Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > NÓS TEMOS A FORÇA E NÃO O HE-MAN

NÓS TEMOS A FORÇA E NÃO O HE-MAN

Categoria: Outros
NÓS TEMOS A FORÇA E NÃO O HE-MAN

Nesse dia 08 do mês de Março, especialmente dedicado à mulher, só gostaria de lembrar a todos que somos boa parte do apoio, na verdade somos ao menos 80% da alavanca que movem o mundo e induzem os homens a tomarem decisões para o bem ou para o mal. Somente os narcisistas, os machistas, misóginos desdenham de nós, de nossa causa, de nossos conflitos e conselhos, no geral, temos bastante autonomia sobre qualquer assunto e podemos reverter ideias ou ideais na direção de um bem comum. Não se trata de sedução ou manipulação feminina, trata-se de estratégia; uma mulher inteligente sabe bem onde e quando pode e deve empregar sua mente, seu humor, seu rancor, sua dor.

As mulheres em suas lutas são geradoras de novos modos de se pensar e comportar; graças a nosso gênio criativo salvamos vidas; embora muito dessa força, gênio, inteligência, tenha sido revertida para o mal... As mulheres foram o sustentáculo do 3o. Reich, que só as usou e abusou, e muitas, por livre e espontânea vontade, cooperaram para o crescimento da Alemanha Nazista; para Hitler e seus demais comandados, as mulheres eram buchas de canhão; eram seres para serem mimados e quando cansados do brinquedo, descartados; mas, foram também as mulheres, que reconstruíram essa mesma Alemanha completamente destruída no pós-guerra.

Por isso, sabemos, temos nossos próprios interesses, razões e meios para tomar nossas próprias decisões sem depender de homem algum; tomamos decisões e fazemos aquilo que achamos necessário. Fazemos hoje, fazemos agora e faremos sempre.Temos uma essência adormecida e a alma pela metade… A alma é um constante fazer, um constante criar... Essência desperta, evolução concluída!

Mulher no canto
Mulher encanto
Mulher desencanto
Mulher espanto
Mulher nem tanto

Mulher ingrata
Mulher grata
Mulher gata
Mulher rata
Mulher cheia de graça
Mulher desgraçada
Mulher descabelada
Mulher desengonçada

Mulher distante
Mulher amante
Mulher cortante
Mulher tratante
Mulher irritante
Mulher fascinante
Mulher mutante

Mulher forte
Mulher fraca
Mulher primeira
Mulher segunda
Mulher terceira
Mulher caseira
Mulher altaneira
Mulher festeira
Mulher brincadeira

Mulher velha
Mulher sábia
Mulher fada
Mulher chata
Mulher amada
Mulher bala
Mulher pacata
Mulher mal-amada

Mulher sofrida
Mulher vadia
Mulher da vida
Mulher cantiga
Mulher poesia

Mulher demente
Mulher presente
Mulher ausente
Mulher doente

Mulher boa
Mulher boba
Mulher “loira”
Mulher à toa

Mulher nova
Mulher formosa
Mulher gostosa
Mulher fogosa
Mulher aurora
Mulher da hora

Mulher nobreza
Pura certeza
Vestida de mistério
Revestida de grandeza
Despida de sutilezas

Mulher vento
Mulher terra
Mulher fogo
Mulher água

Tempestade que desaba
Noites tormentosas
Dias de calmaria
Dias de bonança
Amargas / doces lembranças
Mulher esperança / refúgio
Do homem fraco / forte / rico / pobre
Vil / apaixonado / poderoso / inconstante
Que mesmo falho / medroso / fervoroso / vacilante
Não deixa de ser nunca o pai / o filho / o amante.


Sayonara Melo

Título: NÓS TEMOS A FORÇA E NÃO O HE-MAN

Autor: Sayonara Melo (todos os textos)

Visitas: 0

0 

Comentários - NÓS TEMOS A FORÇA E NÃO O HE-MAN

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios