Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Cuidados que devemos ter para viver um verão saudável

Cuidados que devemos ter para viver um verão saudável

Categoria: Saúde
Comentários: 4
Cuidados que devemos ter para viver um verão saudável

O verão traz inúmeras expectativas positivas de realizações e descanso. A luminosidade e o calor que a data naturalmente traz, proporciona uma mudança de ânimo e comportamento nas pessoas.  O calor e a luminosidade geram bem-estar e necessidade de se estar mais ao ar livre. É nesse ponto que devemos ter mais atenção a fim de não transformar bem-estar em problemas futuros. Alguns cuidados básicos devem ser tomados para evitar transtornos e problemas de saúde.

Junto com o calor do verão vêm com maior incidência os raios ultravioletas. Ou na verdade nós nos dispusemos a estar mais em contato direto e em exposição a esses raios. A radiação proveniente dos raios ultravioleta UVA e UVB podem desenvolver câncer de pele, além de queimaduras e mal-estares, ocasionando até desmaios em alguns casos. Essa radiação é responsável também pelo fotoenvelhecimento que é o processo de envelhecimento da pele com o aparecimento de rugas, manchas e marcas de expressão. A prevenção é bastante simples. É questão de reeducação e práticas simples.

O uso do protetor solar é imprescindível para evitar essa radiação ultravioleta. Quanto mais clara a pela maior o fator de proteção solar deve ser. Protetores de valor de proteção menor do que 15 devem ser evitados. O ideal é usar o fator trinta. Crianças menores de seis meses não devem ser expostas ao sol e as maiores devem usar protetores de alto fator e específicos para a faixa etária. O filtro deve ser aplicado meia hora antes da exposição e reposto a cada duas horas. É importante lembrar que o filtro não deve ser usado somente na praia ou na piscina. Ele deve ser usado em todos os momentos e locais. Existem protetores específicos para a região do rosto. Os melhores filtros protegem contra os dois tipos de raios ultravioleta: o UVA e o UVB.

Além disso, mesmo com o uso do filtro solar, é importante buscar ambientes que têm sombra. A radiação solar é refletida pela areia, pelo concreto e pela água. Os cuidados devem ser mantidos inclusive em dias nublados e chuvosos. Os raios ultrapassam as nuvens e são igualmente negativos. Usar tecidos grossos a base de algodão é bom, porque barra um pouco a radiação. Os demais tecidos sintéticos não garantem esse benefício.

Uma alimentação adequada é também importantíssima nessa época do ano. Evitar alimentos pesados, ingerir mais legumes, verduras e frutas, carne branca é a receita ideal para evitar mal-estar. Procurar alimentar-se equilibradamente e hidratar-se constantemente evita maiores problemas. É preciso estar constantemente ingerindo líquidos saudáveis, como água, sucos naturais e chás.

Os cuidados com os olhos nesse período também é muito importante. Eles também sofrem com a radiação solar. Esses raios, quando em contato direto com os olhos, podem ocasionar problemas de visão como a catarata, por exemplo. A proteção para as vistas é o uso de óculos escuros. No entanto estes devem ser de boa qualidade. Óculos mais baratos nem sempre possuem o filtro contra raios UVA e UVB. É o recomendado é procurar óculos que garantam essa proteção. Geralmente eles apresentam um selo  que garante tal proteção.


Rosana Fernandes

Título: Cuidados que devemos ter para viver um verão saudável

Autor: Rosana Fernandes (todos os textos)

Visitas: 0

771 

Imagem por: Richard0

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • Briana AlvesBriana

    21-07-2014 às 21:28:22

    É bom ir para o sol em horários que nos fazem bem, por exemplo, logo o sol da manhã e o fim da tarde. Evitar o sol do meio-dia, pois é maléfico. Temos que ter muito cuidado mesmo para ter um verão bem saudável. Amo o verão!!!

    ¬ Responder
  • rafael

    20-11-2012 às 22:13:57

    axei muito interesante e serviu para meu trabalho de escola e para minha vida

    ¬ Responder
  • marcela

    10-10-2012 às 00:46:49

    nao achei o queria

    ¬ Responder
  • juliane Araújo dos santosjuliane Araújo dos santos

    05-11-2010 às 23:30:38

    maravilhoso essas dicas sobre saúde, pois aprendemos nos cuidar diariamente!!! valeu pelasdicas

    ¬ Responder

Comentários - Cuidados que devemos ter para viver um verão saudável

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Cinco Recomendações para comer bem durante a Gravidez

Ler próximo texto...

Tema: Alimentação
Cinco Recomendações para comer bem durante a Gravidez\"Rua
Fazer uma alimentação variada e equilibrada é fundamental tanto para si como para o seu bebé. Conselhos, dicas e ideias … para ajudar a pôr em prática os princípios básicos. Siga estas cinco recomendações!

1. Coma um pouco mais …mas não por dois!

O mais importante é antes de mais comer melhor para garantir que tanto o seu corpo como o do seu bebé recebem todos os nutrientes que necessitam.

Na prática:

Para satisfazer as suas necessidades nutricionais adicionais, não deve simplesmente aumentar a quantidade de comida às refeições. Corre o risco de ter uma indigestão!

Opte por fazer mais um ou dois snacks equilibrados por dia. Por exemplo: 1 copo de leite ou 1 iogurte natural ou 100 g queijo fresco + 1 maçã ou 1 fruta fresca cortada aos pedacinhos.

2. Faça uma alimentação variada

Esta é a chave de uma alimentação equilibrada. Ao comer de tudo um pouco (exceto os alimentos proibidos durante a gravidez) vai ter benefícios de cada um dos alimentos e vai garantir as necessidades de cada um dos nutrientes essenciais.

Na prática:

Adote a regra de tomar "5 porções de fruta e vegetais por dia": Sumo de laranja natural ao pequeno-almoço, uma sopa de legumes e uma peça de fruta ao almoço, uma maçã ao lanche, e uma sopa de legumes e uma salada colorida ao jantar.

Se não gosta de determinados alimentos, como por ex. o peixe, pode simplesmente substituí-lo por outra fonte de proteína, como a carne ou os ovos.

3. Não fique obcecada com o equilíbrio!

Durante estes nove meses, vai ganhar peso: isto é inevitável para a sua saúde e para a do seu bebé. Esta não é a altura ideal para fazer uma dieta, tem apenas de limitar o seu ganho de peso. O seu médico irá acompanhar o seu aumento de peso e irá dizer-lhe o que é esperado e se é apropriado ou não.

Na prática:

Para garantir que não ganha alguns quilos indesejados, deve evitar consumir alimentos ricos em gordura ou açucarados (por ex. bolos e doces) sempre que possível, pois fornecem muitos calorias mas poucos nutrientes essenciais, e por isso de pouco valor nutricional para si e para o seu bebé.

Evite o petiscar a qualquer hora! Com três refeições equilibradas e um ou dois lanches por dia. Evite também cair na tentação de fazer escolhas desequilibradas no café, pastelaria ou nas máquinas de guloseimas.

Para evitar uma quebra de energia, deve optar por comer alimentos ricos em hidratos de carbono como cereais, leguminosas, batatas, etc. que a vão deixar saciada por mais tempo.

4. Não salte refeições

O seu organismo necessita de três refeições completas e equilibradas por dia. Tente cumprir esta regra mesmo que não tem muita fome. Sobretudo o pequeno-almoço que é a mais importante, pois se não o tomar os seus níveis de energia vão cair a meio da manhã!

Na prática:

Não consegue mesmo comer nada de manhã? Pode limitar-se a beber um copo de sumo e fruta (de preferência natura) e deve equacionar levar o seu pequeno-almoço para o trabalho: uma maçã, um pedaço de pão ou algumas bolachas mais alguns frutos secos... Deve comer por volta das 10h da manhã quando o seu organismo já teve tempo para acordar mais um pouco.

Não consegue mesmo ter tempo para almoçar? Pode optar por uma sanduíche de pão integral, que deve conter proteína (fiambre, frango, peru, ovo, etc.), vegetais (alface, tomate, cenoura, etc.). Para terminar coma uma peça de fruta.

5. Muita água e muita fibra!

Uma boa hidratação durante a gravidez é fundamental para atingir as suas próprias necessidades, mas também as do seu futuro bebé. Além disso, uma boa hidratação associada ao consumo de fibra (que se encontram nas frutas e vegetais, cereais, amidos integrais como massa, arroz, etc.) contribui para um bom trânsito intestinal.

Na prática:

Na gravidez é recomendado a ingestão de pelo menos 1,5 litros de água por dia. Prefira água a qualquer outro líquido, especialmente bebidas açucaradas. Limite o consumo de bebidas estimulantes, como o café ou chá. Pode adicionar por exemplo sumo de limão à água para lhe dar mais sabor, e sem acrescentar nem uma caloria!

Como aumentar a fibra? Recorra a alimentos como ameixas secas, cereais integrais, pão integral, amêndoas, alperces secos, etc. bem como os vegetais verdes cozidos (mais fáceis de digerir do que em cru).

Se, mesmo assim, prefere cumprir um plano alimentar feito à sua medida personalizado, pode consultar um nutricionista que analisará os seus hábitos alimentares irá ver consigo o que pode fazer para melhorá-los. Desta forma irá ganhar bons hábitos alimentares que permanecerão toda a sua vida!

Pesquisar mais textos:

Elisangela Lourenço de Oliveira

Título:Cinco Recomendações para comer bem durante a Gravidez

Autor:Elisangela Lourenço Oliveira(todos os textos)

Imagem por: Richard0

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios