Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Saiba como identificar se seu filho sofre ou comete bullying e o que fazer para ajudá-lo

Saiba como identificar se seu filho sofre ou comete bullying e o que fazer para ajudá-lo

Categoria: Saúde
Saiba como identificar se seu filho sofre ou comete bullying e o que fazer para ajudá-lo

O bullying voltou a ser um assunto debatido pelos brasileiros depois que um adolescente armado, de 14 anos, matou dois colegas de classe e feriu outros quatro, dentro da escola em que estudava em Goiânia (GO). Segundo a polícia, o atirador sofria bullying de um colega. A prática é marcada por violência verbal e física continuada, como explica Alcione Marques, psicopedagoga clinica e escolar na Unidade Integrativa Santa Mônica.

— Esta é uma ação de intimidação ou humilhação praticada por uma ou mais pessoas é que é dirigida a um indivíduo ou a um grupo. Normalmente alguém física, psicologicamente mais forte ou socialmente mais proeminente faz a ameaça, menospreza ou agride a vítima.
Visto por muitos apenas como brincadeiras de mau gosto, o bullying pode causar problemas sérios à saúde mental de quem o sofre, podendo desencadear até o suicídio.

— As consequências são bastante duras, podendo causar depressão e em alguns casos até levar ao suicídio. As sequelas podem durar a vida toda, interferindo na maneira como a pessoa vai passar a se relacionar com as outras. Mas o trauma pode ser superado — diz a educadora Andrea Ramal.
As ações que eram muitas vezes restritas ao ambiente escolar ganharam uma amplitude maior com o surgimento das mídias sociais. Agora, as vítimas podem ser atacadas virtualmente a qualquer hora e em qualquer lugar.

— As redes sociais podem potencializar, desencadeando o bullying virtual, com o risco da viralização e assim trazer efeitos ainda mais danosos para a vitima, que fica exposta de todas as formas — afirma a psicanalista Rita Martins.

— É importante que os pais mantenham uma comunicação aberta com os filhos. Ao suspeitar do bullying, é preciso acolhê-lo e incentiva-lo a dizer o que está acontecendo. Se o bullying ocorre no espaço escolar é responsabilidade da escola tomar as providências em relação ao agressor. Se o filho apresentar sintomas intensos de ansiedade, comportamento depressivo ou isolamento mesmo após a situação ter sido resolvida, a busca de um psicoterapeuta pode ser indicada — indica Alcione.

É comum que quem sofra bullying não fale para ninguém sobre a situação por sentir vergonha. Por conta disso é muito importante que os pais e a escola fiquem atentos aos sinais dados pelas crianças e adolescentes, para agir o quanto antes.


Celso Junior Juniorcis

Título: Saiba como identificar se seu filho sofre ou comete bullying e o que fazer para ajudá-lo

Autor: Celso Junior Juniorcis (todos os textos)

Visitas: 0

0 

Comentários - Saiba como identificar se seu filho sofre ou comete bullying e o que fazer para ajudá-lo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Secretária em vidro

Ler próximo texto...

Tema: Mobiliário
Secretária em vidro\"Rua
A maior parte das casas tem um escritório para fazer os trabalhos relativos Á profissão ou outros. È uma divisão extremamente necessária para as pessoas se recolherem a trabalhar. Por isso o escritório deve ser um local com conforto e agradável. O ambiente torna-se extremamente importante para o recolhimento necessário e a concentração que certos trabalhos exigem. Se não se tiver no local de trabalho tem de construir-se em casa.

Em todas as profissões é útil ter uma secretária para colocar um computador portátil. Livros e outros acessórios. É uma peça de mobiliário que não se dispensa de forma nenhuma. Desde sempre que foi indispensável na escola, no escritório, na empresa. A sua funcionalidade é como a do computador que praticamente não se dispensa. Para onde se vá leva-se o computador portátil a servir de complemento.

No que diz respeito à secretária ela exige um bom material e design bonito. E de facto há secretárias muito belas desde o seu modelo ao material e design. Por exemplo uma secretária em vidro fica muito bem num escritório amplo de uma vivenda ou numa empresa particular bem decorada. Pode colocar-se também num pequeno escritório de um apartamento ou numa sala especial e decorada a gosto. Há quem prefira ter uma secretária num espaço pequeno especificamente para trabalho. Deste modo concentra-se mais nele e não pensa no que tem para fazer em casa. Ou seja, dá mais prioridade ao que eventualmente tenha que fazer numa secretária. Para além de ajudar a decorar e embelezar o espaço onde se coloca dá um certo ar de charme e gramou num ambiente. Se este for decorado com objectos bonitos de decoração e uma estante para livros dá um ar mais intelectual ao ambiente. Deste modo mais propício para o recolhimento.

Não é por acaso que muita gente prefere o seu escritório para passar as horas que dispõe no seu quotidiano ou fins – de - semana. É um local propício a pensar mais nos projectos, no trabalho e nos encargos da vida. Deste modo cada divisão da casa tem uma funcionalidade diferente e um ar distinto dos restantes.

Não quer dizer que uma secretária em vidro não fique adaptada noutro local que não seja para o trabalho de estudantes ou outros, ela pode ainda adaptar-se para embelezar ou harmonizar espaços que estejam por preencher numa casa maior ou outro local. Sem dúvida que a secretária em vidro não vai deixar mal nenhum espaço onde se coloque.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Secretária em vidro

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    20-04-2014 às 15:52:38

    Fantástico texto! A Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios