanto doente acamado e limitado fisicamente, um melhor conforto e comodidade.

Também para quem tem necessidade de movimentar e alterar um doente acamado, enquanto o trata e cuida, é extraordinário.

Mas se no caso das camas articuladas com manivela, as posições da cama podem ser alteradas em qualquer altura, coloca-se a questão de, se na falta de luz, as camas eléctricas são obrigadas a ficar na mesma posição. Pois saiba que na eventualidade de existir um corte de luz, as camas articuladas eléctricas, recolhem para a posição de deitadas na eventualidade de estarem numa outra posição.

Mas se num hospital ou lar, estas camas são indispensáveis e em abundância, o que acontece se esta necessidade acontecer em casa? Existem algumas opções. Naturalmente que a compra de uma cama articulada, é o ideal para a eventualidade de se tratar de um doente acamado permanentemente. A compra pode ser cara, pois devido ao tipo de mobiliário de que se trata e ao conforto que se adquire, os valores são elevados.

Na eventualidade de não conseguir comprar uma nova, pode sempre optar por comprar uma em segunda mão. Como estas camas são de tubos de ferro e de materiais bastante resistentes, com toda a certeza que conseguirá adquirir uma usada mais barata e em excelente estado.

Se a necessidade é por um curto espaço de tempo, existe sempre a possibilidade de alugar uma. Existem empresas e lojas de produtos ortopédicos e hospitalares que alugam estas camas a um custo acessível.

Ao escolher a cama articulada, tenha em atenção aos acessórios. Grades laterais ou pequenas mesas para refeição, são apenas alguns.


Carla Horta

Título: Camas Articuladas

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 18

798 

Imagem por: [email protected] l.com

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • Alcina

    07-09-2015 às 18:23:20

    Olá boa tarde
    Vou abrir uma residência para idosos e preciso de camas articuladas, cadeira de rodas etc., será que me pode dar algumas informações onde posso comprar em segunda mão em bom estado? Obrigada

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    19-04-2014 às 22:33:42

    Particularmente, as camas articuladas são ótimas. A Rua Direita adorou o texto.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDora

    28-04-2010 às 15:19:30

    @lucinda
    Procure ajuda junto de uma assistente social na segurança social. fale também com a médica de família do seu tio por vezes eles tem alguns conhecimentos e conseguem ajudar os mais carenciados. Não desista e procure ajuda!

    ¬ Responder
  • lucindalucinda

    28-04-2010 às 14:07:14

    boa tarde

    tenho um tio acamado e encontra-se num lar.
    lar esse que o meu tio nao gosta e a vontade dele e regressar a casa, eu gostaria muito de o levar para casa.... mas necessito de uma cadeira de rodas e uma cama de grades.
    estou com alguma dificuldade porque sao muito caras e ele so despoe de 600.00€ de reforma.... e eu nao tenho muitas condições de o ajudar monetariamente....
    acha que obterei ajuda nalgum lugar.

    ¬ Responder

Comentários - Camas Articuladas

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

5 Dicas Ao Escrever Uma Carta Formal

Ler próximo texto...

Tema: Empresariais
5 Dicas Ao Escrever Uma Carta Formal\"Rua
Com o advento do e-mail, está se tornando menos comum escrever uma carta formal. Mesmo assim, a sua escrita será sempre muito importante em algumas situações.

Como, por exemplo, no momento em que será preciso redigir uma carta formal para se candidatar a uma vaga de emprego, ao criar questionários ou inquéritos que farão parte de uma pesquisa, produzir uma carta de reclamação para o gerente do banco, dentre outras circunstâncias do cotidiano.

É muito importante, portanto, que ao escrever se atinja o efeito desejado sobre o leitor e a quem se destina essa carta. Para que se alcance esse objetivo, considere os procedimentos seguintes que deverá conter nessa carta:

• Formato correto;
• Seja curto e direto ao ponto;
• Precisa ser relevante;
• Que seja livre de quaisquer erros gramaticais ou de ortografia;
• Apresentação de forma educada, mesmo se você estiver reclamando sobre algum produto ou serviço;
• Deve ser bem apresentado.

Agora que você já entende sobre o que deverá constar na carta formal, vamos fornecer abaixo um guia que te ensinará como deverá discorrer esse processo passo a passo. Ele é projetado para fornecer orientações gerais para todos os formatos.

Como escrever uma carta formal?

Passo 1
Planeje o que você vai escrever, e pense no que dizer colocando em baixo as ideias que vier na sua cabeça em formato de lista ou diagrama. Se você está escrevendo à mão, faça um rascunho antes de finalizar a versão final a fim de evitar cometer qualquer erro.

Passo 2
A partir do início da carta formal escreva todas as informações que você pensa ser importante para o leitor saber antes de se concentrar no conteúdo principal. Se você está escrevendo para alguém que conhece, então não vai precisar se estender muito, e não se esqueça de colocar a data, pois comprovará quando a correspondência foi enviada.

Passo 3
Você deve começar com uma saudação no lado esquerdo da página. A forma mais utilizada é "Senhor" seguido do nome da pessoa (se é alguém que você conhece) ou sobrenome (se é alguém que você não está particularmente familiarizado) seguido por uma vírgula.

Se você está compondo algo muito formal com alguém que você não sabe quem é, então escreva "Prezados Senhores," seria o cumprimento correto. Para um cumprimento mais informal, você pode usar "Olá (nome)", ou "Oi (nome)".

Passo 4
Ao escrever a mensagem, vá direto ao ponto! Não rodeie, pois nem você e nem o destinatário tem tempo para perder. Revise a escrita quantas vezes for preciso levando em conta se realmente usou de objetividade e clareza.

Passo 5
Se quiser um retorno sobre algum assunto, escreva: “Aguardo retorno pelo e-mail ou telefone”. É importante informar como você deseja que a pessoa te retorne. Finalize a carta com um fechamento, pode ser: “Cumprimentos, seu nome”, “Atenciosamente, seu nome”.

Pesquisar mais textos:

Adriana Santos

Título:5 Dicas Ao Escrever Uma Carta Formal

Autor:Adriana Santos(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios