Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > SOS queimaduras

SOS queimaduras

Categoria: Saúde
Visitas: 114
SOS queimaduras

Quem se pode gabar de nunca ter ficado com a pele a "escaldar" por ter apanhado sol a mais? o mesmo se pode dizer que não há casa em que nunca ocorra um acidente doméstico...

Contudo há certos mitos que não passam de falsidades acerca do tratamento dos mesmos, tal como por exemplo o de aplicar manteiga numa queimadura ajuda a tratá-la, ou deve limpar-se uma ferida com água oxoigenada, ou ainda deve rebentar-se as bolhas de queimaduras.

Na realidade isto não passa de mitos, que não levam a nada. O que se deve fazer, no caso de uma queimadura solar simples é deitar água fria e, a seguir, um creme que hidrate, proteja e regenere a pele. Não se deve deitar álcool para dar frescura à pele, mas sim colocar um creme que contenha substâncias eficazes capazes de apaziguar o escaldão e hidratar a pele, acelarando o seu processo de regeneração natural.

As verdades sobre as queimaduras, feridas ou bolhas não têm nada a ver com os falsos mitos que se dizem acerca dos mesmos. É o exemplo também das feridas que não devem ser tratadas com água oxigenada, mas sim lavá-la com água da torneira ou soro fisiológico, secando levemente e depois aplicar um antisético ou um creme regenerador. E se a ferida estiver a sangrar deve limpar-se cuidadosamente com um gaze ou pano limpo humedecido com sabonete neutro, desde a ferida até aos lados, de modo a remover toda a sugidade. De seguida deve ser tapada com gase e um penso até deixar de sangrar e só em caso de sangramento abundante é que se deve ir ao hospital.

Se eventualmente a ferida provocar dores pode tomar-se um analgésico, embora se deva procurar os cuidados médicos. Se a mesma estiver quente, inchada , vermelha e com pus é sinal de que está infetada, necessitando de uma ida ao hospital.

Ainda acerca das queimaduras, antes de agir importa saber o que se deve fazer, no momento, consoante o tipo de queimadura, que é classificada em três graus.

A de primeiro grau, atinge a camada externa da pele, e fica apenas vermelha e quente, provocando ardor e dor. Neste caso o ideal é aplicar soro fisiológico na zona queimada, para arrefecer e acalmar a dor.

A de segundo grau, atinge a derme e é bastante dolorosa, além de ficar vermelha e com bolhas. Nesta deve aplicar-se também soro fisiológico e de seguida um antisético. o creme regenerador, fica para a fase de cicatrização da pele.

A de terceiro grau, atinge os tecidos profundos, destruindo-os e levando até ao choque da pessoa.

Depois de aplicar o soro e antisético sobre a zona queimada, deve envolver-se a pessoa num lencçol húmedecido com soro ou água. Esta porêm requer cuidados hospitalares urgentes.
Quando a pele fica vermelha após o sol, além da aplixcação do creme regenerador deve beber-se muita água para manter o organismo hidratado.

O creme indicado para as queimaduras é o "biafine", que hidrata, cicatriza e acelera a regeneração celular.


Pedro gil Ferreira

Título: SOS queimaduras

Autor: Pedro gil Ferreira (todos os textos)

Visitas: 114

798 

Comentários - SOS queimaduras

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios