Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Como fazer molho tabasco

Como fazer molho tabasco

Categoria: Alimentação
Visitas: 74
Comentários: 4
Como fazer molho tabasco

Para os apreciadores de pratos bem temperados e bastante picantes esta é a receita ideal de molho de tabasco caseiro. O molho tabasco é feito com malaguetas chily que são guardadas em barris de carvalho durante três anos para que envelheçam. Portanto, esta receita é apenas uma imitação parecida com o tabasco original, mas bastante saborosa e nunca igual à comprada no supermercado. Contudo, o que tornará este molho realmente especial será o fato de ser você a cozinhá-lo! Vamos começar…

Prepare algumas pimentas vermelhas frescas, pimenta caiena ou pimenta gindungo e pique-as muito bem em pedacinhos fininhos. Providencie duas chávenas de vinagre de vinho branco e duas colheres de chá de sal fino. Aumente a quantidade de ingredientes consoante a quantidade de malaguetas que colocar.

Misture as malaguetas picadas finamente com as duas chávenas de vinagre de vinho branco e com as duas colheres de sal fino numa panela de tamanho ideal e leve a mistura a lume brando. Deixe cozinhar durante alguns minutos e mexa as vezes que achar necessárias conforme a cozedura e a quantidade. Após cinco minutos, sensivelmente, retire o preparado do lume e deixe arrefecer completamente. De seguida, depois de esfriar, coloque o preparado no liquidificador e liquidifique até que o preparado obtenha uma aparência homogénea. No final, coloque dentro de um frasco de vidro e deixe repousar durante três semanas no frigorífico.

Passadas três semanas pegue a mistura e passe-a por um coador. Verifique se necessita de mais vinagre caso note que a mistura esteja pouco líquida.

Esta é uma receita bastante simples e muito prática e fácil de fazer. O único inconveniente é que deve deixá-la repousar por três semanas. Um truque que pode utilizar é fazer o molho em frascos médios e criar um ‘stock’ de molho para que este nunca lhe falte. Por exemplo, quando fizer o molho faça em quantidades necessárias consoante o seu gasto e coloque no frio por três semanas. Quando retirar esses frascos do frio para uso, coloque outros no frio para repousar por três semanas. Desta forma, enquanto usa uma porção de molho terá sempre outra porção em repouso. Bom apetite!


Rua Direita

Título: Como fazer molho tabasco

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 74

604 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • Carina Anjo

    04-11-2014 às 11:47:36

    Realmente o piri piri é uma alimento afrodisíaco. O gengibre também é ótimo mas não deve ser consumido por grávidas em grandes quantidades nem por doentes cardíacos.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãofigo

    17-06-2014 às 23:07:06

    Dizem que piri piri aumenta capacidade e o estimulo para o sexo, isto pode ser verdade?

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    18-06-2014 às 00:24:57

    Sim, é verdade. Assim como outros: gengibre, manjericão, espargos, banana, framboesa, morango, amendoim, dentre outros.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    17-04-2014 às 21:26:02

    Belíssima dica, a Rua Direita fica bastante satisfeita!

    ¬ Responder

Comentários - Como fazer molho tabasco

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A arte de trabalhar a madeira

Ler próximo texto...

Tema: Serviços Construção
A arte de trabalhar a madeira\"Rua
A carpintaria constitui, digamos assim, a arte de trabalhar a madeira. É claro que, de acordo com o produto final, se percebe bem que uns carpinteiros são mais artistas do que outros…

Às vezes nem se trata tanto dos pormenores, mas mesmo de desvirtuar o que era a ideia inicial e constava da encomenda. Mal comparado, quase se assemelha à situação daquela aspirante a costureira que pretendia fazer uma camisola para o marido e, no fim, saíram umas calças!

Na construção civil, a madeira é utilizada para diversos fins, temporários ou definitivos. Na forma vitalícia (esperam os clientes!) incluem-se estruturas de cobertura, esquadrias (portas e janelas), forros, pisos e edifícios pré-fabricados.

Quase todos os tipos de madeira podem ser empregues na fabricação de móveis, mas alguns são preferidos pela sua beleza, durabilidade e utilidade. É conveniente conhecer as características básicas de todas as madeiras, como a solidez, a textura e a côr.

Ser capaz de identificar o género de madeira usado na mobília lá de casa pode ajudar a determinar o seu real valor. Imagine-se a possibilidade de uma cómoda velha, que estava prestes a engrossar o entulho para a recolha de lixo, ter sido feita com o que hoje se considera uma madeira rara.

É praticamente equivalente a um bilhete premiado do Euromilhões, dado que se possui uma autêntica relíquia! Nestes casos, a carpintaria entra na área do restauro e da recuperação. Afinal, nem tudo o que é velho se deita fora…

Por outro lado, as madeiras com textura mais fraca são frequentemente manchadas para ganhar personalidade. Aqui há que remover completamente o acabamento para se confirmar a verdadeira natureza da madeira.

É assim também com muita gente: tirando a capa, mostram-se autenticamente. Mas destes, nem um artificie com “bicho-carpinteiro” consegue fazer nada…!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:A arte de trabalhar a madeira

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    23-09-2014 às 13:23:35

    Uma excelente técnica que penso ser muito bonito e sofisticado. A arte de trabalhar madeira está sempre em desenvolvimento e crescimento.

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    01-06-2014 às 05:18:46

    É ótimo o trabalho com a madeira. Pode-se perceber grandes obras que se faz com ela. Realmente, é uma verdadeira arte!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios